A elegância é um dos traços mais marcantes da estética minimalista, que conta com a simplicidade e o lema atemporal “menos é mais”. E engana-se quem acredita que simples é sinônimo de pouco aprimorado, especialmente no universo nupcial. Um bolo de casamento de estilo minimalista muitas vezes reserva mais requinte e necessita de muitas horas de aperfeiçoamento para que fique impecável. E a cada ano esse tipo tem caído nas graças dos casais.

Apontado com uma das tendências para este ano – que terá no despojamento sua maior característica – o protagonista da mesa de doces com um formato clean é uma opção que realmente não sai de moda, e não faltam razões.

Estética versátil

Ainda que, erroneamente, a simplicidade seja normalmente vinculada a estilos mais rústicos, e às vezes ao bohemian chic, é possível investir em um bolo simples e charmoso tanto com esse tom quanto com uma identidade visual mais sofisticada. Para casamentos ao ar livre e mais descontraídos, bolo simples no modelo naked cake ou semi naked podem ser a pedida ideal, contando com poucos adornos ou apenas a massa exposta como principal e único atrativo.

Já enlaces com um clima elegante mais formal, podem apostar por bolos minimalistas com coberturas brancas clássicas, como a pasta americana ou fondant. E nada impede que esses exemplos possam figurar em todos os estilos de recepção, desde que o contexto esteja em harmonia.

Minimalista sim, básico jamais!

Outro erro comum ao pensar em um bolo minimalista é acreditar que esse estilo deve ser bem básico, ou seja, que pode beirar algo “sem graça”. Mas não é o caso. É perfeitamente possível ter um bolo simples e com "borogodó", investindo em formatos mais ousados ou com trabalhos detalhados de textura, ou uma ornamentação chiquérrima.

Bolos com apenas um ou dois andares, bolos quadrados, ou uma opção que tem sido a queridinha: contar com dois ou três bolos semelhantes, uma novidade que dá mais alegria ao décor da mesa com delicadeza, já que em vez de investir em um grande bolo, podem optar por bolos menores, mais singelos.  

E o que vale é não colocar muitos tipos de detalhes em um só bolo – como textura, flores, letras 3D –, e apostar em um que dê vida ao modelo; e também não exagerar na quantidade de cores que prevalecem.

Ornamentação clean

Há realmente muitas opções no mercado para escolher, desde as mais tradicionais às mais modernas, mas há um ponto em comum: para todas elas é possível conversar com o profissional responsável pelo bolo e chegar um modelo de estilo minimal com a identidade do seu dia, seja um modelo rústico ou mais "moderninho". 

A cobertura de pasta americana garante uma superfície lisa e branca, que pode ser ornamentada com flores frescas, um topo de bolo especial, letras metalizadas ou apenas a cobertura; o ruffle cake, aquele que conta com ondas ou babados em toda a sua extensão – geralmente produzidos com buttercream ou merengue – dispensa maiores enfeites, já que ele inteiro já está decorado, mas pode-se optar por um topper discreto. 

Moderninhos

Bolos modernos que surgiram nos últimos anos, como o marble cake, o mirror glaze ou o bolo geode também são modelos cujo design já é tão rebuscado que podem ser apresentados sem outros mimos.

Naked

Há alguns bons anos os preferidos dos casamentos são os naked cakes, que não perdem a majestade. E por serem bolos que evocam uma atmosfera bem caseira, é preciso saber dosar a quantidade de adornos. Nesse caso, o charme deve ficar no recheio aparente e em topos bem moderados.

A escolha do formado do bolo é muito pessoal, e deve passar pelo crivo do casal e do estilo da festa, mas tenham em mente que é possível trabalhar com simplicidade sem perder a beleza, a elegância e aquele toque único que noivos e noivas desejam para o seu enlace. E  não se preocupem: os especialistas sabem fazer a sua mágica com todos os sabores. Vejam a galeria e surpreendam-se com a pluralidade do minimalismo.