Depois da emoção do pedido, tem início a fase mágica de um enlace. Imaginar todos os itens, como será o vestido de noiva ideal, ir listando os elementos da decoração do casamento que querem, e tantos outros. É nesse momento que o casal percebe que a conta pode ser bem mais longa do que imaginavam. Por isso, antes de pensar em modelos de lembrancinhas para casamento, é importante e fundamental saber usar o dinheiro em pontos essenciais.

De acordo com uma pesquisa feita há poucos anos, o custo médio de casamentos no Brasil é de 40 mil reais. O valor é referente a cerimônias para 80 a 120 convidados e inclui o preço dos principais serviços. A pesquisa também aponta que 50% dos casais gastaram mais do que o valor previsto inicialmente, que foi de 30 mil reais, em média, então tenha em mente que o importante é definir prioridades e ter muito planejamento para ter êxito e não sair do orçamento.

Estipular valores

O primeiro passo para não perder o controle, além de muita organização, é ter um valor limite para gastar. Portanto, orçamentos são seus grandes aliados para alertá-los cada vez que a empolgação dominar o bom senso. Afinal, não querem iniciar a nova vida a dois com uma dívida enorme por gastarem mais do que foi previamente planejado. Assim que marcarem a data comecem a fazer uma planilha com o custo de cada item, e poderão ter uma ideia de quanto irão gastar e, se necessário, irão saber onde podem cortar custos.

Número de convidados

Lembrem-se de quanto maior o número de convidados maior será o espaço, o tamanho do bolo de casamento decorado (mesmo que opte por um naked cake), a quantidade de bebidas, enfim, tudo será afetado. Como sempre falamos o ideal é estabelecer um número máximo de convidados e não ultrapassar, evite deixar as emoções do momento atrapalhar o que definiram desde o início.

O menos é mais

Se adotarem esse princípio todas as escolhas ficam mais acessíveis e terão mais possibilidades de encaixar as despesas dentro do viável. Pensem que o que importa é fazer acontecer o seu dia mágico e caso tenham que optar por um convite de casamento simples, não fará nenhuma diferença.

Gastos essenciais e secundários

É necessário saber o que é fundamental e os valores que podem custar cada item. Custo com a reserva e ornamentação da igreja, a decoração da festa de casamento e o buffet, são os que mais pesam. Estes, mesmo optando por um evento reservado e intimista são os que encarecem qualquer evento conforme as opções e estilo adotado. Imprescindíveis para registrar o momento, as fotos e o filme podem ter um valor alto dependendo da empresa contratada, então pesquise bastante. DJ ou banda são divertidos, mas têm custo e não são primordiais, uma vez que poderá alugar equipamentos e os amigos ajudarem. Ainda temos as lembrancinhas de casamento diferentes e personalizadas, os noivinhos e a parte de papelaria.

Gastos pessoais

Os looks e complementos para compor o visual também geram uma despesa alta, dependendo das alternativas. Por isso, cada vez mais as noivas recorrem ao aluguel de vestido de noiva para aplicar o valor numa tiara divina ou num sapato de noiva branco como sempre sonhou. Fora o look ainda tem o dia da noiva, a maquiagem e o cabelo que mesmo optando por um penteado simples para o casamento terá o custo do profissional.

Ter equilíbrio e uma boa planificação com as despesas é básico para o casal começar esta nova etapa de forma mais leve e sem estresse com as contas à pagar. Mesmo que não possa ter aquele buquê de flores que tanto desejava, esse detalhe no final não terá tanta importância. O mais significativo será fechar os olhos e lembrar a sensação que teve ao dançar as músicas do casamento com seu amor.