No momento em que os casais saem da cerimônia, uma das tradições mais belas e simples é a chuva de arroz que cobre os protagonistas. Mas há mais detalhes nesse ritual, como, por exemplo... o clássico cone onde o arroz é colocado! Além de um custo baixo, esse acessório vem ganhando modelos diferentes e personalizados, e materiais mais originais e sustentáveis, que podem combinar com a decoração do casamento e deixar tudo ainda mais charmoso. 

O que antes guardava arroz para jogar nos noivos, agora é usado para diversas surpresas, e os casais podem aproveitar e se divertir muito produzindo esses detalhes úteis e delicados para o grande dia, com um toque DIY (Do It Yourself, faça você mesmo). Confiram!

Estampas e materiais

O mercado de papelaria está sempre se inovando, com as mais variadas estampas de papel. Flores, poá, listras que podem ser misturadas, como por exemplo, listrinhas de fora e poá por dentro.

Para harmonizar mais com o conceito do enlace, vocês podem usar o mesmo papel do convite de casamento com as iniciais do casal. O tipo muito usado na produção dos cones é o papel que imita renda ou ainda o papel reciclado, e também feltro. Páginas de livros e partituras de música demonstram o gosto pela arte e literatura do novo casal.

Agora, se quiserem dar uma finalidade ecológica ao papel usado para fazer o cone, podem optar folhas de bananeira ou milho, ou papel semente, no qual sementes de flores ou hortaliças são implantadas no próprio papel, que pode ser plantado em até um ano. Cada convidado pode levar para casa e ter essa experiência.

Novos modelos

Além do tradicional formato de cone, que é redondo e aberto de um lado e pontudo fechado do outro, há modelos que a boca fica retangular fazendo com que o cone tenha quatro lados e ainda uma tampa, o que possibilita que o conteúdo fique protegido e cause surpresa ao abrir. Já o formato de cone geralmente fica com uma ponta sobrando que pode servir como tampa também. Aí é só colocar uma etiqueta agradecendo a presença ou um enfeite para deixar o objeto mais especial e exclusivo.

Há opções com alça também, é só recortar uma tira de papel e grudar as pontas dos lados da abertura do cone. Amarrar uma fita em volta do acessório fazendo um laço ou até colocar papel de seda amarrado com a fita dentro do cone. E que tal colocar um cone pequeno dentro de um copinho de vidro para que fique em pé, e deixar em cada prato do convidado ou fazendo parte da decoração da mesa de casamento? É só soltar a criatividade!

Dream Image - Foto e Filme
Dream Image - Foto e Filme

O que guardar no cone

Chegou a hora das surpresas! O conteúdo do cone é a parte principal e o arroz que é jogado nos noivos ao final da cerimônia já faz parte da tradição, mas pode ser incrementado escolhendo arroz colorido. E se não quiserem arroz, não tem problema, confetes feitos de folha de árvore é uma opção. É só usar o perfurador de papel para fazer as bolinhas e ainda permanecer com a ideia ecológica. O formato de coração também pode ser escolhido, bem como as pétalas de rosas.

Se a ideia é usar o cone para armazenar comida e servir aos convidados para consumirem no local ou como lembrancinhas de casamento diferentes, temos algumas sugestões, como: amendoim, castanha, amêndoa, pipoca gourmet (de caramelo, chocolate, entre outros sabores), torrões de açúcar para colocar no chá ou café em formato de flor e coração, além de batata frita e jujubas para crianças.

Onde colocar

Se os cones vão servir para os convidados jogarem o conteúdo nos noivos, uma ideia prática e charmosa é amarrar os cones nas cadeiras. Assim, cada um pega o seu e facilita esse momento. Os cones como lembrancinha podem ser oferecidos pelo cerimonial em uma bandeja ou colocados em uma caixa de madeira, mala antiga ou baú, caso contem com uma charmosa decoração de casamento rústica. Mesinha de apoio também é uma opção.

O cone é um verdadeiro clássico e, com o tempo, essa tradição foi de reinvetando! Podem usá-lo na saída dos noivos, com arroz, pétalas ou até como uma lembrancinha de casamento. E independentemente da funcionalidade como lembrança, usando esse elemento o que importa é que ficam em evidência a atenção e o carinho em cada detalhe do dia C.