Newton Maximo & Banda

 

Pois é, a resposta é sim, muitas delas. Algumas igrejas só permitem que determinadas músicas sejam tocadas durante cerimônias e missas realizadas em suas dependências. E por essa razão, geralmente têm uma lista de sugestões de músicas mais tradicionais para a entrada dos noivos, padrinhos, pajens, damas... Se para vocês isso pode ser um desconforto, não esqueçam de conferir estes detalhes antes de reservar o local!

Caso seja um empecilho para vocês, melhor mesmo pensar em celebrar o casamento em um outro local, como salão ou chácara e ter total liberdade para escolher o ritmo e a altura do som. Vi noivinhos que curtem rock muito felizes de poder fazer a cerimônia de acordo com o que gostam, e isso é muito bacana, não é?

 

Monte Cristo Coral e Orquestra

 

Mas, respeitar essa regrinha e poder realizar o sonho de entrar naquela igreja que você sempre sonhou não é nada demais. Afinal, a maioria das músicas aceitas nas igrejas são lindas! A Marcha Nupcial arrepia toda vez que é tocada. Uma forma de fazer com que tragam ainda mais emoção é escolher que sejam tocadas ao vivo.

 

Antonio Eventos Musicais

 

Eu, particularmente, amo o som daqueles órgãos de de tubo. Tem um misto de sobriedade com  ritual sagrado que eu acho especialmente bonito. Outra proposta de arrepiar é contratar um coral de verdade. Que Ave Maria não ficaria lindo cantado por várias vozes? Vocês podem considerar, ainda, violinos e os clarins, para a clarinada, que anuncia a chegada na noiva.

Pensando aqui nesses sons todos vou confessar: não é nada mau ser “obrigada” a escolher somente músicas sacras para a cerimônia! Essas músicas fazem parte desses rituais há tampo tempo que sempre irão nos deixar com aquela sensação de borboleta no estômago, não é mesmo?

 

Uniarte