É possível que você já tenha passado por um jardim onde as árvores têm um formato perfeito, geométrico, ou até com outras formas mais criativas. Com certeza, se não viram isso "ao vivo", podem já ter visto na televisão, por exemplo. Essa arte de adornar os jardins, transformando as plantas e árvores em verdadeiras esculturas, tem um nome: topiaria, e é possível utilizá-la para produzir arranjos menores também, algo que pode ser muito útil para aqueles que já estão pensando na decoração do casamento.

Se quer deixar um toque personalizado (e tem talento para criar elementos com a estética DIY), pode colocar a "mão na massa" e usar a topiaria para criar arranjos que podem ornamentar a decoração das mesas do seu casamento, algo simples e que dará encanto à recepção. Quer saber por onde começar? Te damos todos os passos para produzir uma topiaria de flores impecável e charmosa, e que ainda poderá servir para enfeitar outros locais, até a sua futura casa.

Que materiais são necessários?

Você irá precisar de muitos materiais, mas não se preocupe: eles são fáceis de serem encontrados, e com preços que cabem em orçamentos econômicos. Antes de começar a produzir a sua topiaria, coloque todos em em uma mesa, isso deixará o processo mais organizado, e assim você terá uma ideia geral de cada passo.  

  • Duas bolas isopor, embora também seja possível optar por triângulos ou cones de tamanhos diferentes
  • Um quadrado de isopor
  • Flores de tecido ou papel de vários tipos e cores. Você pode encontrá-los em formato individual ou na forma de arranjos. Tudo vai depender do resultado que você deseja alcançar. Uma boa ideia é usar tonalidades que estejam de acordo com a identidade visual do dia. Que tal combinar o arranjo com a tonalidade das flores do casamento usadas em todos os ambientes?
  • Galhos naturais. Idealmente, eles não devem ser muito longos: cerca de 30 cm aproximadamente. Você pode encontrá-los em um parque, jardim, no campo...
  • Tinta spray dourada. Antes de aplicá-lo nos galhos, não se esqueça de proteger adequadamente a mesa onde você vai trabalhar e o chão. Você evitará mais de um susto!
  • Um vaso com cerca de 15 cm de altura e, de preferência, de metal, para que a topiaria tenha solidez
  • Grãos de café. Com isso garantirá que, além de decorar, a sua topiaria também tenha um aroma bem agradável
  • Cola térmica
  • Lápis

Como fazê-los?

Antes de começar a trabalhar, tenha em mente que você precisará de um tempo para moldar essa manualidade, então guarde algumas horas da manhã ou da tarde, para que comece e termine sem interrupções. Vamos lá! E lembre: os topiários são fáceis de criar e o resultado fará uma grande diferença no seu décor.

  • Para começar, pinte os dois ramos naturais de dourado, iguais. Você removerá os restos de brotos ou sujeira que eles possam ter. Deixe-os secar e, se necessário, aplique uma segunda camada. É importante que o resultado seja homogêneo.
  • O próximo passo é unir os galhos (já secos) e as duas bolas de isopor. Como Primeiro marque com um lápis a área onde será feita a incisão. Depois, basta pressionar um pouco os dois elementos, certificando-se de que estão bem presos. Se você perceber que não está suficientemente selado, adicione um pouco de cola e deixe agir.
  • Da mesma forma, junte a outra extremidade dos galhos com o quadrado de isopor que será a base dentro da panela. Verifique se está bem preso e não se move.
  • Em seguida, com a ajuda da cola térmica e muita paciência, cole os grãos de café nas duas bolas de isopor, para que a superfície plana fique visível. Comece com a área superior e desça, cobrindo toda a superfície do poço isopor. Idealmente, antes de continuar com o ofício, deixe os grãos de café secarem completamente.
  • Quando os grãos de café estiverem muito secos, prenda o pano ou as flores de papel que você escolheu. O importante é que eles fiquem juntos e na forma de um buquê. Pode ser uma pequena réplica desse buquê de noiva simples!
  • Finalmente, coloque o conjunto dentro da panela e cubra a base de isopor com o pano restante ou as flores de papel. Você terá a primeira topiaria pronta!
  • Se o resultado te convencer da primeira vez, não desista: repita o processo e elabore quantas topiarias você desejar. Todos os arranjos podem ser idênticos ou diferentes, brincando com a cor e as variedades de flores, bem como com a tonalidade e o material escolhido para o vaso.

Topiaria é uma arte, e assim que você começar a produzir coisinhas para a decoração da sua festa de casamento com certeza se sentirá seduzida por todas as possibilidades que pode fazer! Elas podem decorar tanto a recepção quanto a igreja e, por que não, até a pista de dança, onde os seus amigos e vocês irão dançar animados todas as músicas do casamento escolhidas a dedo.