SweetMac Macarons e Bem CasadosSweetMac Macarons e Bem Casados

Essa pequena tentação doce já é mais do que conhecida no Brasil. Trata-se de uma espécie de pequeno biscoito, produzido com massa de amêndoas – ainda que alguns confeiteiros também utilizem coco ou até mesmo batatas. Com textura levemente crocante por fora, como um suspiro, e um recheio suculento e cremoso, o macaron caiu nas graças dos casais que se preparam para subir ao altar e já estão pensando nas opções para o buffet.

Ao lado do bolo esse doce de origem francesa torna-se até parte da decoração de mesa de casamento onde estarão as sobremesas, e é inegável: é um verdadeiro charme, delicado e delicioso, e vocês podem até utilizá-lo como uma lembrancinha de casamento, bela e suculenta!

Arquitetura do AçúcarArquitetura do Açúcar

França ou... Itália?

 As teorias mais aceitas dizem que sua origem remonta ao século XVI, mais especificamente a um mosteiro italiano. Itália? Sim! Explicamos: dizem que a receita teria chegado à França em 1533, levada pelo chefes italianos da futura rainha, Catarina de Médici, com o objetivo de prepará-la para seu casamento com o rei Henrique II. Na Itália a receita não contava com o recheio, 

Mas o aperfeiçoamento do doce como o conhecemos hoje foi realmente na França. Depois do século XVII monjas Carmelitas passaram a produzi-los e, já na Revolução Francesa, eles reapareceram pelas mãos de duas freiras que ficaram conhecidas como as “irmãs macaron” (Souers Macaron). Segundo a "lenda", elas mantiveram a receita do tal biscoito de amêndoas em segredo, até que, no século XX, Pierre Desfontaines o desvendou! Por questões de patente, para conseguir vender o produto, o confeiteiro alterou levemente a receita original, acrescentando o recheio no meio dos dois biscoitinhos, e assim foi criado o macaron como o conhecemos hoje, que se tornou um  dos favoritos em todo o mundo.

Amor Gourmet Bem CasadosAmor Gourmet Bem Casados

Sabores e cores de A a Z

O céu é o limite quando se fala sobre sabores de macarons. Isso porque já é possível fazer combinações e investir em estilos tão personalizados que o seu buffet de doces será único. Entre os clássicos, não podem faltar o de baunilha, chocolate, morango, mas é possível e viável investir em tipos mais exóticos.

  • Frutas: limão, framboesa, laranja, maracujá, limão-siciliano, laranja, banana
  • Sabores mais densos: chocolate com cereja, ganache, café, tiramisú, mascarpone
  • Combinações diferentes: maracujá com manjericão, crème brûlée de laranja com framboesa, figo e framboesa
  • Inspirados em coquetéis: sabor piña-colada, mojito
  • Sabores "nobres": pistache, lavanda
  • Sabores bem brasileiros: caipirinha, paçoquinha, doce romeu e julieta

Le Tôt EspecialLe Tôt Especial

Uma bela lembrança

Além de fazerem parte da mesa de doces, sendo servido durante a recepção e a festa, os macarons também podem ser utilizados como uma lembrancinha de casamento diferente e comestível. Como sua massa de farinha de amêndoas permite produzi-los em inúmeras cores, o casal pode adaptar os doces às cores da paleta de tonalidades do casamento. Para completar o charme, uma embalagem transparente ou com abertura, que mostre o conteúdo apetitoso que se encontra no interior irá deixar os convidados com água na boca!

E se quiserem deixar o docinho ainda mais personalizado, é possível colocar as letras iniciais do casal no próprio macaron, que permite também que sejam desenhadas outras formas em sua superfície redondinha, há casais que apostam até por macarons aquarelados! 

Elemento decorativo

Além de deliciosos, os macarons são também esteticamente incríveis, ideais para serem incorporados ao décor do dia C. Como já sabem, podem escolher sabores e cores que estejam de acordo com o seu gosto e paladar, e combiná-los também na hora de pensar no formato em que serão expostos. Uma tendência é colocá-los em formato cascata, como uma árvore de Natal produzida inteiramente com o doce.

Esse modelo permite organizá-los de acordo com as suas tonalidades, e ainda podem ornamentar o local ou a mesa onde estão com flores do casamento que sigam a temática.  Mas há outras maneiras, como usar jarros de vidro ou porcelana. O importante é a coerência visual.

Le Petit MacaronsLe Petit Macarons

Produzir os macarons requer técnica, talento e paciência, já que exige seguir uma receita que, nem sempre acaba com um resultado incrível. Por isso é essencial contar com um fornecedor que tenha experiência na sua elaboração. O mais recomendável é que tenha a mesma identidade visual do bolo de casamento, com suas cores e até os sabores parecidos, o que deixará a mesa harmonônica e encantadora.