Com diversos povos ciganos espalhados por todo o mundo, que diferem em religiões, costumes e normas, a cultura cigana é tão remota que não se sabe ao certo sua origem. Alguns dizem que eles descendem dos egípcios da época dos faraós, outros afirmam que vieram do Paquistão e do norte da Índia, atualmente  Rajastão e Punjab e, após um tempo, muitos migraram para a Europa. O ritual do matrimônio reflete um pouco da cultura de cada grupo, mas para todos, é uma cerimônia abençoada e deve-se respeitar seus preceitos com honra.

Embora cada comunidade faça a decoração da igreja do casamento seguindo seus próprios fundamentos, todos têm em comum a riqueza de detalhes e um colorido especial. Geralmente, a cerimônia dura três dias, com muitas músicas de festa de casamento para celebrar a nova família que está nascendo, o que para eles é sagrado e muito respeitado. Os trajes são especialmente trabalhados e coloridos, inclusive os vestidos de noiva, que fogem totalmente do convencional: são surpreendentes, com cores intensas e simbólicas, cheios de personalidade.

2+2 Audiovisual

Compromisso na infância

O acordo de união é feito enquanto os noivos são crianças, todos os acertos ficam a cargo dos pais. Desde pequenas, as meninas ciganas costumam ser prometidas para o noivo, quando é criado esse compromisso entre as famílias, e muitas se casam antes de completarem 15 anos, quando é considerado que os ciganos entram no mundo dos adultos. Os noivos não podem ter nenhum tipo de intimidade antes do casamento.

Acerto do dote

Ainda hoje, em muitos povos ciganos na Ásia Ocidental, Europa e América Latina, o noivo e sua família devem pagar um valor em dinheiro à família da noiva. A importância do dote é fundamental, uma vez que vão assumir o sustento da família. As despesas de toda a cerimônia, decoração da festa de casamento, alimentação, bebida, festa de noivado, e até o vestido da noiva são de responsabilidade da família do noivo.

Ronald Araújo Fotografia

Ritual da Noiva

A maioria das mulheres ciganas casam-se com um vestido de noiva vermelho. Hoje em dia, no entanto, é opcional, e a maioria fica entre o branco, o rosa e o vermelho. Antes de sair para a igreja, noivos e famílias se reúnem na casa dos pais da noiva para uma conversa, onde uma negociação acontece. Trata-se de uma simulação da "compra" da noiva. Simbolicamente, moedas de ouro são trocadas de mãos e logo os homens bebem para brindar. Em seguida a noiva é apresentada e dança com o padrinho.

Ritual da Consagração

Na igreja ou ao ar livre, são usados os mesmos símbolos do noivado: os dois punhais, o lenço vermelho, pão, sal, vinho e uma taça de cristal. O vinho simboliza a felicidade eterna, e permanente do casal, o pão e o sal representam a união, a taça de cristal é para que a paz esteja presente, e o punhal serve para a comunhão do sangue.

2+2 Audiovisual

A grande festa

A recepção dura três dias e, além de fartura, apresenta muito luxo, com requinte presente em cada cantinho, com detalhes decorativos em tecido e pedras. O dourado normalmente tem lugar de destaque, inclusive na decoração das mesas do casamento, com talheres e candelabros deslumbrantes. Os convidados precisam estar vestidos adequadamente com roupas de festa e coloridas, os adereços,  joias e outros enfeites também são comuns.

Somente na terceira noite de festa, os noivos poderão ter sua “Lua de Mel”, até então não é permitido nenhum tipo de contato. A noiva tem de provar a sua virgindade no dia seguinte à consumação total da união, mostrando a mancha de sangue no lençol nupcial.

Caso sua virgindade não for provada, a noiva pode ser devolvida aos pais, que ainda terão de pagar uma indenização aos pais do noivo. Se a noiva comprovar sua virgindade, logo na manhã seguinte, passa a usar uma roupa tradicional colorida e coloca um lenço na cabeça, que simboliza o fato de já ser uma mulher casada.

Chácara Aquarela

Agora que já sabem como acontece o ritual cigano, talvez essa cultura maravilhosa traga inspiração para fazerem uma decoração de casamento temática muito simbólica. Com tantos elementos que podem ser incorporados, poderão acrescentar um colorido especial e marcante ao seu dia. Seja nas flores do casamento ou em alguns elementos emblemáticos, será uma forma incrível para consagrar uma celebração que merece ser única.