Rufino Fotografia
Rufino Fotografia

Com todos os sentimentos e emoções que acompanham as cerimônias, são muitos os costumes que, geralmente, são seguidos pelos noivos, para viver a tradição do matrimônio por completo. Independentemente da religião, do estilo de cerimônia ou até o tipo de decoração da igreja do casamento, sempre há algum ritual simbólico que fazem questão de incluir.

O hábito de pensar nas mulheres solteiras durante uma celebração de casamento vem de longe. Antigamente, na Europa, era comum as convidadas que não estavam casadas levarem, como um talismã, um pedacinho do vestido de noiva, por exemplo. E hoje dia é comum levar o nome das amigas solteiras na barra do vestido. Saiba mais sobre esse curioso costume! 

Click Dois
Click Dois

Culturas diferentes, mesmos hábitos

Existem teorias sobre a origem dessa tradição, mas nenhuma realmente comprovada. A mais aceita é de que tenha surgido naTurquia. Sabemos que, além de escolher uma cor específica para os modelos de vestidos de festa que agrade a todas as madrinhas, toda noiva faz questão de dividir esse momento simbólico e aderir algumas a alguns rituais que possam proporcionar a felicidade de suas fiéis escudeiras, e no mundo inteiro é possível identificar algumas dessas tradições.

Antigamente, na Turquia, era muito comum escrever o nome das solteiras no solado do sapato branco de noiva. Após a festa, o nome que ainda estivesse legível seria a próxima a se casar. Com o tempo foram adaptando o rito e passaram a colocar o nome no vestido. E aqui no Brasil existe até a possibilidade de que a tradição tenha vindo da Bahia, com os vestidos volumosos das baianas.

CM Assessoria em Eventos
CM Assessoria em Eventos

Seguindo a tradição (com adaptações pelo vestido)

Se o casal faz questão de seguir todas as tradições, como cortar a gravata do noivo, jogar arroz ao final ou o lançamento do buquê de noiva branco, escrever o nome das amigas solteiras na barra do vestido precisa ser incluído, mas, muitas vezes a noiva tem receio de que a produção estrague seu vestido – o que pode deixar as amigas solteiras bem decepcionadas.

Seja por querer guardá-lo intacto, vendê-lo para recuperar o dinheiro investido ou por ter optado por um aluguel de vestido de noiva, algumas podem achar que são obrigadas a abrir mão da tradição, mas sempre uma há possibilidade de incluir os nomes sem que cause danos ao traje.

  • Você pode usar uma fita adesiva com os nomes, assim o vestido permancerá intacto até o fim, e a tradição será feita do mesmo jeito! Ou pequenos adesivos em formatos diferentes, cada um com um nome;
  • E calma, não precisa entrar em pânico ao pensar em lesar seu lindo vestido de noiva de renda. com a fita adesiva: basta escrever seus nomes com caneta de tecido, que se apaga quando lavado. Faça letras pequenas para que caibam todos os nomes e para que fiquem imperceptíveis. O bacana é que essa caneta pode ser usada em qualquer tipo de tecido.

Sim de Cinema
Sim de Cinema

Transformando os costumes

Se escrever os nomes no seu vestido de noiva sereia está totalmente fora de questão, poderá renovar a tradição sem deixar suas amigas na mão. Uma boa opção é bordar os nomes com uma costura bem leve (alinhavada) para não marcar o tecido. Poderá orientar às solteiras para que cada uma traga um pedacinho de fita de cetim branco, com o nome já bordado ou escrito, depois é só pedir que a costureira dê uns pontinhos e prenda as fitas na barra.

Há também quem coloque até medalhinhas de Santo António, sob cada nome, o que funcionada como uma verdadeira oração para trazer bons frutos do santo casamenteiro. E nesse caso, as amigas normalmente já têm alguém em vista! Se nenhuma das alternativas te convenceu, basta utilizar a fita dupla face, que tem fácil aderência e assegura que o tecido não fique prejudicado.

Studio 3 Arts
Studio 3 Arts

A lista de crenças que giram em torno das celebrações de matrimônio gera uma tarefa a mais para a protagonista do dia, que entre achar o look perfeito ainda deverá lembrar-se de vários detalhes que fazem parte da cultura folclórica dos enlaces. Uma joia emprestada, um sapato de noiva na cor azul ou uma grinalda antiga simbolizando coisa antiga, são as mais utilizadas. Mesmo  que o casal seja mais cético e não leve tão a sério esses costumes, no momento emocionante que estão vivendo tudo o que trouxer mais energia à celebração, será bem-vindo. Tanto que a grande maioria faz o brinde com os braços entrelaçados ou cortam o bolo do casamento de baixo para cima e com as mãos unidas.