Vitor Barboni Wedding Photographer
Vitor Barboni Wedding Photographer

Tendência na decoração de residências por ser adaptável a vários tamanhos de ambientes, além de proporcionar frescor e um visual incrível, o jardim vertical também é uma boa opção para quem quer ter esse diferencial na decoração de casamento. Esse tipo de jardim nada mais é que uma estrutura na vertical, que pode ser presa ou não em uma parede, para empilhar vasos com flores e encaixar plantas das mais variadas espécies.

Uma parede branca, por exemplo, pode receber verde e textura, deixando-a com mais graça, além de combinar com vários temas e estilos de casamento. É possível investir em um design que dialogue com a identidade visual do dia, e que orne até com o buquê de flores. Confiram as nossas ideias e o que precisam para tornar o sonho de ter um jardim vertical uma realidade.

Pátio La Tertúlia
Pátio La Tertúlia

1. Decidir o local

Presente desde decorações de casamento simples e elegantes até enlaces mais luxuosos, os jardins verticais podem ser montados na área interna ou externa do salão. Primeiro é preciso definir o local para colocá-lo, para verificar a incidência de luz solar direta ou não. Isso vai ajudar a identificar quais são as melhores plantas e quais cuidados devem ser tomados para que permaneçam bonitas até o fim da festa; por exemplo, se precisam colocar água nos vasos da estrutura. O jardim vertical combina com recepções de dia ou à noite, e vai muito bem tanto com casamentos rústicos quanto em eventos clássicos.

Vitor Barboni Wedding Photographer
Vitor Barboni Wedding Photographer

2. Materiais da estrutura

Para fixar as plantas e flores na parede ou em um ambiente sem parede, há muitos tipos de materiais que criam uma estrutura forte e adaptável para o jardim. A treliça pode ser encontrada em madeira, bambu e PVC, e os vasos são facilmente encaixados no material com ganchos, a própria estrutura é uma das mais simples de serem fixadas na parede. Há também blocos de cerâmica e concreto, estruturas modulares de plástico e nichos que podem ser montados fazendo um desenho ou a forma geométrica que desejarem. Prateleiras e painéis de madeira ou fibra de coco são opções, e facilitam a montagem de um jardim vertical, porque podem ser alugados ou comprados prontos.

É plausível usar vários elementos como suporte, e até a moldura de uma janela antiga pode servir como estrutura para fixar os arranjos na parede, e usar de armação para as plantas, ideia perfeita para os enlaces com toque vintage. Para casamentos ao estilo shabby, busquem opções autênticas, como latas ou até gaiolas que podem servir de vasos

Silvana Decoradora
Silvana Decoradora

3. Ambiente interno

Podem misturar várias plantas e compor um jardim exclusivo e lindo para a decoração. Vai depender muito do gosto do casal, da paleta de cores escolhida e do estilo da festa. O tipo mais comum é o composto só por folhagens, com samambaia, véu de noiva, asplênio, singônio, dinheiro-em-penca e peperômia. Essas são plantas que se adaptam bem em ambientes internos e não precisam da luz solar direta.

Bruna Cortes Fotografia
Bruna Cortes Fotografia

As flores para casamento que também têm essa característica são: antúrio, azaleia, orquídea, bromélias, lírio e violeta. Podem ser colocadas em vasos separados para que uma não sufoque a outra. Os profissionais responsáveis pode montar o jardim também podem investir em composições com flores mescladas com folhagens. Lembrando que é aconselhável não optar por plantas com raízes longas, porque o espaço é limitado para elas.

RA Fotografia e Filme
RA Fotografia e Filme

4. Ambiente externo

Uma planta que se comporta bem em ambientes de muita claridade, mesmo sem precisar de luz direta, é a pleomele. Ela se mistura com outras folhagens e se destaca por ter o centro da folha um tom de verde mais escuro, e a borda branca ou verde claro.

Outras que combinam com ambiente externo são: colar-de-pérola, brilhantina, jiboia, lambari roxo, aspargo-pluma, rabo-de-gato, helicônia e ave-do-paraíso. Essas são opções para quem quer fugir do tradicional de rosas e hortênsias, que também ficam lindas em jardins verticais, dentro ou fora do local. Só precisam ter atenção quanto à necessidade de água, e pesquisar se uma combina com a outra, experimentando composições.

Vitor Barboni Wedding Photographer
Vitor Barboni Wedding Photographer

5. Plantas para sempre

As plantas permanentes, que são as não naturais, também são alternativas para montar o jardim sem se preocupar com esses cuidados. Além disso, as que são vendidas no mercado, incluindo fornecedores do nosso portal, estão cada vez mais parecidas com as naturais, e podem ser opções mais baratas para a decoração da festa de casamento.

As flores artificiais ou flores secas também são perfeitas para criar o seu jardim, e vocês podem deixá-lo mais personalizado com ervas aromatizadas, que deixarão o ambiente com o cheirinho que mais os agrada. O custo também pode ser vantajoso, já que vocês podem escolher aquelas que tenham um preço mais interessante, e criar o seu jardim de acordo com a possibilidade do seu custo.

JC Foto e Vídeo
JC Foto e Vídeo

6. Locais para o jardim

O arranjo na vertical combina tanto com casamentos clássicos quanto com a decoração de casamento rústico, o que difere é o tipo de material para a estrutura, mas as folhagens combinam com os dois estilos. Uma ideia é colocar o jardim atrás da mesa de doces para combinar com a decoração de mesa de casamento.

Também podem usar a "parede de plantas" para dividir ambientes como a pista de dança e o lounge para os convidados conversarem e descansarem. O painel de fundo da cerimônia fica lindo se for cheio de plantas e flores.

Enfeita
Enfeita

Se as plantas estiverem em harmonia com todo o contexto do casamento, qualquer que seja a escolhida ficará especial estando neste formato. Podem colocar as suas flores preferidas ou muita folhagem para preencher os espaços maiores. Muitos convidados gostam de tirar fotos em frente ao bolo de casamento, por exemplo, mas vocês podem oferecer outros espaços de registro desse momento especial, como um jardim vertical na entrada da recepção. A criatividade é livre!