Minha avó já dizia: dentes bonitos é sinal de saúde! E hoje em dia existem muitas técnicas para deixar a boca ainda mais bonita, saudável e conseguir um sorriso perfeito. O branqueamento dental é uma delas. Alguns alimentos e bebidas como o chá, o café, os refrigerantes e principalmente o cigarro, amarelam nossos dentes com o tempo e quando se aproximam datas importantes como o casamento, temos mais uma preocupação para resolver.


Essas são algumas sugestões para ter em mente se estão pensando em fazer um branqueamento dental:

 

  • É recomendado que seja feito por um profissional. Com certeza você conhece algum conhecido que já fez e que pode recomendar ou simplesmente peça indicação ao seu odontologista de confiança.
  • Alguns produtos farmacêuticos podem ser utilizados em casa. Ainda que sejam mais econômicos, existe a possibilidade de que os resultados não sejam tão imediatos nem os esperados, ou de que exista algum efeito secundário.
  • Existe um tipo de branqueamento para cada pessoa, cada dentadura e de acordo com o tipo da saliva. O seu odontologista indicará o mais adequado para o seu caso e só terá que escolher o que mais se adapte ao resultado que deseje. 
  • O melhor em qualquer tratamento, inclusive esse, é que seja realizado mais ou menos 3-4 meses antes do casamento. Nunca se sabe o nosso nível de sensibilidade principalmente perto de um acontecimento importante, reações alérgicas que sempre podem ocorrer ou até mesmo os cuidados necessários depois do tratamento até receber alta.

 

Lembre-se que o branqueamento dental não é permanente e mesmo durando muitos anos, é necessário uma manutenção periódica. Em qualquer caso, sempre fale com o seu dentista.

 

Studio A3 Fotografias