Vinicius Fadul
Vinicius Fadul

É um fato. Queijo é perfeito para todas as ocasiões e confraternizações. Ele está presente nos mais diversos eventos sociais, servindo de combustível para as conversas animadas no happy hour com os colegas, na reunião com os amigos mais próximos e no encontro romântico com o seu par. Por que, então, não incorporar o alimento à recepção do dia C? Propiciar uma ilha de queijos para os convidados ainda irá agregar ao visual da decoração de casamento. Cada vez mais casais possuem tais percepções e incrementam às opções do buffet um móvel ou bancada exclusivamente para eles, além da mesa já destinada ao bolo de casamento.

As possibilidades são variadas. É possível usar a ilha de queijo como uma alternativa à mesa de sobremesas, como um petisco ou apenas como um complemento para outras delícias da festa. Escolha os tipos favoritos e veja seus parentes e amigos se amontoarem em torno deles. Para se assegurar que o sucesso desta decisão seja garantido, atentem-se às dicas a seguir.    

Casa Lucci
Casa Lucci

Degustem

Assim como casal prova a entrada, o bolo e os pratos que serão servidos na recepção, devem fazer uma degustação com os queijos que desejam colocar na ilha. Façam anotações e procurem por queijos semelhantes aos que vocês amam e que comem com mais frequência (mas tentem apostar em algo novo também). Dessa forma, poderão criar seu repertório favorito e conhecer mais sobre o alimento, suas nuances e possibilidades de preparo e harmonização.

Império Buffet
Império Buffet

Variedade

Ao montar a ilha, é importante reunir uma variedade de opções, incluindo queijos com leite de cabra, leite de ovelha e leite de vaca, além dos envelhecidos e frescos. Estejam atentso também às texturas e sabores. Mesclem queijos duros, aos macios e semi firmes, os suaves e fortes.

Ofereçam um equilíbrio dos tipos, sabores, texturas, tipos de casca, cor e de origem para criar diversidade e interesse. Para uma experiência mais intensa ao paladar e olhos, adicionem frutas secas e frescas, nozes, biscoitos e pães (muitos), geleias, pastas e chutneys à disposição para que as combinações sejam exploradas durante a degustação.

Giovanna Papini Buffet & Recepções
Giovanna Papini Buffet & Recepções

Enriqueça a degustação

Se tiverem um orçamento maior, emparelhem cada queijo com as bebidas com as quais melhor harmoniza, como vinho do porto, madeira e vinho tinto, e podem ousar até mais um pouqinho, colocando juntos queijos da mesma região que a bebida que estão servindo, e até um condimento do mesmo local.

Tudo irá aguçar o paladar e a curiosidade, numa espécie de palinha de viagem gastronômica. Informem com plaquinhas o nome de cada queijo, produtor, região e características. Para as informações, pode-se usar o mesmo tipo de papel do convite de casamento.

Apresentação

Tábuas de madeira são adoráveis, mas pratos grandes também funcionam e podem ser mais apropriados segundo o queijo. O mais importante é não amontoar as peças para que cada um possa ser cortado facilmente. Pode também espalhá-las sobre peças de mármore, de piso e de azulejos em diferentes níveis de altura, ou ainda em louças antigas e prataria. Facas separadas para queijos diferentes devem obedecer a etiqueta. Decorem com flores para casamento, ramos, galhos, folhas (secas ou não) e velas.

Vinicius Fadul
Vinicius Fadul

Odores

Atente-se para o cheiro dos queijos. Qualquer apreciador deles sabe que alguns tipos possuem um cheiro muito marcante que pode dominar o ambiente e estragar a experiência. Por isso, ao escolher o local da mesa, prefiram os lugares abertos ou com muita ventilação. Recepções em lugares ao ar livre levam vantagem neste quesito.

Ana Marinari Buffet
Ana Marinari Buffet

Clima

Altas temperaturas prejudicam a conservação do alimento. É importante adequar os tipos escolhidos aos graus do termômetro para que ele não se degrade rapidamente, podendo até gerar algum desconforto intestinal aos convidados. Queijos de massa dura são mais resistentes às intempéries.

Império Buffet
Império Buffet

Alguns queridinhos

Roquefort, gorgonzola, parmesão, gran padano, gruyère, ementhal, gouda, reino, brie, camembert são os tipos mais comuns escolhidos para os casamentos, mas o casal não precisa se ater a eles. A indústria nacional tem apostado em novas receitas mesmo entre os pequenos produtores e este é um cenário ideal para pesquisar as novidades do mercado.  

Não tenham medo de se entregar ao apelo dos queijos e os convidados também não terão. Além das charmosas lembrancinhas de casamento que devem estar à caminho, esta será certamente uma das recordações preferidas que eles terão do seu dia. O fascínio pelo alimento é tão grande que fora do país há quem encomende o bolo feito de queijos!