Antigamente as mulheres não tinham escolha. Obrigatoriamente, tinham que mudar seu nome, incluindo o sobrenome do noivo. Mas isso é passado, e ainda que não seja dos direitos mais importantes conquistados pelas mulheres, hoje a mudança do nome é algo opcional tanto para o homem como para a mulher. Muitas vezes os noivos se preocupam mais com a festa, decoração de casamento e com a escolha ideal do look e do vestido de noiva, e acabam se esquecendo dos temas práticos e burocráticos. Mas ainda que você opte por uma cerimônia original, cheia de simbolismo, para que o casamento seja válido, ele precisa estar de acordo com o que a lei diz. E se estava em dúvida, não só pelos modelos de lembrancinha de casamento, como também em adotar o sobrenome do seu parceiro, te ajudamos hoje com essa questão burocrática.

Significado

A origem e significado dessa tradição é a apresentação de noiva (ou noivo) à sociedade como parte da família que leva aquele sobrenome. Também levava o significado, antigamente, de que a noiva deixava de estar sob o status da família do pai, e que inicia sua família com o noivo, ambos com o mesmo sobrenome.

Hoje em dia, assim como as tendências de decoração de casamento 2017 que se reinventam, os motivos e significados de mudança do nome também são diferentes, sendo um ato de carinho e de demonstração de união entre o casal. Muitos decidem não alterar o nome, seja por manter sua individualidade, por questão de trabalho e reconhecimento no mercado ou simplesmente para evitar transtornos e burocracias, já que com a mudança é necessário atualizar documentos. A escolha entre aderir um novo nome ou não é toda sua, da mesma forma como optou pelo modelo de convite de casamento que mais te agradou, deve optar se levará agora o sobrenome do seu par em seus documentos.

Estúdio Casarte

Lei

No Brasil, a lei não obriga nem o homem nem a mulher a adicionar, modificar ou manter nomes com o casamento: a decisão fica inteiramente à critério dos dois. Depois de proferirem as frases curtas de amor no momento dos votos, e já tiverem decidido que irão aderir aos sobrenomes, será o momento de assinar a ata e a mudança será feita em cartório. Cada estado possui um procedimento específico para a mudança e taxas diferenciadas. É preciso ligar no cartório onde oficializará o casamento para saber quais as especificações do processo. O momento da mudança do nome é no casamento civil, em cartório. Para os noivos que querem fazer o procedimento após oficializado o casamento, é necessária ação de retificação de assento civil.

Alteração de documentos

Se você decidiu incluir o sobrenome do noivo(a), os documentos que devem ser atualizados são o RG, CPF, CNH, passaporte e título eleitoral. Não é necessário que todos sejam refeitos de uma vez, mas isso economizará tempo. Vistos com validade também exigem a atualização do nome de casado, quando este mude, já que o nome do passaporte e do visto devem ser o mesmo para que seja válido. Se este é um grande sonho, todo esse trabalho irá valer a pena, da mesma forma como se sentiu satisfeita quando encontrou o modelo de vestido de noiva ideal, depois de muita procura.

Fabiano Patricio Fotografias

Já que esse detalhe depende da vontade de cada noivo, a adoção do sobrenome do parceiro acaba sendo um detalhe e demonstração de carinho que um ou outro faz. Não perca a cabeça com esse pequeno afazer e guarde sua energia para terminar a lista de convidados, enviar os convites de casamento e esperar o grande dia para calçar o tão esperado sapato de noiva.