A Dinamarca é um país pouco visado pelos brasileiros, mas que encanta assim que se pisa pela primeira vez, seja pela cultura, atmosfera acolhedora ou cenários diferentes, que tornam o roteiro tão fascinante. Com lagos infinitos, muitas ilhas, e montanhas intactas, a paisagem é fenomenal para fotos românticas. Composta pela grande península Jutlândia, com mais de 400 ilhas ao redor, no verão é possível conhecer muitas delas. Após meses pesquisando sobre as flores do casamento vão se surpreender com as espécies que a Dinamarca possui, em cada jardim uma nova descoberta.

Embora a Dinamarca integre a União Europeia, não aderiu ao euro, sua moeda é a coroa dinamarquesa. Mesmo no verão, a temperatura média é 18º, portanto levem poucos vestidos de festa de alcinha e bermudas, prefiram encher a mala com echarpes e agasalhos porque lá venta muito e faz frio. Com uma gastronomia forte e peculiar, com muitos queijos, carne de porco e o tradicional salmão, sem dúvida agrada a maioria dos turistas. Hoje mostramos três opções de roteiro para recarregar as baterias e dançar uma das músicas românticas do casamento em solo escandinavo.

1. Copenhague

Copenhague é a capital e maior cidade da Dinamarca, é moderna, possui muitas atividades culturais, museus, galerias de arte e diversos festivais de música e gastronomia. Plana e cheia de ciclovias, é possível conhecer a cidade de bicicleta e a pé. Entre os passeios imperdíveis a estátua da pequena sereia, o monumento mais famoso de Copenhague, construído em 1913, inspirado no conto do dinamarquês Hans Christian Andersen. Kastellet, um antigo forte em forma de estrela, é uma muralha fascinante, também é outro ponto turístico que vale muito a pena a visita. Tivoli, um dos parques de diversão mais antigos do mundo, possui jardins  encantadores para fotos com um belo buquê de flores de campo e muitos beijos.

A gastronomia é poderosa e marcante, e há alternativas para todos os gostos e bolsos, inclusive lá se encontra o Noma (considerado o melhor restaurante do mundo, três anos consecutivos). Nyhavn, um canal ao estilo holandês, repleto de casinhas coloridas graciosas que o tornam o local muito visitado para fotos. O Castelo de Kronborg é passeio obrigatório, a 47 Km de Copenhagen, localiza-se em Helsingor, onde se passa a história de Hamlet, de William Shakespeare. Sua arquitetura é fenomenal e é considerada um dos símbolos renascentistas do norte da Europa.

2. Odense

Odense é um município da Dinamarca, localizado no sudeste do país, no condado de Fiónia. Podem ir de trem que parte da capital Copenhagen e admirarem as lindas paisagens. A viagem dura apenas duas horas, mas vale passar dois ou três dias e conhecer a cultura local dessa cidade encantadora. A terceira maior cidade do país é conhecida por ser a terra natal do escritor de contos infantis Hans Christian Andersen, se um de seus contos serviu de inspiração para o vestido de noiva princesa, devem visitar sua casa, que é uma das atrações mais cobiçadas.

Antiga e mística, Odense é repleta de esculturas de duendes, bancos com pés em forma de monstros e diversas atrações relacionadas aos contos de fadas, além de muitos castelos. O Egeskov, construído em 1554, é um dos castelos mais bem preservados, com direito a um fosso de 28 km de profundidade, o que representa bem a arquitetura do Renascimento da Europa. A cidade conta também com um museu a céu aberto, o The Funen Village, além de cinemas de arte, ótimos cafés e restaurantes.

3. Kolding

Uma das cidade mais antigas da Dinamarca, foi construída por volta do século VII, localizada no condado de Vejle, um porto marítimo dinamarquês  é acolhedora, simpática e muito romântica. Se desejam alguns dias tranquilos e a sós, Kolding é o cenário perfeito para fotos que dispensem muita produção, nem é necessário um modelo de vestido de festa sofisticado, o cenário natural já é suficiente para imagens inesquecíveis e cheias de paixão.

O castelo Koldinghus é o monumento mais conhecido do lugar, e o último dos antigos castelos medievais da península da Jutlândia. O castelo contém o museu “Museet på Koldinghus”, inaugurado em 1890 com coleções de mobília do século XVI até hoje, antigas pinturas dinamarquesas, objetos e ainda exposições temporárias. Outra atração da cidade, o parque aquático Slotssø Badet, costuma ficar lotado no verão.

Com um roteiro como esse dá para voltar com as energias renovadas, após dias num país nórdico espetacular, com a cara do século passado. Servirá para esquecerem a maratona que foi planejar a decoração do casamento, e poderão cuidar do décor da nova casa com mais inspiração. Uma viagem sempre marca o relacionamento e enaltece o romance. Para finalizar as comemorações da união, um destino com tal cenário será simbólico para declararem uma frase curta de amor no meio de um castelo medieval.