Saltar para o conteúdo principal
Casamentos

Celebrante de casamento

1.157 resultados

  • Celebrante e Juiz de Paz Francisco Martins

  • WA - Celebrante Social

  • Israel Pimentel Celebrante

  • Celebrante Nelson Matos.

  • Elisete Panazzolo

  • Bira Soares Celebrante

  • Carla Veiga

  • Michel Tavares Celebrante

  • Estrella Celebrante

  • Rcelebrante

  • Celebrante Bertolazzo

  • Celebrante Márcia Santos

  • Padre Bruno Marques

  • Fernanda Pradella - Especialista na Arte de Encantar

  • Celebrante Vânia Weitzel

  • Alma Gêmea Celebrações

  • Fernando Alves Celebrante

  • Lidia Vas Celebrante

  • Mariana Juíza de Paz e Celebrante

  • Thais Christiano - Celebrante

  • Josebel Calamidy

  • Celebrar e Festejar

  • Eu Abençoo os Noivos

  • Letícia Pavan

Promoções que podem ser do seu interesse

Israel Pimentel Celebrante

Israel Pimentel Celebrante

Avaliação 5.0 de 5, 105 opiniões,
Celebrante Nelson Matos.

Celebrante Nelson Matos.

Avaliação 4.9 de 5, 9 opiniões,
Bira Soares Celebrante

Bira Soares Celebrante

Avaliação 5.0 de 5, 6 opiniões,
Rcelebrante

Rcelebrante

Avaliação 5.0 de 5, 7 opiniões,
Celebrante Bertolazzo

Celebrante Bertolazzo

Avaliação 5.0 de 5, 10 opiniões,

Perguntas frequentes Celebrante

Com quanto tempo de antecedência devo contratar um(a) celebrante?

O ideal é contratar um(a) celebrante já no início da organização do casamento, no caso, entre 12 e 10 meses de antecedência, já que será uma pessoa que deverá estar atualizada sobre todos os detalhes para, assim, inspirar a sua própria participação na cerimônia e prepará-la de acordo com o estilo e gostos do casal.

O que faz um(a) celebrante na organização e no dia do casamento?

O primeiro gesto de um(a) celebrante deve ser o diálogo, principalmente, se é uma pessoa desconhecida do casal. Por meio do diálogo se constrói confiança entre ambas as partes e também conhecimento profundo para que o(a) profissional possa preparar e conduzir a celebração, seja esta religiosa ou simbólica. Em resumo, o(a) é a pessoa que irá conduzir, guiar a cerimônia, se responsabilizando por organizar e realizar o rito escolhido pelo casal para dizer o "Sim, eu aceito!". Cabe também a esse(a) profissional o papel de acolhida não somente dos pombinhos, mas também de todos os familiares e convidados(as).Finalmente, muitos(as) celebrantes ainda podem oferecer uma assessoria para a elaboração dos votos, que exige muito cuidado e algumas orientações especiais, tanto na hora de escrever quanto na hora de pronunciá-los.

Como escolher o(a) melhor celebrante para o meu casamento?

Primeiro de tudo é listar as possibilidades, sejam pessoas ligadas ao casal e à família ou um(a) profissional contratado(a) especialmente para o casamento. É preciso ter bem claro o tipo da cerimônia para enfocar a pesquisa e a escolha dessa pessoa, que deve ter bastante experiência com a palavra escrita e falada, pois o grande momento do casamento também será marcada por como o(a) celebrante conduz o rito. Um dos nossos principais conselhos é contratar uma pessoa com a qual o casal se sinta confortável e, claro, estabeleçam um laço de confiança, para isso é preciso muita conversa com antecedência e durante um certo tempo com o objetivo de identificare se existe entrosamento e fluidez entre as partes. Nesses momentos de conversa o estilo do casamento, assim como se terá efeito civil ou não devem ser temas de diálogo. Por último, pesquisem referências, conversem com outros casais que tambem celebraram seu grande dia com esse(a) celebrante, nunca é demais ouvir de alguém que vivenciou uma experiência anteriormente.

Qual é a diferença entre o celebrante e o Juiz de Paz?

Um(a) celebrante não está necessariamente vinculado a uma religião ou espiritualidade, de modo que o rito é pensado e realizado de acordo com as expectativas do casal, do que imaginam e querem para o seu enlace. Pode ser um(a) celebrante profissional ou uma pessoa conhecida, por exemplo, um amigo ou familiar, que conheça o casal e possa transmitir muita emoção durante a cerimônia. O juiz de paz é uma pessoa que atua com funções jurídicas menores, como um casamento com efeito civil, portanto, não realiza cerimônia de caráter mais religioso e, geralmente, isso acontece em um cartório, mas, claro, existe a possibilidade de que o juiz concretize a cerimônia em um lugar diferente definido pelo casal, nesse caso, tenha em mente que uma taxa extra poderá ser cobrada.

Qual o preço médio para contratar um(a) celebrante?

No Casamentos.com.br o preço médio para contratar um(a) celebrante varia entre R$1.000 e R$4.500, sendo R$2.000 uma média muito comum entre os(as) profissionais. Os elementos que influenciam no preço são: tempo de duração da cerimônia, tempo do serviço completo, assessoria ou não para a escrita dos votos, deslocamento do(a) profissional até o local da cerimônia, número de convidados(as) e nível de personalização que o casal deseja. Sempre com a possibilidade de negociação entre ambas as partes.

Celebrante por cidade:

Mostrar mais

Todos os fornecedores para o seu casamento

Fornecedores