Saltar para o conteúdo principal
Casamentos

Convites de casamento: um guia completo para escolher o ideal [inclui eBook]

Porta de entrada para o casamento, o convite leva tanto o anúncio do data quanto o estilo do enlace aos convidados. Este guia completo ajudará a pensar nas escolhas para o seu convite de casamento, o item mais importante da papelaria.

Não só de empolgação é feita a hora de chamar familiares, amigos e colegas para o enlace. Como tudo é muito novo, a dúvida costuma ser companheira inseparável na hora de pensar no convite de casamento. Surgem perguntas desde o tipo de papel e tamanho das letras até os dizeres com os quais irão oficializar o comunicado e o convite para a celebração. Por isso é tão importante saber por onde começar e o que considerar antes mesmo de iniciar as buscas por fornecedores. Com a ajuda do nosso guia de como escolher os convites tudo ficará bem mais fácil. 

O passo a passo dado não é por acaso e obedece a uma lógica que, quando bem seguida, irá evitar idas e vindas nas negociações e encurtar tempo de busca por referências. E com isso o par verá que tudo é menos complicado do que parece. 

1. Anatomia do convite: as partes que o compõem

2. Conteúdo informativo do convite

3. Quando enviar o convite?

4. Estilos de convite

5. Tipografia usada no convite

6. Formato do convite de casamento

7. Materiais do convite de casamento

8. Elementos adicionais

9. Perguntas para o fornecedor dos convites 

Baixe aqui o seu eBook

1. Anatomia do convite: as partes que o compõem 

  • Envelope

Para eventos clássicos, o icônico envelope de aba em bico é imbatível. Modelos com fecho reto transmitem com elegância o mesmo grau de formalidade. Artigos de papelaria descontraídos ou com design chamativo podem se beneficiar de envelopes tipo janela, e formatos longos são ideais para o tipo luva ou fronha.

  • Fecho

Mais do que a função prática, a forma de arrematar o seu convite é um charme adicional para expressar a personalidade do par. Amarrações com linha ou barbante são uma fofura para casais despojados. Elegante e atemporal, o laço Chanel se presta aos mais diversos tipos de ocasião. Ou, para se sentir parte da realeza, que tal um lacre de cera personalizado?

Bem Casados

  • Convitinhos

Bilhetinhos individuais (usualmente em formato 3x4 ou 4x4cm) servem para discretamente limitar a quantidade de pessoas na recepção. É algo usual aos endereçados a famílias inteiras. Servem também para dar conta do plus one, quando convidados solteiros têm autorização para levar acompanhante.

  • Tags

A tradição recomenda escrever os nomes dos destinatários à mão em cada envelope, em caligrafia caprichada. Uma alternativa econômica e bem popular para cerimônias menos formais é a impressão dos nomes em pequenas etiquetas, dentro da identidade visual do conjunto.

  • Cartão adicional

Se forem necessárias orientações adicionais que não caibam na peça principal, considere incluir no envio um cartão de instruções. Vale para mapas caso o local seja remoto, sugestões de hospedagem ou estacionamento, definições sobre o dress code, lista de presente e o que mais precisar!

Lotus Ateliê

2. Conteúdo informativo do convite

Seja qual for a estética do convite, a mensagem deve ser passada com clareza e com o peso correto. Confira conosco, na ordem em que aparecem, quais informações não podem faltar na convocação.

Chic no Último

  • Nomes do casal e dos pais

A forma de anunciar os nomes dos noivos fala também sobre a família: casais de perfil conservador tendem a dar destaque aos nomes dos pais, os mencionando como anfitriões da ocasião. Pares mais independentes e modernos podem preferir citar apenas os seus nomes como protagonistas.

