Amora Photo e Film
Amora Photo e Film

O mundo mudou com a pandemia e, com ele, o ideal de convidado perfeito. Se antes era considerado um bom convidado de casamento o que ia com o traje apropriado, não atrasava e nem dava vexame com a bebida, agora é preciso um pouco mais para ganhar tal “selo de qualidade”! Reforçar os hábitos de higiene, usar a máscara e não forçar contato físico viraram requisitos obrigatórios para quem não quer ser lembrado pelos motivos errados.

O casal e demais chamados para a celebração agradecem. Afinal, o bom convidado de casamento é aquele que sabe seguir as recomendações e faz tudo para que a celebração seja inesquecível para os amigos que dizem "sim".  

Acrônico Fotografia
Acrônico Fotografia

Use a máscara

O uso da máscara não é opcional. Ponto. A segurança de todos os presentes é a prioridade, e a máscara é a indumentária que protege tanto quem a usa quanto os demais. E quando falamos disso, estamos falando na correta aplicação da peça. Boca e nariz devem estar totalmente cobertos, exceto nos momentos enquanto se come ou bebe. Pense na máscara como uma lingerie para proteger as vias respiratórias: você não andaria com cueca ou calcinha cobrindo apenas metade do que deve, deixando algo à mostra. Apenas use a máscara, sem desculpas para deixá-la pendurada na orelha ou segurando o queixo. 

  • Escolha uma máscara que proteja 

Um suéter de crochê feito com amor e carinho por alguém da família é fofo, mas decididamente uma máscara desse tipo de material não é. Nada de se achar protegido por algo feito de tricô ou coisa do gênero. Lenço também não cumpre bem esse papel, por mais fashion que possa parecer a ideia. Também não queira lançar a moda do guardanapo de pano no rosto. A Organização Mundial de Saúde (OMS) já lançou vários manuais sobre os modelos recomendados e seguros, e como bom convidado, esses são os modelos que deve utilizar. A tendência da vez é seguir as regras sanitárias, incluindo respeitar o tempo de uso até a troca por uma nova máscara.    

Acrônico Fotografia
Acrônico Fotografia

Mantenha a distância 

A máscara reduz a possibilidade de contágio, mas não elimina. Além disso, em algum momento todos estarão sem a proteção para que possam se alimentar. Respeite a distância mínima de um metro e meio enquanto usa a máscara em ambientes arejados, e muito mais do que isso quando estiver comendo na presença de outras pessoas. Aja como quando não quer dividir a sua comida com mais ninguém, escondendo a delícia que saboreia, e ficará tudo bem.  

Não compartilhe objetos

Nada de provar algo do prato de outras pessoas, oferecer o copo em que bebe ou compartilhar talheres. Essas são recomendações básicas que valem para todos os convidados, inclusive os que são da mesma bolha familiar. E os fumantes devem ter seus próprios cigarros e isqueiros.  

Não force abraços 

Deixe para demonstrar seu afeto de outras maneiras, através de presentes e declarações à distância, por exemplo. A sua presença nesse momento já é por si só uma baita prova de amor. Não é a hora apropriada para abraços e nem beijos por uma questão de bem-estar geral. Se uma pessoa forçar o contato físico, será motivo para todos os demais quererem também. Imagine o quão desconfortável será para o casal negar ou embarreirar o seu ato de carinho. Não queremos que ninguém fique emotivo pelas razões erradas, não é mesmo? 

Jaíne Néris Fotografia
Jaíne Néris Fotografia

Respeito o medo alheio

Sabemos que o vírus manifesta reações diferentes em cada organismo, possuindo determinados grupos etários e/ou com comorbidades que apresentam maior disposição em manifestar a doença em sua forma grave. Além deles, outras pessoas têm ou tiveram casos na família que inspiram um maior zelo. Respeitar o temor e os cuidados dessas pessoas é fundamental. Por isso, apenas mantenha a distância e não tente impor nada.

Lave as mãos 

Higiene é fundamental, até porque é natural que encostemos as mãos em superfícies, objetos, roupas e no próprio rosto com frequência. Para não ficar levando vírus de lá para cá, visite o banheiro para lavar as mãos com água e sabão, higienizando bem cada um dos dedos, entre eles, as palmas e as unhas. Uma mão bem lavada leva 20 segundos sendo bem ensaboada.    

Use álcool em gel

Para não ficar toda hora indo até o lavabo, carregue consigo o seu álcool 70% em gel e use frequentemente nas mãos. Esse produto tem eficácia comprovada, e irá auxiliar perfeitamente com os cuidados higiênicos no dia.

Iluminar Fotografia Profissional
Iluminar Fotografia Profissional

Educação e higiene

Caso precise soar o nariz, faça no papel, descarte-o corretamente (lixo ou vaso sanitário) e depois lave bem as mãos. Ninguém quer pagar para ver se você está apenas com rinite ou sinusite.  

Acolha todos os cuidados

Independentemente de possíveis discordâncias da sua parte, as regras sanitárias estão aí para serem obedecidas. Demonstre sua consideração com o casal fazendo aquilo que pediram que fizesse no casamento deles: se cuidar e cuidar dos demais. Isso irá demonstrar toda a sua grandeza e carinho com os envolvidos.

Amora Photo e Film
Amora Photo e Film

Aceite a medição de temperatura

É recomendável que os convidados tenham sua temperatura medida com termômetros digitais com a aferição sendo realizada na testa. Isso deve ser feito na entrada da recepção e periodicamente durante a festa para verificar um possível quadro febril. Embora tenha circulado muito a fake news de que tal aparelho seria capaz de afetar a glândula pineal, isso é mentira. Aferir a temperatura a partir do pulso não possui nenhuma efetividade. 

Não menospreze sintomas 

Por último, mas não menos importante: se tiver algum sintoma compatível com Covid, avise imediatamente o casal. O mais indicado é não ir presencialmente ao evento e combinar a participação online. Isso vale tanto para os dias anteriores à cerimônia quanto para a própria data. Caso venha a apresentar sintoma durante o casamento, vá embora e os deixe avisados. Não os force a barrá-lo ou pedir para que se retire: apenas vá e os informe-os.

Eles entenderão a sua ausência e serão gratos pela sua iniciativa precavida. E não deixe de passar atualizações nos dias seguintes. Da mesma forma, quadro suspeito de Covid surgido no pós-casamento deve ser comunicado ao par para que os demais sejam avisados e venham a ser monitorados. Em qualquer uma dessas possibilidades, é recomendado a realização do exame e do isolamento social.

Amora Photo e Film
Amora Photo e Film

Trocando em miúdos, para ser um bom convidado no casamento, basta seguir as recomendações sanitárias. Não é preciso alarde, apenas respeito às regras de convivência. Com afeto, cuidado e empatia, é possível garantir a segurança de todos para que as memórias do enlace sejam as melhores possíveis, para os anfitriões e para os (bons) convidados.