De acordo com a definição que encontramos no dicionário, a palavra vintage se refere a produtos antigos que estejam bem conservados e continuam sendo utilizados. Ela também é usada para definir um estilo de vida que retoma os conceitos utilizados entre os anos 20 e 60, aplicando-se, principalmente, às roupas, aos objetos decorativos e aos móveis. Em resumo: a tendência de utilizar agora objetos que podiam tranquilamente ter sido usados na decoração da primeira casa da sua avó, que provavelmente tinha lindos detalhes e era cheia de mimos. E mais, é uma moda que veio para ficar e que, depois de ser uma tendência para os vestidos de noiva com ares antigos, ganhou mais adeptos e chegou com tudo à decoração de festas de casamento

Veja os elementos decorativos fundamentais em um casamento, para que seja uma genuína festa vintage, e saiba como adaptá-los melhor ao seu próprio estilo. O importante é se inspirar com as dicas e deixar a imaginação fluir.

As cores

Normalmente em tons pastéis como rosa, o amarelo e o laranja, esse tipo de decoração é combinada à tonalidades metálicas envelhecidas, como o cobre e o dourado fosco. As flores devem estar presentes, seguindo o tom escolhido, e isso também vale para os acessórios da noiva, como um buquê de flores do campo com tonalidade claras e discretas ou um buquê noiva azul.

Madeira

Os móveis de madeira dão uma atmosfera vintage que outros materiais não conseguem alcançar, e são perfeitos para uma decoração de casamento rústica. Uma penteadeira da década de 20, as cadeiras dos convidados, armários de louças, é possível espalhar esses móveis pelo local e deixar a cerimônia com cara de antiga. E o melhor: a madeira funciona tanto para um casamento vintage com ares mais rústicos, no campo, como em enlaces em ambientes internos, que tenham uma identidade mais sofisticada, com decoração de casamento simples e elegante. E o material também combina perfeitamente com as flores. Em casamentos ao ar livre é comum (e fica lindo) colocar um portal de madeira decorado com flores, antes do corredor por onde entrará o casal.

Florais

Flores naturais, flores secas, pétalas espalhadas... tudo isso pode – e deve – estar presente na decoração. Seguindo as tonalidades do primeiro item, as flores para casamento são de imensa importância, e dão mais romantismo aos cenários criados, e fazem contraste com a força da madeira. A estampa floral também pode ser acrescentada aos tecidos, por exemplo, como na cadeira dos noivos, ou nos produtos de papelaria.

Objetos antigos por todas as partes

Os objetos antigos são detalhes fundamentais para quem quer uma decoração vintage genuína, e a lista é extensa. Relógios, objetivos em miniatura, máquinas de escrever, telefones antigos, chaleiras (de preferência as feitas de ferro), caixas e baús de madeira, porta-retratos e espelhos com molduras barrocas, filmadoras antigas, bicicletas, câmeras de fotos antigas e filmes fotográficos, uma bela vitrola, livros de capa dura e, para os mais ousados, até um piano.

Lembre-se de que aqui quanto mais mimos, melhor, já que criam um ambiente vintage original e kitsch. Mas sempre tenha em mente que os objetos devem estar em harmonia entre si.

Sua majestade: a Kombi (e outros clássicos)

Ainda que seja mais difícil de encontrar caso você não seja o próprio dono, um elemento presente em muitos casamentos vintage e que é sempre um sucesso na sessão fotográfica dos noivos é a boa e velha Kombi. Sim, esse carro com história e muito amado empresta seu charme aos noivos e dá um toque antigo a qualquer cerimônia, ainda podendo ter tanto o seu interior quanto a sua parte externa decorada. Alguns casais a utilizam, inclusive, como um objeto de cena, e o mesmo vale para outros carros antigos, como o amado fusca. 

Fotografias 

As fotografias dos noivos fazem parte da decoração do dia C de praticamente todos os estilos. Mas, se normalmente, são utilizadas em menor número para não tornar os ambientes pesados, no casamento vintage os casais terão mais liberdade para colocarem todas as fotos que quiserem, já que os porta-retratos antigos são essenciais para compor a atmosfera do lugar e deixar o espaço como a sala da vovó. O recomendável é reunir as melhores fotos e colocá-las em um só móvel, ou em um espaço especial, e assim não carregará o resto do local.

Cartazes antigos

Os cartazes antigos também podem entrar na decoração, e fica ainda mais divertido se for algo que os noivos têm em comum, como um hobby que praticam juntos, ou o cartaz de um cantor que sempre escutam da década de 50, por exemplo. Outro elemento de destaque são os pequenos quadros com molduras douradas e cheias de curvas, onde se pode escrever mensagens bonitas, inspiradoras ou engraçadas com giz. 

O importante na hora de pensar na decoração de casamento é saber se ela vai de encontro ao estilo dos noivos, refletindo a sua personalidade em cada detalhe. E se você optaram por um décor vintage, uma boa dica é harmonizar o conceito com outros elementos do casório, como por exemplo as músicas de casamento! Com certeza será um dia C inesquecível.