  • Local, data e hora do casamento

A data da união foi escolhida com cuidado e pode carregar muitos significados, portanto deve ser destacada. Para evitar mal-entendidos, reserve a caligrafia rebuscada para os nomes e certifique-se que dia e hora sejam legíveis. O mesmo vale para o local da celebração, sempre apontando para o endereço da cerimônia. Caso a recepção seja realizada em outro lugar, o protocolo formal recomenda indicar em cartão à parte.

  • Nome dos destinatários

Seja escrito à mão em cada envelope ou impresso em tags, o nome de cada convidado deve ser citado no material que receber. A forma de tratamento varia com o tom da ocasião: Sr., Sra. e Família com nome completo de cada cônjuge para acontecimentos formais, ou apenas nome e sobrenome em convites mais despojados. Não esqueça de oferecer aqui um carinho aos padrinhos e madrinhas!

  • Confirmação de presença

Répondez s’il vous plaît, o famoso RSVP, é o pedido para que seu convidado confirme sua presença. Para facilitar o planejamento do casamento, forneça um número de telefone ou site onde possa receber estas confirmações. É aconselhável estipular também uma data limite para a resposta.

  • Dress code e mais

Informações adicionais como lista de presentes, site do casamento, orientações para se chegar ao local e o “dress code”, isto é, o código de vestimenta, costumam ser impressas em um cartão anexo. Tenha apenas cuidado com a quantidade de texto, evitando poluição visual na composição que possa atrapalhar a assimilação.

  • Frases e citações românticas

Se a música favorita remete à história do casal, por que não usá-la? Para um toque mais pessoal e simpático, pode-se fazer uma citação a um poema, canção ou passagem bíblica. A frase curta pode ficar no início ou no final do documento, desde que em fonte discreta que não roube a atenção dos dados mais importantes.

Umbra Weddings

3. Quando enviar o convite?

  • Save the Date

Antes mesmo de entregar o convite físico, deve-se comunicar os convidados sobre a data da união em torno de 6 meses antes. O Save The Date, enviado por correio ou por meios eletrônicos, permite que todos se organizem e não marquem nada mais naquele dia. Caso a celebração ocorra em outra cidade ou país, a preparação exige planos de translado e hospedagem. Sendo assim, a comunicação deve ser enviada de 9 meses a um ano antes.

  • Convite

Os convites impressos são enviados no máximo a dois meses da cerimônia. Padrinhos e familiares próximos devem receber os seus em mãos antes. Os demais agraciados podem receber por correios ou transportadora, porém a entrega em pessoa é sempre uma cortesia a mais.

Lotus Ateliê

4. Estilos de convite

Para a maior parte dos destinatários, o convite será o primeiro contato com tudo o que vocês sonham e planejam para seu grande dia. Sendo assim, deve ser coerente com a solenidade, a ambiência, a temática e, até mesmo, com o esquema de cores. Acompanhe conosco algumas combinações harmônicas e veja qual estilo se aproxima mais da sua celebração.

Lotus Ateliê

  • Clássico

Tem como característica o uso de cores como branco, dourado, prata, rosé e cinza. Impressões em baixo e alto relevo nos detalhes e letras também são bem comuns, e ganham ainda mais destaque com recursos de alto brilho como o hot stamping. Letras cursivas, em especial as confeccionadas à mão por calígrafos, são muito valorizadas. Fitas, laços e materiais rendados constam entre os pormenores mais pedidos.

  • Rústico

Quem prefere algo menos formal e mais sustentável tem na vertente rústica o seu lar. Assim, adora recorrer aos elementos reciclados e naturais, usando muito papel kraft, juta, palha, barbante e algodão cru e tons em off-white, marrons e cores pastéis. Flores e folhas secas também podem surgir dando um toque romântico aos itens de papelaria. 

  • Moderno

Direto e reto é a tônica desse estilo que prefere fontes sem serifa e faz uso de estampas geométricas. Papéis em cores escuras como o roxo, o azul marinho e o cinza chumbo comunicam o seu amor além das obviedades. Os formatos para convites de casamento também costumam ser menos engessados. Com isso, aparecem dimensões quadradas e retangulares na vertical.  

