Meu Abrigo Fotografia
Meu Abrigo Fotografia

Casais e empresas do mundo nupcial foram surpreendidos em 2020 pela COVID-19, em todos os países. Os convites de casamento, em muitos casos, já haviam sido enviados, as decisões sobre a identidade visual do dia, a decoração do casamento estavam tomadas, mas uma pandemia global deve ser encarada com seriedade e informação.

Casamentos.com.br, junto com noivas, noivos e empresas, tem trabalhado para que todos estejam conscientes, mas também para que sigam entusiasmados com o sonho de subir ao altar, que irá chegar. Para que os casais estejam bem informados, preparamos um FAQ (Frequently Asked Questions, "Perguntas feitas frequentemente") sobre a atual situação. São 10 dúvidas comuns de todos aqueles que se encontravam durante o planejamento do seu dia C.  

Meu Abrigo Fotografia
Meu Abrigo Fotografia

  • 1. Em que casos devemos adiar um casamento?

Existem muitas razões pelas quais um casal pode adiar o seu enlace, ainda que já tenham envido seus convites de casamento criativos para os familiares e amigos queridos. Pode ocorrer uma emergência familiar, como a perda de um ente querido, o que pode permear a festa de tristeza, e acabar com a alegria de um dia reservado para celebrar o amor; problemas de saúde tanto do casal quanto de um familiar; dificuldades econômicas (que podem ser superadas se o casal tiver mais tempo); condições meteorológicas, como tempestades, seca extrema ou queimadas; e fatores surpresa, como é o caso de uma pandemia global como a que se vive agora, da COVID-19.

  • 2. No caso da COVID-19 devemos adiar ou cancelar o nosso casamento?

Adiar, sempre. Não pensem em cancelar um dia que planejam com tanta dedicação, o adiamento é a solução possível e realista. Sabe-se que o cenário agora não permite que sejam feitos eventos ou que haja aglomeração, mas isso irá mudar, então reservem uma data para os meses finais de 2020 ou para 2021, e garantam os serviços que irão precisar, entrando em contato com fornecedores do portal. Espaços, fotógrafos, cinegrafistas, buffet, confeiteiros, músicos etc. Os casais podem entrar em contato com esses profissionais por meio de Casamentos.com.br e reservar  seus serviços para uma data futura.

Ainho Alves Fotografia
Ainho Alves Fotografia

  • 3. Como proceder para adiar o casamento?

A primeira coisa a se fazer é conversar entre vocês para que ambos estejam na mesma página sempre. Se o casamento estava marcado para os primeiros meses do ano até junho, é preciso pensar que não poderão ter uma celebração como haviam planejado, já que a recomendação dos órgãos oficiais – a OMS 1 e o Ministério da Saúde 2 – é de evitar todos os tipos de aglomeração, mantendo distância social. Tendo conversado, é hora de avisar todos os fornecedores que já tinham reservado para o enlace, o local da cerimônia e recepção, buffet, fotógrafo, cinegrafistas e todos os demais serviços já contratados, que também estão cientes sobre a atual situação. Consultem as cláusulas de rescisão dos acordos assinados com eles para uma melhor negociação, e tenham paciência e empatia. Lembrem-se de que todos estão juntos, empresas e casais.

  • 4. É possível seguir com os preparativos?

Definitivamente sim! O entusiasmo e os preparativos para o seu dia C podem (e devem) seguir firmes e fortes e, para isso, vocês têm a auxílio constante de Casamentos.com.br.  É possível escolher os modelos das lembrancinhas de casamento no portal, sem sair de sair, entrando em contato com os fornecedores, fazendo cálculos (não esqueçam que temos uma ferramenta especial para o orçamento!), e o mesmo vale as músicas da festa de casamentos e todas as playlists do dia, para analisar o portfólio dos nossos fotógrafos e cinegrafistas. Tudo isso pode seguir sendo feito durante o confinamento, e é até uma forma de utilizarem o tempo de forma produtiva, mantendo a animação. Até o modelo do vestido de noiva e/ou do traje 

Vitor Oliveira Fotografias
Vitor Oliveira Fotografias

  • 5. Teremos que diminuir a nossa lista de convidados?

