Vejam mais alguns tipos de cerimônias de casamentos:

Casamento Mulçumano

O casamento islâmico é como um contrato e é a família do noivo quem vai atrás da noiva que julga ideal para o homem. Assim que escolhido, o noivo pode visitar sua escolhida, sob o olhar dos familiares, que asseguram a pureza da noiva. Caso o noivo confirme que sua futura esposa não é mais virgem, ele tem o direito de anular o casamento (esta tradição também é valida no casamento indiano).

Outro detalhe do casamento mulçumano, é que a cerimônia acontece com áreas exclusivas para os homens separados das mulheres.

Casamento Grego

Quem nunca viu um casamento grego retratado em filmes? Aposto que achou que era exagero aquela bagunça toda e aquele monte de prato quebrado, não é? Pois bem, muito se engana. O casamento grego é exatamente aquilo.

O ritual da união do casal inicia dois ou três dias antes do casamento, com uma festa em sua nova casa chamada Krevati, que em grego significa cama. Nesta festa, os amigos e parentes do casal colocam dinheiro e crianças em cima da nova cama dos noivos para trazer prosperidade e fertilidade para a vida deles. Após este ritual, se inicia a celebração com muita comida, bebida e musica.

No dia que será realilzada a cerimônia, o noivo não pode ver a noiva até o momento esperado da união. Após a troca de buque de flores, a cerimônia se inicia, onde os padrinhos entregam as alianças e colocam uma coroa de flores sobre o casal. Ao fim, recebem amêndoas açucaradas, em número ímpar, como um presente do casal.

Com o fim da cerimônia, todo mundo volta para a festa regada de muita comida, bebida, musica e dança que normalmente vai até a manhã seguinte.

Simbolizando sorte e prosperidade, os gregos fazem a famosa quebra de pratos ao som de uma musica tradicional e folclórica.