  • Vintage

Para um rápido passeio ao passado usando o enlace como ponto de partida, monogramas, lacres com cera, carimbos e letra cursada são aliados na missão. O uso de papel amarelado, com aspecto de antigo, dá todo um diferencial nesta ambientação, assim como o uso de tiras de tecido fino e bordas com detalhes em art noveau, por exemplo. Dentre todos, é o que melhor comporta o emprego de desenhos personalizados.  

  • Minimalista

Quando há o entendimento de que menos é mais, difícil é fazer o casal abrir mão da vontade de um layout clean com as informações e quase nada além. Efeitos aquarelados e miniaturas de poucos traços podem constar para antecipar as cores do enlace, ou dar uma “palhinha” sobre as personalidades do par celebrado. 

Lotus Ateliê

5. Tipografia usada no convite

A escolha da tipografia é importante porque ela compõe a identidade visual da cerimônia e da festa. Logo, deve estar de acordo com o estilo e a decoração do casamento. Para que não haja risco de incompatibilidade, há a necessidade de realização de testes para saber se as letras que desejam para o convite são legíveis, se todas as fontes escolhidas funcionam bem juntas, e se será necessário aumentar ou diminuir as letras.  

  • Cursiva

O estilo de letra manual é normalmente usado para deixar em evidência com aspecto desenhado os nomes dos noivos, mas há quem prefira escrever toda a mensagem do convite de casamento com ele. A contratação de um calígrafo experiente pode fazer toda a diferença.  

  • Serifada

Uma fonte com serifa é aquela que usa haste ou prolongamentos no final das letras. O uso da serifa se dá para além de uma questão de mero design, ajudando na leitura do texto. Quando usada em conjunto com a letra cursiva, não costuma decepcionar no quesito desempenho e beleza.

  • Não-serifada

Agora que lhe explicamos do que se trata uma serifa, é fácil entender do que se tratam as fontes sem ela. Elas são boas por comunicarem com clareza e certo senso de objetividade o que se quer dizer, sendo muito usada em decorações mais contemporâneas. Funcionam muito bem em textos curtos.

Os Tartari's Fotografia

6. Formato do convite de casamento

Além do estilo da celebração, a formalidade dita o que será enviado para seus convidados e de que maneira. Quanto mais conservador for o tom, mais estrita é a etiqueta sobre dimensões e elementos adicionais. Acompanhe a seguir os pontos principais para ter em mente:

Tamanho

Os formatos mais tradicionais para convites formais são 28,5x20,5cm e 24x18cm. Dimensões quadradas em torno de 23x23cm são uma opção moderna e bem popular. Cartas menores são associadas a bilhetes de agradecimento e podem não transmitir a devida solenidade do evento. Casamentos informais permitem tamanhos diferentes, desde que legíveis e bem diagramados. 

Os Tartari's Fotografia

7. Materiais do convite de casamento

Tanto quanto o design, os materiais comunicam aos convidados a temática e o nível de formalidade do casamento. Textura, cor e brilho são recursos delicados e pessoais de adiantar no papel o que se verá à beira do altar. 

  • Brilhosos

Para anunciar o enlace com tradição e opulência, vá direto para folhas brilhosas em branco ou champanhe como Aspen e Majorca, comumente escalados para a ocasião. Busque explorar com aqueles de aspecto metalizado. Isso faz com que os convites de casamento antecipem uma celebração majestosa. É como se o papel emanasse luxo e requinte. 

  • Foscos e texturizados

Uma escolha elegante e formal é o uso de texturas finas com tratamento fosco. Papéis como vergê, linho e markatto casam bem com uma tipografia elaborada. O material também é excelente para criações com arte colorida, florida ou aquarelada, cada vez mais em voga entre os pares apaixonados.

