Clube Viagens e TurismoClube Viagens e Turismo

A Argentina é um dos destinos mais escolhidos entre os brasileiros quando se trata de uma viagem internacional pela América Latina. Passar a lua de mel lá é uma ótima opção, já que irão encontrar belezas naturais e centros urbanos incríveis. O país não exige visto ou passaporte e é uma alternativa para que não quer estourar o orçamento depois . O roteiro mais comum para quem decide ir aos país dos hermanos é a capital, Buenos Aires, mas a Argentina tem muito mais a oferecer, e Mendoza é um desses destinos.

Conhecida como a capital do vinho na Argentina. Responsável por 70% da produção do país. Está localizada aos pés da Cordilheira dos Andes, a maior cadeira montanhosa do mundo em comprimento. A cidade pode ser visitada durante todo o ano pois cada estação tem o seu charme particular. Se já enviaram os convites de casamento, confiram as dicas e vejam se é o lugar perfeito para vocês. E já avisamos: é impossível não se encantar!

Guajardo FilmsGuajardo Films

Clima diverso

Durante o verão é quando há maior incidência de chuvas e quando ocorre a vindima, colheita das uvas, que movimenta o local com festas e programações específicas. O inverno pode ter temperaturas abaixo de zero e os vinhedos, das áreas mais elevadas, podem ficar cobertos pela neve, mas é possível dividir o passeio entre as vinícolas e as estações de ski próximas à cidade

Como chegar

Do Brasil já há voos diretos para Mendoza. Vale olhar a passagem com antecedência e, dependendo do valor, é aconselhável fazer escala em Buenos Aires ou Santiago (Chile). O voo direto partindo de São Paulo dura aproximadamente 3h20. Se vocês estiverem em Buenos Aires, podem pegar um voo direto e com um bom preço para a cidade do vinho. Uma outra opção para quem tem tempo é ir de ônibus. A viagem é longa, ao todo são 14 horas, mas apresenta paisagens incríveis.

XP Travel TurismoXP Travel Turismo

Hospedagem

Se vocês não pretendem alugar carro, uma dica é se hospedar no centro. É uma região bem movimentada, onde é possível aproveitar restaurantes, conhecer lojas locais e fácil para fazer reservas nas agências de turismo. As diárias dos hotéis em Mendoza não costumam ser caras. Reservando com um tempo razoável antes da viagem, pode-se ficar em hotéis excelentes a preços. Tudo vai depender da organização e antecedência que se planeja a viagem. Vale ficarem atentos às dicas de sites de hospedagem e ver a opinião dos turistas que já estiveram por lá.

Uma outra opção possível e mais exótica é ficarem hospedados nas bodegas, onde poderão curtir o clima bucólico e aproveitar spas e degustações exclusivas. A desvantagem é que elas estão mais longe da cidade, e por isso podem acabar aproveitando pouco o centro, mas tudo pode ser programado.

Transporte

Como em geral, os turistas gostam de degustar os vinhos locais, dirigir não deve ser uma opção, pois as leis argentinas são duras e ninguém quer ter problemas nem com a justiça e nem com acidentes. As bodegas principais ficam distantes do centro e para chegar até elas é possível contratar o remis (táxi com preço fixo, calculado com base na distância) ou um wine tour, que poderá ser fechado em uma agência de viagem e terá uma programação pré-definida dos lugares que vocês irão visitar. Tudo dependerá do perfil do casal.

Roteiro

Reserve pelo menos 4 dias para ficar na cidade. Neste período é possível fazer passeios sem nenhuma correria. Como a cidade é conhecida internacionalmente pelos vinhos que produz, ir a Mendoza e não visitar uma bodega é como ir a uma festa e não experimentar o bolo decorado de casamento! Mas como escolher vinícolas em meio a tantas? A dica é mesclar em seu roteiro vinícolas internacionalmente famosas com as menos conhecidas.

Duas por dia são suficientes, para que o passeio não fique muito pesado. Os dias para visitá-las devem ser agendados, em alta temporada nem sempre há vagas imediatas, e na baixa temporada o horário de funcionamento poderá ser alterado. Escolha seu passeio ainda no Brasil para evitar surpresas desagradáveis.

Para quem quer fugir um pouco do wine tour uma opção é visitar o Parque Provincial Aconcágua. Ele costuma estar aberto entre novembro e fevereiro, mas a data exata varia todos os anos, por isso verifique isso com seu agente de viagem.  Lá é possível praticar esporte radicais como rafting, caique, mountain bike, ou até mesmo aproveitar roteiros mais românticos como passeios de bicicleta, caminhada e até levar alguns itens para um piquenique. 

A Argentina é um país vizinho que merece ser visitado. Nos últimos anos tem passado por crises, mas o seu povo segue acolhedor, e é um destino que oferece paisagens das mais diversas, além de uma cultura rica e que convida os visitantes a conhecerem melhor cada cantinho, como Mendoza! Depois de meses planejando a decoração de casamento e pensando em cada mínimo detalhe, vocês merecem uma lua de mel à altura, onde poderão relaxar e viver o seu romance com tranquilidade.