Instaviagem

Se pensavam que teriam que abrir mão da lua de mel para fazer a decoração da festa do casamento incrível que sempre imaginaram , saibam que com muita pesquisa é possível encontrar promoções que caibam no bolso e formas de economizar na viagem sem ter que recorrer a cortes ou ao aluguel do vestido de noiva. O maior aliado que terão nessa fase é um planejamento rigoroso para que todos os desejos se tornem realidade.

Por mais que estejam com vários gastos entre a cerimônia e casa nova, vale reservar uma quantia para poderem curtir e relaxar depois de meses de tarefas e procura pelos itens mais charmosos. Portanto, antes de encomendarem o bolo do casamento, o hotel já deve estar com a reserva confirmada.

Hora da Viagem

1. Elaboração adequada

A primeira providência para a viagem sair do papel e tornar-se realidade é colocá-la junto com os outros itens da planilha do orçamento. É um erro deixar para programar um roteiro quando começarem a distribuir os convites de casamento criativos. Ainda que estejam com o orçamento apertado, é possível realizar uma viagem de lua de mel que atenda às necessidades do momento.

2. Destino nos meses adequados

A estação que vão se casar pode ajudá-los a definir um roteiro mais econômico e conseguir descontos que em outras épocas não seria possível. Se vão subir no altar no verão, por exemplo, escolher uma cidade na montanha, que é menos procurada nos meses quentes, ajudará a trazer vantagens com o hotel e alimentação.

Flytour Novo Hamburgo

3. Ajuda profissional

Por mais que pela internet consigam pesquisar várias alternativas, procurar o serviço de uma agência de viagens é fundamental, sempre potencializa boas dicas e melhores condições. Além de sugestões de roteiros que nem haviam considerado, ainda possuem convênios que acarretam boas oportunidades. Muitas vezes, por falta de conhecimento, os casais perdem uma oportunidade de conhecer um lugar tão especial que tenha tudo o que procuram.

4. Passagens

Confiram as milhagens, elas fazem milagres, mas não deixem para fazer isso quando a última prova do vestido de noiva sereia for feita. Em baixa temporada o número de milhagens necessárias é sempre menor do que em alta. Em alguns dias de semana algumas companhias possuem voos muito mais econômicos. Consultem outras formas de viajar, trens ou navios, que além de românticos também encontrarão alternativas atrativas.

B. A. Plus Eventos & Travel

5. Hospedagem

Muitos hotéis concedem bons descontos para lua de mel ou até disponibilizam pacotes fechados com refeições incluídas e, em baixa estação podem incluir alguns mimos especiais aos noivos. Muitos recém-casados optam por alugar um apartamento pensando que pode ser vantajoso, mas pensem que é uma viagem especial e vocês merecem ser tratados como príncipes, e não passar a viagem cozinhando ou preocupados com a limpeza do local. Busquem hotéis com vantagens, é a melhor opção.

6. Passeios imprescindíveis

Assim que fecharem o roteiro já definam alguns passeios que fazem questão de fazer e, principalmente, consultem os preços antecipadamente para não serem pegos de surpresa. Seja um museu ou uma casa noturna que toque algumas das músicas da festa do casamento, chequem antes os valores da consumação e preços do cardápio. Algumas atrações turísticas costumam oferecer entradas gratuitas uma ou duas vezes ao mês.

Soneto Turismo

7. Bagagem na medida

Tudo bem que vocês queiram levar seu equipamento fotográfico e a máscara de mergulho, e até alguns modelos de vestidos de festa na mala, mas devem maneirar no volume. Em alguns voos econômicos as regras de bagagem estão mais restritas, portanto informem-se assim que comprarem a passagem. Vai ajudar também na hora de se locomoverem com transportes públicos, a pé ou de táxi.

8. Documentação

Verifiquem se é obrigatório tirar um visto, se os passaportes estão em dia, se é necessário tomarem alguma vacina. Alguns países exigem, ainda que façam apenas escala. Lembrem-se de não deixar a parte burocrática para a última hora, uma vez que estarão resolvendo os itens pendentes da organização da cerimônia e, além disso, muitos trâmites são caros, então é melhor não deixar esses gastos para o final.

Hora da Viagem

9. Alimentação

Uma viagem sempre exige uma certa programação com os gastos com refeições e passeios, e com a lua de mel esse planejamento deve ser feito com ainda mais atenção, depois de tantos gastos com a festa. Pesquisem restaurantes e lugares baratos por onde vão estar e saibam quais locais apresentam o melhor custo benefício e que podem oferecer opções gastronômicas com a essência dos locais. Definam, entre os dois, um gasto diário, e tentem não ultrapassá-lo, isso ajudará muito a não sair do planejado.

10. Lista de Cotas

Funciona como uma lista de presentes, cada convidado paga uma cota da viagem ou pacote. Caso façam o pacote por uma agência, a lista é feita por eles. Se optarem por programar sozinhos, podem fazer um site e colocá-la online, onde aparecerá o valor de cada cota, e os amigos e familiares podem ajudar de acordo com as suas possibilidades.

Sanchat Tour

Como diz o velho ditado: “quem casa quer casa”. Mas, também quer festa, quer um vestido de noiva dos sonhos e quer a viagem de lua de mel, sim! Por mais que seja apenas uma semana, numa cidade pequena no interior, só o fato de estarem juntos curtindo os primeiros dias de casados valerá muito a pena tanto planejamento. Depois será só namorar, passear e esquecer assuntos relacionados às flores do casamento ou a paleta de cores que melhor combina com o estilo de cerimônia.