  • Econômicos

Mídias como offset, opalina e cartão são opções de custo acessível para convites de casamento informais. Em gramaturas acima de 240g, vão direto ao ponto e transmitem sobriedade sem abrir mão da qualidade de impressão. O brilho pode ser adicionado em detalhes como os nomes, para destacar a importância do evento. 

  • Rústicos

Casamentos no campo ou inspirados na natureza são perfeitos para escolher materiais crus, como os papéis kraft e reciclados. Com ou sem textura, são ótimos para expressar personalidade e consciência ambiental. Uma opção simpática é o papel semente, um material biodegradável que germina em contato com terra e água!

Arte di Bia

8. Elementos adicionais 

Para além das formalidades, os convites podem vir acompanhados de mimos para o círculo mais próximo de contatos. É uma maneira charmosa de estreitar os laços e dividir a empolgação com o casório. Pense nestes pequenos brindes como um teaser dos momentos que vão viver juntos em pouco tempo.

  • Mimos sensoriais

Um jeito bem direto de provocar sensações é apelar para o olfato. Velas aromáticas e artigos de saboaria ajudam a transmitir o clima do casamento de forma delicada. Casamentos rústicos trazem a natureza para seus convidados com o envio de flores e folhas secas, por exemplo.

  • Bilhete escrito à mão

Num cantinho rabiscado no verso ou num bilhete anexo, um toque pessoal pode emocionar mais do que qualquer presente. Para valorizar ainda mais seus convidados de honra, nada como deixar um recadinho à mão expressando o quanto valoriza sua presença no seu casamento.

  • Presentes para madrinhas e padrinhos

Cada vez mais noivos optam por presentear madrinhas e padrinhos antes mesmo das festividades. As opções começam em bebidas e doces e vão até acessórios e cosméticos para serem usados na ocasião. O esquema de cores já será estabelecido desde já!

Oh!Personalizados

9. Perguntas para o fornecedor dos convites

Para ajudar na missão de encontrar a empresa perfeita, vejam perguntas importantes que devem fazer ao fornecedor. Elas irão guiá-los neste caminho até o convite ideal produzido pelo profissional ideal!

  • 1. A empresa tem experiência com convites de casamento? 

Parece uma pergunta óbvia, mas algumas empresas que produzem convites podem ainda não ter tido a oportunidade de trabalhar especificamente com modelos de convite de casamento. É importante saber se podem assumir essa responsabilidade.

  • 2. Com quais estilos convite de casamento trabalham?

O convite é a porta de entrada de um evento. Quando se trata de um casamento, ele levará a identidade visual que vai conduzir todo o trabalho de papelaria e decoração. Saibam com quais estilos a empresa trabalha melhor. Seja clássico, luxuoso, rústico, minimalista, praiano, campestre ou convites alternativos, com estilo temático, essa decisão é primordial para saber se podem chegar aos resultados que vocês desejam. 

  • 3. Com quais tipos de papel e materiais trabalham? 

Os convites vão além do papel e do envelope. Atualmente, há produtos feitos de madeira, acrílico, papel-semente e outros. Se vocês desejam oferecer algo moderno aos convidados, ou prezam por um item sustentável, não esqueçam de perguntar sobre as opções de papel e material alternativos que a empresa disponibiliza.

  • 4. Com quais cores podemos trabalhar?

Muitas vezes a paleta de cores selecionada pelo casal não é a mais fácil de encontrar para impressão. É importante levar uma paleta com os nomes específicos das cores que pretendem usar tanto nos desenhos como nas letras do convite de casamento. 

  • 5. Podemos personalizar a tipografia dos convites? 

A personalização é o que deixa o convite único e agrega valor sentimental. Aqui, entra especialmente a questão da tipografia do convite de casamento. O traço das letras darão o tom, já que o convite é um instrumento de comunicação acima de tudo. O lettering, técnica onde as letras são manuscritas de forma livre, tem sido um recurso bastante utilizado; e a caligrafia artística com fontes mais rebuscadas também seguem entre as preferidas. Vejam quais os serviços que o fornecedor oferece nesse sentido.

