“Como uma lagarta que se transforma numa linda borboleta, a mulher vestindo um desses vestidos de noiva etéreos surgirá como um espírito livre”. Assim a marca Galia Lahav apresenta suas coleções para 2021, Dancing Queen e Galia X, falando sobre paixão, auto expressão e coragem para provocar a mudança no mundo. Não à toa, cada traje nupcial é apresentado no lookbook da grife explorando todas as possibilidades conjuntamente com os acessórios. Saias, casacos e capas impõem uma nova dimensão na caracterização feminina, fiel ao tema da transformação. Texturas, camadas e drapeados sugerem ousadia e também delicadeza nos vestidos de noiva

Os designers Sharon Sever e Galia Lahav procuraram transmitir nas roupas pensadas para a temporada no quão poderosas as mulheres são. Sobretudo, as apaixonadas. Após um ano de incertezas como foi o de 2020, os laços humanos se fortaleceram. “Há uma coisa de que nós sempre estivemos certos: o amor é uma luz que brilha na escuridão. A conexão humana traz alegria mesmo nos momentos mais difíceis”, apregoa Lahav. Por isso, a aposta da marca é nos modelos de  vestidos de noiva que refletem leveza e conexão com o que realmente importa: a força interior. 

Proposta sonhadora

Visuais que são, acima de tudo, sonhadores e românticos. As mulheres determinadas e empoderadas não possuem medo de revelar ao mundo os seus anseios e isso fica claro nas coleções, que não negam a feminilidade. Muito pelo contrário, as roupas a reforçam como expressão de identidade e de desejo. Tendo como inspiração as asas cintilantes das borboletas, os trajes estão repletos de enfeites brilhantes, desenhos delicados e arqueados em direção aos ombros. 

Liberdade acima de tudo

Houve uma intenção proposital de transmitir o conceito de liberdade através de signos da natureza. Assim, os bordados e apliques em formatos de flores e penas aparecem como representações pictóricas dela. As costas abertas que aparecem em tantos vestidos de noiva demonstram a confiança e desejo de crescimento e evolução. Os tecidos arejados e leves foram empregados para reproduzir o sentimento de que se pode flutuar para onde quer que o vento leve. Há uma proposta de mobilidade com imaginação irrestrita para cumprir a jornada.  

Força realista

Quando usado, o espartilho aparece para fornecer uma dose de estabilidade, mas sem restrições. A mulher não se vê aprisionada nele, tira proveito para se sentir mais segura e inspirada em suas imperfeições. Transforma a rigidez em algo maleável para dar vazão à sua melhor versão na fase que decide dividir com o mundo a sua vocação para a felicidade. 

Ensaio lúdico

Cada roupa revela em si um dom e um potencial lúdico. Assim, o tule e a organza de seda formam uma nuvem que remonta um visual apenas imaginado para as figuras divinas na história da humanidade. O drapeado surge para compor uma aura física que envolve as mulheres. O modo como a luz incide e passa pelo tecido em tons como o blush dá uma nova dimensão à percepção da beleza feminina, para o deleite dos pares no grande dia. 

Composições inesperadas

Onde mais seria possível se deparar com um vestido de noiva de lantejoulas com espartilho de ossatura exposta sendo usado com um sobretudo de renda em 3D de mangas compridas? É este tipo de composição que torna os designs Galia Lahav algo único e incrível. Laços e pétalas transparentes completam o look para uma visão de silhueta tradicional que foge completamente do óbvio.  

Ano após ano, nas suas mais de três décadas de existência, a grife demonstrou um nível de compreensão que possibilitou a criação de vestidos de noiva com apelo acima da média. A seleção demonstra isso. Brilhos, texturas e padrões não são distribuídos a esmo. Há significado em cada uma das costuras, que contam uma história. A ela, soma-se um novo capítulo de quem troca alianças a bordo de um desses vestidos de noiva lindamente desenvolvidos.