Saltar para o conteúdo principal
Casamentos

As 10 dúvidas mais frequentes sobre os casamentos na Igreja Católica

O casamento religioso sempre traz muitas dúvidas que nem sempre são fáceis de esclarecer. Se vocês se casam pela Igreja Católica, essa lista de perguntas mais frequentes pode ajudar o noivos a resolverem algumas questões.

Casamento na Igreja Católica

Casamento na Igreja Católica

Se vocês decidiram que querem celebrar o Sacramento do Matrimônio pela Igreja Católica, professando a fé que dividem, saibam que existem alguns trâmites e requisitos fundamentais para poder celebrar a união. Antes de chegar o momento do "sim" o mais importante é organizar a parte burocrática e ter todos os trâmites bem entendidos, para que saia como sempre planejaram, desde a primeira música até o "eu os declaro marido e mulher". Cada religião possui suas próprias regras, então vejam o que é preciso para casar pela Igreja Católica, e tirem algumas das dúvidas frequentes dos noivos.

1. Casamento com ou sem missa?

Muitos não sabem, mas não é necessário fazer uma missa para receber o sacramento do casamento católico. A celebração da missa representa algo mais solene e a grande diferença é que nela também haverá o momento da eucaristia, de grande importância para os praticantes. Se vocês são noivos tradicionais, querem seguir todos os protocolos nos mínimos detalhes, talvez a missa seja elemento indispensável para vocês. Mas para os noivos que buscam apenas algumas palavras de padres e celebrantes religiosos, podem pular essa etapa.

Casamento na Igreja Católica

2. Posso fazer o casamento católico fora da igreja, no campo ou na minha casa?

Se o sonho de vocês sempre foi uma decoração com ares rústicos em uma cerimônia ao ar livre, é importante saber que a Igreja Católica não permite esse tipo de celebração. As proibições são explícitas, salvo por força maior. A razão é que esse culto tem a tradição de que os sacramentos sejam celebrados nos templos, reforçando o espírito da religião. Nestes casos, a maioria dos noivos optam pela cerimônia na igreja e a festa realizada em outro local, e sempre é possível conversar com o pároco da igreja para saber quais procedimentos pode ou não fazer.

3. Para casar pela Igreja Católica precisa ser batizado?

Se um dos dois é católico, este deve ser batizado. Mas quando um dos noivos é de outra religião, este não está obrigado ao batismo para que possam realizar a união pela igreja católica, neste caso é necessária uma autorização especial para casamentos “mistos” ou de “diferentes cultos”.

Casamento na Igreja Católica

4. O que acontece se não fiz a 1ª Comunhão ou a Crisma?

Uma pergunta comum entre os casais é se, para casar pela Igreja Católica, precisa ser crismado e ter feito a 1ª Comunhão. Se um dos noivos nunca comungou, é possível realizar o casamento, mas não será possível ter missa. Mas, se vocês fazem questão da missa e começaram a organizar o casamento com certa antecedência, quem ainda não havia completado a Primeira Comunhão, pode realizar o curso antes do dia do casamento. No caso da Crisma, já não é imprescindível.

5. O que é a informação matrimonial?

É uma primeira reunião dos noivos com o padre, onde duas testemunhas também deverão estar presentes (podem ser ou não os padrinhos e devem conhecer os noivos há mais de dois anos). Serão tratados temas relacionados com o casamento e os requisitos que são necessários.

6. Que documentos são necessários?

Apesar de poder variar de igreja para igreja no geral são: o certificado de batizado de cada um, cópia da identidade e o certificado da comunhão e crisma (caso tenham), além dos documentos de identidade de cada um. No dia do casamento devem apresentar o certificado da realização do curso de noivos.

Casamento na Igreja Católica

7. O curso de noivos é obrigatório?

Sim, é um requisito necessário para receber o sacramento católico e é preciso marcar com antecedência, já que as datas podem ser concorridas. Por isso, antes de começarem a fazer a lista de múconvidados, o melhor é confirmar na igreja com bastante antecedência quais as datas disponíveis para o curso.

8. Podemos fazer o curso em uma igreja e casar em outra?

Sim, é possível, o importante é apresentar o certificado do curso na igreja onde se casam. Se já estavam com todos os itens preparados, não precisam se desesperar se não houver data na sua igreja para o curso de noivos, podem buscar em outras igrejas as datas compatíveis.

9. Qual é o preço para se casar em uma igreja?

Os preços variam muito entre uma igreja e outra. Também dependerá de onde esteja localizada, se é “concorrida” e outros fatores, já que as taxas e os serviços variam, por exemplo as taxas de limpeza, de auxílio na decoração, etc. Por isso, os noivos devem fazer cotações também dos valores das igrejas para que a cerimônia caiba no bolso e não saia do orçamento inicial estipulado e, claro, sem abrir mão da cerimônia católica que sempre sonharam.

10. É possível realizar o casamento se um dos noivos não é católico?

Sim, é possível, mas são necessárias autorizações especiais, com distintas normas dependendo da religião do outro par. Mas claro, se ele está de acordo com esse tipo de cerimônia, terá que cumprir com os requisitos, como o curso de noivos para que oficializem a união por essa religião.

Casamento na Igreja Católica

Além dessas perguntas, antes de enviar os convites, é importante ter consciência de que existem uma série de procedimentos e requisitos para que o casamento na Igreja Católica se concretize, que vocês devem estar preparados com alguma antecedência para facilitar todo o processo do casamento e a vida do casal durante a organização do grande dia. Sim, existem muitos momentos emocionantes no casamento na igreja, mas nada será tão significativo para os noivos católicos do que a bênção proferida pelo padre, seguida por um beijo para celebrar o "oficialmente casados"!.