Maccari Fotografías



Mostramos uma lista com os tipos de decote, saias e tecidos, para que você possa ver todas as opções e escolher as combinações que mais gostar para o seu vestido de noiva. Com esse dicionário poderá saber do que falam os especialistas de moda nupcial, os desenhadores ou as lojas de vestidos. Anotem!

Decotes:

  • Decote tomara que caia. É um corte reto por encima do seio. Sem mangas, recorre todo o busto até as costas, sempre embaixo das axilas. É um corte clássico e tradicional. 
 
Glamour Foto Studio
 
  • Decote coração. Parecido ao decote anterior, sem nenhum tipo de alças nos ombros. A forma do peito é um “V” redondeado, o que marca essa “forma de coração”. É um decote mais romântico. 
 
Maccari Fotografías
 
  • Decote em “U”. É mais alargado com um decote redondo, suspenso nos ombros (pode ter algumas variações). Forma exatamente um U na frente do busto. 
 
Jesús Peiró
 
  • Decote de gola alta. Sobe até o pescoço e prende atrás dele. Pode ser da mesma tela do vestido ou de renda transparente. Se prende atrás do pescoço com botões ou broches. 
 
 
  • Decote assimétrico (ou de um lado só). Esse decote fica preso em apenas um dos ombros. Tem muitas variações, pode ir com uma manga caída, um ombro coberto e outro não, etc. É ideal para ombros estreitos. 
 
 
 
  • Decote barco. Cruza de lado a lado o busto fazendo uma pequena curva mais pronunciado na parte central. Sua forma se assemelha ao casco de um barco, o que dá o seu nome. 
 
 
  • Decote em V. Esse corte vai dos ombros até o busto em forma de “V”, terminando o pico na altura do busto. É o decote perfeito para mostrar um busto bonito. 
Anna Montijo - Makeup & Hair
 
 
  • Decote Halter. É como um decote em V ou U, mas com botões que passam por atrás do pescoço. Pode ser de uma peça ou dois peças. Com esse decote as costas ficam ainda mais lindas.

 

Saulo Angelo Fotografia
 
  • Decote quadrado ou francês. É parecido ao decote em U, mas de forma quadrada com linhas bem retas. Favorece a quase todos os tipos de corpos e bustos. Pode ter mangas ou telas. 

Saias:

  • Saias em A. São aquelas que começam na cintura para abrir com muito volume formando um A. São ideais para os vestidos de princesa. 
 
 
  • Sereia. Esse corte se ajusta ao corpo até as pernas e a partir dos joelhos se abre com muito movimento. É ideal para mulheres magras e para estilizar a figura. Pode ter muitas variantes com capas de tule, renda ou bordados. 
 
 
  • Saia skater. É acinturada e cai em linha A, ou seja, se abre com certo volume. É parecida as típicas polainas dos anos 50. É ideal para vestidos curtos bem modernos. 

 

 

  • Evasé. É bem similar a anterior com a diferença que uma evasé é mais longa. Dá essa ligeira sensação de abertura e movimiento. 

 

 

  • Silhueta peplum. É aquela com figura reta e um babado colocado na cadeira, é bem interessante para mulheres com poucas curvas.

 

Finesse Noivas
 
  • Saias originais. Dentro desse grupo estão aquelas criadas por cada noiva, com babados, capas, saias curtas e pomposas, de linha reta ou assimétrica. 

 

 

Tecidos:

  • Satén. Seu característico bilho vem pela ua origem: a seda. É um tecido grosso que se usa principalmente em desenhos de linhas retas e modernas. Essa tela é bastante calorosa, ideal para o inverno.

 

Jesús Peiró

 
 
  • Tule. Se trata de uma tela leve semi transparente e com um efeito bem original. É muito maleável e se usa para dar volume, fazer muitas capas ou sobrepor a outro tecido. Ideal para um estilo romântico. 

 

Finesse Noivas
 
  • Organza. Também é uma tela fina e bastante feminina. Está feita a partir da seda mas por ser tão leva não é calorosa. Tem um pouco de transparência, delicada e sexy. É uma das mais escolhidas pelas noivas. 

 

Britto Produções
 
  • Renda. É uma tela transparente com bordados que deixam a vista parte da pele. Existem de muitos desenhos, com flores ou figuras. É ideal para as mangas, pescoços ou combinar com outros tecidos.
 
 
Rafael Benevides Fotografia