  • 6. Com quais efeitos gráficos e layouts diferentes trabalham?  

Papéis cortados a laser, desenhos que saltam com efeito 3D, pintura em aquarela, fotos em um papel diferenciado, imagens e figuras, entre outros detalhes para enfeitar o convite. Tudo isso precisa ser perguntado. Assim podem avaliar se o fornecedor atende às expectativas e fornece variedade, e saberão se é uma empresa especializada em algum tipo de efeito e composição.

  • 7. Fazem teste de impressão?

Quando tiverem decidido a paleta e o texto para o convite de casamento, certifiquem-se de que o fornecedor escolhido disponibilizará testes de impressão antes de fecharem o pacote e se, com isso, haverá custo adicional. Os testes de impressão são imprescindíveis, já que muitas vezes as escolhas podem parecer perfeitas digitalmente, mas sem o mesmo efeito no papel. Certifiquem-se também de que as letras escolhidas são facilmente legíveis com a cor no papel escolhido e a ortografia do texto, antes de aprovarem a impressão de todos os convites.

  • 8. A empresa produz provas, convites e Save the Date virtuais? 

Com a nova normalidade, a busca por convite de casamento virtual cresceu consideravelmente. Verifiquem se os modelos de convite de casamento (e as provas) podem ser enviadas virtualmente, para pouparem tempo e locomoção. Além disso, a versão digital para o Save the Date e do próprio convite para os familiares que moram em outro lugar serão de grande valia para facilitar o envio.

  • 9. A empresa produz convites especiais para padrinhos (caixinhas etc)? 

É legal se certificar se o mesmo fornecedor pode produzir os convites para padrinhos de casamento que, normalmente, são especiais e diferenciados. Saibam se a empresa confecciona caixinhas ou outros mimos que se costuma enviar para os padrinhos e madrinhas, que terão um papel também diferenciado no enlace. 

  • 10. Qual é o prazo para a confecção dos convites? 

O ideal é entrar em contato com o fornecedor de convites entre oito e seis meses de antecedência da data do casamento para definirem tudo com calma e personalizar os convites que vão para pessoas específicas, como pais e padrinhos. Portanto, pergunte quanto tempo leva para que o produto fique pronto do jeito que vocês querem. Com isso, terão noção do tempo de entrega a todos os entes queridos, mesmo os que forem enviados digitalmente.

  • 11. A empresa oferece revisão de texto e dos protocolos?

É normal ficar com dúvidas na hora de montar o convite e, por isso, podem perguntar se a empresa auxilia nesse processo também. Além de um revisor de texto, os profissionais que trabalham na área sabem o que se usa ou não como protocolo, o que está na moda ou o que já é ultrapassado, como colocar o endereço completo do local da festa. Claro que a decisão fica por conta de vocês, mas não custa pedir uma ajudinha para não exagerarem nos dados e poluírem o convite com informações demais.

  • 12. Quais são as opções de pagamento?

Vale lembrar que, antes de terem fechado a contratação, devem estabelecer exatamente como será a forma de pagamento e quais serviços estão incluídos neste valor. Perguntem se há alguma promoção de convites para casamento, e como são os valores por quantidade encomendada. Cada personalização e pedido de serviços extras poderá acarretar valores mais altos. Para isso, peçam antes o orçamento final com todos os serviços que pretendem contratar. 

Os convites de casamento são uma espécie de prévia do evento que, assim como o site do enlace, serve para dar cara antes da hora àquilo que veremos na cerimônia e festa. Procure pensar nele como uma peça de publicidade a um público restrito e íntimo, a quem merece que todo o material seja escolhido a dedo e com muito capricho. Portanto, invista tempo no carinho a ser remetido para escolher os convites para oficializar a união.