Os preparativos que antecedem o grande dia são intensos e cheios de pequenos detalhes: escolher o estilo que se irá seguir, definir a decoração de casamento, onde será a festa, e etc. Não é diferente com a escolha do convite de casamento, afinal ele é a prévia e antecede tudo o que está por vir, ou seja, é a primeira impressão que os familiares, padrinhos e amigos terão sobre a cerimônia.

Muitos casais têm optado por convites menos complicados e um pouco fora dos padrões, por diversos motivos como custo, tempo e gosto pessoal. Apesar de simples, são possíveis para praticamente todos os tipos de cerimônia e estilos de celebrações.

O convite deve ter a cara dos noivos, por isso é muito importante ser original na escolha. O estilo da comemoração é a chave para começarem as pesquisas de como vocês gostariam que ele fosse. É importante ter em conta que o convite de casamento simples não é sinônimo de incompleto e que contenha todas as informações básicas necessárias passando a mensagem essencial. Confira abaixo as nossas instruções para garantir o sucesso de uma papelaria nupcial singela.

Conteúdo simples e direto

Os itens indispensáveis são: nome dos noivos e data/local/hora da cerimônia. O nome dos pais fica a critério do casal. Pequenos escritos, frases curtas de amor, o endereço das famílias, e os clássicos brasões com as iniciais dos noivos, podem ser deixados de lado para esse tipo de convite, já que a intenção é simplificá-los. O pedido de confirmação de presença na festa pode ir em um cartãozinho a parte, mas se a ideia for deixar o convite de casamento barato, o melhor é eliminá-lo e manter essa mensagem no próprio convite.

Casamento clássico

Em um convite simplificado para uma festa clássica, a palavra de ordem é ser clean. Para o papel de convite de casamento tradicional, recomendamos que o escolhido seja de gramatura mais alta, em um tom bege ou off White, com os escritos em prata ou dourado. O tipo de fonte também conta muito, deve-se pensar que uma fonte um pouco mais caligrafada poderá ficar melhor, já que o tradicional predomina.  Um envelope simples com a mesma cor do papel interno, é perfeito para finalizá-lo.

Casamento rústico

Aqui os tons amadeirados são o carro chefe. O papel kraft é uma ótima solução, pois ele tem essa cara mais artesanal e rústica, e pode ser usado tanto para o convite quanto para o envelope.  Papeis reciclados também podem ser uma boa alternativa. Uma amarração com uma fita de juta completa esse ar campestre. E se vocês desejam ainda mais inovação, porque não tentar um convite feito em um pedaço de madeira? O escrito pode ser gravado ou simplesmente impresso.

Casamento moderno

Para festas mais modernas, os convites de casamento criativos são bem-vindos. Pode-se ousar muito mais na hora de escolhe-lo, não há regras quanto aos formatos, cores e fontes. Deixe a criatividade rolar, com papéis coloridos, layouts diferentes e até algumas ilustrações. Tudo, claro, sempre pensado se está de acordo com todo o contexto da festa.

Casamento romântico

Se o principal foco da festa for o romantismo, o convite em um papel rosinha claro ou bege são ideais. Um fechamento com envelope em um tom sobre tom, e uma fita de cetim com um laço para arrematar dão o toque final. Outra ideia são os envelopes com os papéis rendados. As letras para convite de casamento romântico são fontes mais fininhas e delicadas, deixando-o ainda mais lírico.

Assim sendo, com certeza é possível ter um convite despretensioso com a cara da sua celebração e deixar os convidados ansiosos pelo bolo de casamento que está por vir e as convidadas já pensando em quem vai pegar o buquê de flores, mesmo com uma mensagem simples e direta.