Marlon Ramos Fotografia
Marlon Ramos Fotografia

Nem todos os casais se sentem à vontade e confiantes diante das câmeras. Mesmo no dia do próprio casamento este desconforto deixa de existir. Este é um incômodo e uma dificuldade sentida por homens e mulheres, não importa o quão lindos estejam dentro de seus ternos e vestidos de noiva. No entanto, esta não é uma barreira intransponível para deixar de registrar este importante dia da sua vida. Algumas dicas básicas, quando aplicadas, são capazes de burlar a timidez dos pombinhos e gerar uma melhor fotogenia, aproveitando-se para isto também a decoração de casamento.

Não há porque colocar pressão em si mesma ou mesmo e no seu par para que saiam nas fotos parecendo estrelas da TV. Este não é o propósito. Estar confortável é a questão-chave para deixar fluir suas emoções em frente ao fotógrafo e deixar que ele as registre. Se preciso, peça um incentivo dele extra, com orientações. A palavra de um profissional com experiência, combinada à um pouco de paciência consigo e o seu amor, será o bastante para render belas imagens. Veja os “pulos do gato” para tornar a sessão de fotos um sucesso – e nada dolorosa.

Bom Conselho Eventos
Bom Conselho Eventos

1. Contratem um fotógrafo em quem confie

A melhor maneira de garantir que vocês se sintam confortáveis ao tirar as fotos é posar para alguém em quem confiam. Tão importante quanto conferir o portfólio do profissional para conhecer o seu estilo, é certificar-se de que a personalidade dele é compatível a do casal.

Além de alguém com boas habilidades de direção, o par irá precisar de alguém com uma postura positiva e um comportamento tranquilizador. Uma ótima maneira de avaliar o fotógrafo neste quesito é perguntar como ele pode deixá-los à vontade durante a sessão. As fotos de casamento são um registro íntimo, por isso é importante que você e seu cônjuge se conectem a ele.

São Paulo Fotografia
São Paulo Fotografia

2. Agendem uma sessão pré-casamento

A prática leva à perfeição. Por isso, se estiverem preocupados com as fotos no dia do casamento, agendem uma sessão anterior com o fotógrafo. Isso permitirá que vocês o conheçam melhor e criem alguma prática em estar em frente à câmera.

Quanto mais confiantes ao posar, melhor. Outra vantagem é que o fotógrafo passará a conhecer seus ângulos preferidos. Procurando um aumento extra de confiança? Considerem fazer o cabelo e a maquiagem com profissionais para este dia e vistam algo em que se sintam confortáveis e bem. Pode até pedir um penteado simples para casamento que não irá usar na cerimônia.  

Mira Foto e Filme
Mira Foto e Filme

3. Tomem uma bebida

Se o casal estiver realmente nervoso, tomem uma taça de vinho ou um drink (com moderação!). Isso irá relaxá-los, tornando pouco provável que pareçam duros ou com sorrisos falsos nos registros. Mas atenção: não se deve abusar da bebida. O recomendável é que se limite um copo por pessoa. Ninguém quer fotos com uma conduta que passe dos limites.

4. Conversem um com o outro

Conversar com seu amor é uma ótima maneira de provocar emoções autênticas a serem clicadas. Relembrar algo do passado, que seja engraçado ou romântico e conversar a respeito é o prenúncio de belas fotos. O foco na história gera distração e a atenção da câmera, rendendo imagens adoráveis. Digam frases curtas de amor e curtam o momento de reciprocidade do carinho.

 

Edson Esmagnoto Fotografia
Edson Esmagnoto Fotografia

5. Concentrem-se no seu amor

Se olhar para a câmera causa nervosismo, tirem o foco dela e se concentrem no seu par. Esse é o seu método mais fácil e seguro de quebrar o gelo. Deixem para o fotógrafo a preocupação em descobrir o melhor enquadramento.  

6. Sorriam, mesmo que pareça estranho

Uma sessão de fotos que comece com risos forçados costuma terminar com sorrisos genuínos. Se você estiver se sentindo nervoso, ria alto com a sua alma gêmea. Pode parecer estranho, mas é eficaz. Esse método funciona bem para fotos, pois as pessoas não sabem o que estava acontecendo no momento da sessão. Se estiver de mãos dadas com o amado ou amada, mesmo um sorriso sem graça ficará fofo.

 

São Paulo Fotografia
São Paulo Fotografia

7. Comecem pelas poses mais afastadas

Comecem as fotos posadas afastando-se da câmera. Deem os braços e se afastem, enquanto conversam sobre os planos de casamento. Eventualmente, vocês vão virar e encarar o fotógrafo, que estará preparado para registrar esse momento. Vocês também podem combinar com o profissional algumas fotos muito distantes para não se sentirem tão expostos. Isso gera ótimas fotos cênicas. O que não tira a necessidade de fotos mais próximas, que documentarão este dia na vida do casal. Lembrem-se de que as imagens os ajudarão a contar a história da nova família.

8. Planejem uma atividade

Como a distração é a melhor cura para casais tímidos em relação às câmeras, planejem uma atividade. Pode ser a de estourar uma garrafa de espumante ou comer um pedaço de bolo de casamento simples. São soluções que ajudam a relaxar e trazem um pouco mais de significado ao álbum. Outra ideia é tirar foto junto a um instrumento que o noivo ou noiva toca e envolver seu animal de estimação nas poses.

Vero Fotografia
Vero Fotografia

9. Não se comparem

As fotos do casamento constituem sua própria memória pessoal e vocês não precisam se preocupar em impressionar ninguém. Logo, não há razão para colocar pressão para que exalem glamour de revista de moda de alta costura.

Recorrer ao Instagram ou Pinterest para obter alguma inspiração fotográfica é ótimo, mas cair em um jogo de comparação pode ser perigoso. Não tentem imitar ou duplicar a experiência de outra pessoa.

Edson Esmagnoto Fotografia
Edson Esmagnoto Fotografia

Quando se é tímido, tudo pode gerar apreensão e constrangimento, mas tentem afastar esse tipo de sentimento do dia em que irão se casar. As fotos apenas serão um desdobramento de tudo que for vivido nele, incluindo a sua felicidade. Preocupem-se menos em como todos irão parecer em seus vestidos de festa e demais trajes, e mais em aproveitar cada minuto. Seguindo este conselho, é bem capaz que, depois de prontas, as fotos causem tanta satisfação e orgulho que queiram usar alguma como uma das lembrancinhas de casamento a serem enviadas aos convidados, em agradecimento pela presença.