Agora mesmo igrejas e os cartórios seguem fechados para eventos que possam ter aglomerações de pessoas, o que inclui os casamentos. Muitos cartórios funcionam online ou por plantões, mas sempre mantendo as recomendações de distância social. Gradualmente os eventos vão começar ser permitidos, mas, sim, é preciso entender que algumas adaptações deverão ser feitas para o que chamamos de "nova normalidade", e isso inclui apostar por mini weddings (ou casamentos em locais onde a distância social possa ser respeitada) e até transmissões de casamento, onde os convidados acompanham através de canais virtuais.

  • 6. Quando será possível realizar os casamentos novamente?

A exemplo de outros países, depois do confinamento será possível entrar em um cenário de gradual abertura. Mas não é possível prever um mês ou uma data, já que cada região tem suas particularidades, e podem ter medidas decretadas de forma independente. 

Guilherme Lima Foto e Vídeo
Guilherme Lima Foto e Vídeo

  • 7. Como adaptar o casamento caso seja adiado para uma estação diferente da original?

Os casais que tinham suas datas marcadas para os meses de outono e inverno podem ter suas datas remarcadas para os meses de primavera e verão (2020/2021), e isso significa repensar o menu do buffet (com pratos mais leves) e, em alguns casos, também repensar alguns detalhes do vestido e o estilo dos trajes, dependendo da região. Consulte nosso catálogo e inspire-se para pensar em looks que estejam de acordo e, caso já tivessem encomendado modelos específicos, é sempre possível contar com acessórios para transformar um modelo.

  • 8. Como os casamentos serão celebrados na nova normalidade?

Os casamentos terão mais cuidados profiláticos, para garantir a saúde de todos. Será preciso adaptar os espaços para manter a distanciamento social recomendado, e as medidas também valem para o estilo do buffet e para a festa. Mas não pensem que isso irá tirar a alegria e o brilho das cerimônias. Pelo contrário! A expectativa de voltar a celebrar com a família e os amigos dará um toque a mais de emoção! Com criatividade, tudo poderá ter a mesma magia.

Andre Santos Photo
Andre Santos Photo

  • 9. Deveremos nos casar de máscaras?

A "nova normalidade" trará novidades como as máscaras e mais cuidados com os convidados também, como o álcool em gel. Mas vocês podem transformar tudo isso el algo criativo e até divertido. Já imaginaram um kit de máscaras e álcool como lembrancinha de casamento diferente

  • 10. Poderemos viajar em lua de mel?

Depois dos discursos, seguidos pelo corte do bolo decorado de casamento e os brindes, a celebração vai chegando ao fim, mas é justamente quando vem a parte que o casal mais espera do seu pós-festa: a lua de mel. É preciso que estejam bem atentos porque existem restrições de viagens em alguns países. Se já têm as passagens compradas para as próximas semanas ou meses, consultem as recomendações do Ministérios das Relações Exteriores do Brasil, onde encontrarão medidas específicas para os viajantes brasileiros. Feito isso, é preciso consultar a agência por onde compraram o pacote (caso tenha sido o caso). E necessário que garantam tudo, e por isso também devem consultar as políticas de adiamento da companhia aérea e da hospedagem.

Se a sua viagem seria daqui vários meses, informem-se para não se precipitarem ao tomar uma decisão. Como o cenário está mudando, consultem a agência de viagem e vejam todas as possibilidades de adiamento e ressarcimento. No caso de terem pedido um visto para a viagem, as mesmas autoridades que o expediram podem dar informações sobre os prazos para um possível adiamento diante da situação de cada país. E se a viagem inclui alguma escala com limitações de entrada ou saída, verifiquem também as restrições desse lugar, algo que podem fazer através deste link.

Jorge Oliveira Fotografia
Jorge Oliveira Fotografia

Casamentos.com.br está com vocês em toda essa jornada. Mantenham-se informados e, principalmente, mantenham-se otimistas. Ao final, vocês conseguirão realizar o sonho que começou com uma simples resposta: "eu aceito", e logo estarão escutando a música de casamento que escolheram para a grande entrada. O passo mais importante já foi dado: a decisão de viverem uma vida lado a lado, e depois de passar por uma crise global, tenham a certeza de que nada será um obstáculo para este amor.