Najara Bertoldo Fotografia
Najara Bertoldo Fotografia

Organizar os mínimos detalhes de um enlace não é tarefa simples, mas pode (e deve!) ser muito prazerosa. Um pormenor que precisa levar em consideração é onde colocar o ramo antes de ser jogado para as amigas solteiras ou fazer parte de alguma brincadeira, ou até mesmo se quiser guardá-lo como recordação. O buquê é um dos símbolos mais tradicionais dos casamentos que envolvem mulheres, tem vários formatos, pode ser composto por flores e/ou objetos, e está sempre presente de alguma forma na celebração. Por isso mesmo, há alternativas para que o acessório seja mantido intacto da melhor maneira durante a festa. Confira as sugestões.

Jamile Hennemann Assessoria e Cerimonial
Jamile Hennemann Assessoria e Cerimonial

Decorar a mesa dos doces

Você pode combinar com o florista detalhes sobre o vaso que receberá o buquê depois da cerimônia, já que o ramalhete pode ser reutilizado para incrementar a mesa principal do bolo e dos doces. Além do vaso livre para essa finalidade e que orna com a decoração geral, veja quem será o responsável por pegar o buquê e colocar nesse vaso específico. Os buquês das daminhas também podem ser incluídos nessa mesa de destaque ou nas mesas dos pais das crianças para depois elas levarem para casa como lembrancinha do casamento. 

Casa de Campo Espaço de Eventos
Casa de Campo Espaço de Eventos

Decorar a mesa dos protagonistas do dia

Outra ideia é deixar o buquê fazer parte do décor da mesa do casal e família na recepção, durante as refeições. É comum ter aquelas plaquinhas sinalizando os assentos do par. Então, deixe um vaso lindo para receber o seu buquê na frente de vocês. Se forem flores frescas, o vaso tem que ter água e se for um hoop buquê (em formato de guirlanda), prepare um local na parede para pendurá-lo. Com certeza, o ramo transmitirá um charme a mais na decoração do grande dia.

Karin Hexsel Eventos
Karin Hexsel Eventos

A caixa transparente

Além de arremessar o buquê, conforme a tradição mais clássica, outras formas foram criadas para deixar esse momento igualmente divertido e interessante. Uma delas é a ideia do buquê trancado. A brincadeira consiste em colocá-lo dentro de uma caixa transparente e trancar com um cadeado. A chave é misturada com várias chaves falsas. As amigas que querem se casar e participar do jogo escolhem uma chave para tentar abrir o cadeado e resgatar o buquê. Quem pegar a chave certa pode ser a próxima a se casar.

Lembrando que essa caixa pode ser colocada ao lado de alguma mesa, do palco ou da pista de dança, e acaba sendo uma peça da decoração que chama a atenção, já que estárá lá até a hora da brincadeira.

Chácara Castelo dos Sonhos
Chácara Castelo dos Sonhos

Manter em um local seguro

Se o buquê é do tipo cascata ou muito grande para enfeitar uma mesa, ou simplesmente porque não deseja jogar o seu buquê, considere combinar com o cerimonial para guardá-lo em um local da recepção, como o seu camarim, por exemplo. Depois da festa, é só pegá-lo de volta. Se o ramo não for composto por flores permanentes ou preservadas, uma sugestão para prolongar a duração é secar as flores e folhas e deixar como decoração em casa.   

Dani Garbiatti Fotografia
Dani Garbiatti Fotografia

Muitas noivas preferem não jogar o próprio buquê e, em vez disso, encomendam um outro buquê ou jogam bichinhos de pelúcia ou artesanatos no formato de pequenos "Santo Antônio", que entram na brincadeira com o mesmo propósito!

Dream Image - Foto e Filme
Dream Image - Foto e Filme

Se tiverem mais alguma ideia, compartilhe conosco e com as noivas que estão na comunidade do portal. Lembre-se de que o buquê é geralmente um item caro do orçamento nupcial e deve ser tratado com carinho, não só pelo custo, mas também pelo simbolismo de boa sorte que as flores trazem para o dia C.