Muitos noivos por aqui estão envolvidos em alguma prática religiosa. Sei também que muitos de nós, brasileiros, crescemos com algum hábito relacionado à religião: ir à missa, fazer a primeira comunhão, crisma... Assim, desde pequenos estamos envolvidos com a comunidade que nos cerca e conhecemos todos ao nosso redor.

Os sacerdotes, como padres, pastores, diáconos e outros são cabeças desses grupos. São eles que estão ali celebrando todos os acontecimentos comunitários. Por isso, nada mais natural que você queira convidar um deles em especial para celebrar a união de vocês dois.

 

 

Não por regras nem convenções de etiqueta, acho que nunca li nada relacionado a “como convidar o padre para celebrar seu casamento”, mas vale fazer um convite formal ao celebrante de seu casamento. Seja para reservar a paróquia que vocês já frequentam ou para convidá-lo para dar uma benção em outro local, ele pode, e deve, ser convidado de maneira mais séria.

Sabe todas as ideias de como convidar padrinhos, pajens e damas? Acho que se aplica aqui, também. Faça um mimo, um presentinho, um convite mais elaborado e vá até ele (ou ela!) e peça para que seja o pastor, padre, sacerdotista, celebrante no dia mais importante da sua vida. Se é uma pessoa que lhe acompanhou por vários anos, ainda mais especial, peça para que faça algo personalizado, que fuja um pouco do roteiro.

Cerimônias lideradas por alguém que conhece os noivos e tem certa “intimidade” com a comunidade tendem a ser mais interessantes, envolventes e divertidas. Não é uma leitura de roteiro que todos esperam para acabar. Que tal investir nesta ideia?

 

Dorival Pires Cerimonial