Claudio Costa Fotografias
Claudio Costa Fotografias

O casamento é um dos momentos mais especiais da vida do casal e se deve levar em conta o próprio estilo para que a personalidade esteja expressa naquelas horas. Não adianta escolher um traje e se sentir desconfortável, estranho, só porque combina com a decoração do casamento.

Recomendamos que tudo esteja em harmonia, mas o noivo precisa se sentir bem, em primeiro lugar. Antes das dicas de ouro, temos uma mais valiosa ainda: converse com o seu par, mesmo que o ideal seja não saber o que o outro vestirá (para os mais tradicionais!), isso ajudará a saber se o seu look está de acordo com o vestido de noiva ou com o outro traje.

Neemias Amaral
Neemias Amaral

1. Buscar um profissional com antecedência

Leve em consideração que o traje masculino é composto por três ou mais peças de roupa e isso despende de tempo de confecção se você for comprar um conjunto sob medida. Para você ter uma ideia, as mulheres precisam escolher o modelo do vestido de noiva no mínimo seis meses antes do grande dia, sendo que, geralmente, é apenas uma peça. Então comece a procurar a loja ou alfaiate pensando nesse mesmo prazo. Se for alugar o traje, esse tempo será reduzido, mas, de todo jeito muitas provas devem ser feitas para ajustes, como por exemplo:

  • O paletó tem que ter o tamanho certo do noivo, observando a costura nos ombros;
  • O último botão do paletó deve ficar aberto;
  • O colarinho da camisa deve ter um dedo de folga do pescoço no máximo;
  • A manga da camisa pode aparecer em torno de um centímetro por debaixo do paletó;
  • A barra da calça fica um dedo acima do salto do sapato, exceto em casamentos na praia, em que o noivo pode dobrar a barra da calça por conta da areia e do mar

Mídiafocus
Mídiafocus

2. Considerar o clima e o ambiente do casamento

Como tudo o que envolve o enlace, a indumentária precisa seguir o estilo e a proposta do dia C. Claro que depende do seu gosto e conforto, mas alguns trajes ficam melhores em determinados tipos de casamento. Vejamos.

  • Na cidade

A tendência é o terno azul marinho ou tons um pouco mais abertos de azul e o verde escuro. A cerimônia pode ocorrer na igreja e a recepção em uma casa de festas ou o estilo urban-chic de celebrar em um lugar só.

  • Clássico

Se o dress code do evento é black-tie, o smoking é a opção. O fraque e o meio-fraque também combinam com a decoração do casamento elegante e simples em grandes salões à noite. Destaque para as gravatas de cores clássicas, como prata, cinza ou pérola.

  • Na praia

Este é o estilo que deixa o noivo mais à vontade porque o paletó não é obrigatório, mas pode ser usado se preferir um look completo com três peças, sem gravata. A questão fica com os tecidos leves, como linho ou algodão e a escolha de cores claras.  

  • No campo

Ternos com tons de cinza com a gravata azul ou rosa. Mas o estilo abre um leque de possibilidades e agrada todos os gostos, portanto, ternos azuis e rosas combinam bem com o clima campestre (acompanhados por uma gravata borboleta), principalmente se tudo ocorrer de dia, com a decoração de casamento rústico.

Dream Image - Foto e Filme
Dream Image - Foto e Filme

3. Qual é o seu estilo?

Depois de você ter em mente o que combina com o estilo do seu casamento, é importante se reconhecer e se sentir confortável com o traje. Por isso que a ida até o ateliê, conversar com o especialista e fazer as provas são essenciais para a tomada de decisão. Ali, em frente ao espelho, você vai se ver vestido de noivo e precisa se identificar como tal.

  • O clássico é o terno e fica bem com qualquer tipo físico. Todos os homens ficam muito elegantes com esse traje
  • O conjunto é composto por: paletó, camisa, calça e colete. Esse último item não é obrigatório, mas muitos homens gostam de vesti-lo para completar o look (os padrinhos podem abrir mão dos coletes e irem de suspensórios, por exemplo, o que é uma ideia para diferenciá-los)
  • O smoking é considerado para eventos luxuosos e não é recomendado se a cerimônia acontecerá na igreja
  • O traje consiste em blazer, calça, camisa, gravata borboleta e faixa na altura do cinto
  • Já o fraque fica melhor em noivos altos e magros porque o paletó tem uma cauda maior que pode deixar o corpo achatado visualmente. Se optar por esse traje, os padrinhos podem ir de meio-fraque

Johanna Lieskow Fotografia
Johanna Lieskow Fotografia

4. A peça coringa

Se você pensou na camisa branca, acertou! Versátil, combina com todas as cores de terno e gravata, além do fraque, sendo essencial no smoking. Os homens sabem da importância de ter essa peça no guarda-roupa e o noivo pode se sentir aliviado com essa certeza.

Além de compor looks interessantes e elegantes, a camisa branca se adapta a qualquer estilo e ambiente de casamento, dos mais formais aos informais, sem erro. Escolha um tecido nobre, como seda ou algodão egípcio.

Jaíne Néris Fotografia
Jaíne Néris Fotografia

5. Acessórios para completar

Como o traje tem muitas peças, uma bela opção é escolher um relógio que se destaque como acessório complementar. Os sapatos sociais podem ser pretos ou marrons, mas se a ocasião e o seu estilo pedirem, um tênis vai deixar o visual descolado. As abotoaduras e as lapelas menores, de preferência. Já as gravatas, como vimos, podem ser opcionais ou obrigatórias dependendo do traje escolhido e do ambiente e horário do enlace.

Dream Image - Foto e Filme
Dream Image - Foto e Filme

Atualmente, os noivos chamam a atenção tanto quanto o seu par e estão mais ligados ao que é tendência de moda. Eles conseguem saber o que favorece o tipo físico e o seu estilo próprio. São protagonistas com os nomes no convite de casamento e na hora da celebração e de escolher o traje de acordo com a personalidade, cada item vai levar mais sentido ao grande dia.