São muitos os costumes que cercam as cerimônias de matrimônio. Muitos deles são mantidos pela magia que envolvem o dia, em sinal de boa sorte aos noivos, a começar pelo noivo não poder ver sua amada pronta com seu vestido de noiva princesa antes de chegar à igreja, que se mantém até hoje. Jogar o buquê de flores às solteiras presentes para que também encontrem o amor verdadeiro é outra tradição muito comum, ou ainda, uma bem inusitada: amarrar latinhas no carro dos recém-casados. 

Reza a lenda que quando se fazia barulho, ao sair de um evento simbólico ou comemoração, os maus espíritos eram espantados. No caso da cerimônia de casamento, evitava-se que os noivos fossem atingidos por essas “energias malignas”. Por isso, se desejam conhecer mais sobre esse costume e como podem caracterizar as latinhas à decoração do casamento simples e elegante que estão planejando, inspirem-se com nossas dicas.

Para trazer proteção

Antigamente, acreditava-se que, por inveja, os espíritos malignos espreitavam os recém-casados ​​com a intenção de feri-los. Então, além do véu e do buquê de noiva branco, outras formas de afastar as más energias eram usadas. Uma maneira "eficaz" para remover esses espíritos era fazer tanto barulho quanto possível e, portanto, o carro e a caravana dos cônjuges, usavam utensílios de metal, que faziam um ruído quando batiam no chão.

O costume permaneceu até hoje, mas cada vez mais foi foi incrementado para que a partida do casal, após a cerimônia, fosse mais autêntica. Latas vazias são amarradas na traseira do carro dos recém-casados, fazendo ruído durante o percurso da igreja até o salão, e alguns preferem usá-las apenas para a saída da festa, na despedida dos convidados como marido e mulher.

Keith Imamura Fotografia
Keith Imamura Fotografia

Renovando a tradição

A tradição foi se renovando para fazer da despedida e do percurso dos noivos algo bem inusitado e marcante. Essa forma chamativa demonstra que os noivos estão passando, além de uma música para entrada do casamento, o som das latinhas chama a atenção de todos por onde o carro dos noivos passar.

Em muitas situaçõesos convidados fazem uma carreata seguindo o carro em que estão as latinhas, tocando buzinas e, em alguns casos, amarrando também algumas latas para  trazer um toque inusitado e alegrar a saída dos recém-casados.

Personalidade às suas latinhas

Hoje, as latinhas são estilizadas com cores e imagens divertidas e, ainda, o carro ganha mensagens de energia e boas vibrações aos noivos. Podem pintá-las, usar fitas ou cordões nas mesmas cores que as escolhidas para a decoração da festa do casamento, trazendo mais charme ao detalhe.

Há casais que desejam dar um toque mais sofisticado e revestem suas latinhas com pinturas exóticas, outros preferem ornamentar o veículo com desenhos de corações, o nome dos noivos ou colocar as mesmas flores do casamento amarradas junto às latinhas para deixar o carro totalmente caracterizado.

Sonata Audiovisual
Sonata Audiovisual

Se já tinham interesse em pendurar as latinhas, mas não conheciam a fundo a origem da tradição para definir se realmente é uma boa ideia aderir ao costume, não tenham dúvidas: a brincadeira é muito divertida.

O automóvel que irá levá-los poderá ser mais incrementado com algumas frases curtas de amor escritas a giz na lataria, só não deixe as latinhas por muito tempo e nem muito distantes do carro para não causar nenhum problema aos outros veículos. Afinal, não desejam que nada atrapalhe o percurso, então ao chegar no espaço podem manter a alegria e dançar as músicas da festa do casamento com a animação necessária.