A mulherada, por vezes, tem concepções diferentes sobre o que é chique e “para festa”. Então, pinta um casamento e tudo o que a menina consegue pensar é em longo e muito brilho! Decotão, saltão e aquela maquiagem caprichada. Em se tratando de casamentos, nem mesmo eles devem seguir essa linha de raciocínio, certo?

 

 

Ou seja, algumas celebrações menores e diurnas nem sempre combinam com com longos estruturados, a não ser que o casamento seja de algum rei ou rainha! E muitas noivinhas andam pedindo para as próprias madrinhas para que a escolha do vestido seja em tecidos mais leves e modelos curtos. Nem por isso elas vão deixar de ser glamourosas.

 

 

É só conferir esses exemplos da marca Pepe Botella. A sua coleção 2014 contemplou os longos, absolutos, em preto e cores mais sólidas, como o vinho e azul escuro. Os curtos, sempre na altura dos joelhos, são delicados e femininos, em tecidos mais estruturados ou fluidos, como o tule. São opções claras de celebrações importantes, como casamentos.

 

 

Muitos deles vêm no estilo “ladylike”, ou seja, como uma lady: rodadas, estilinho anos 50, perfeitos para disfarçar quadril largo e marcar a cinturinha de pilão! As cores da coleção são superclássicas, não tem como errar. Rosa, vinho avermelhado, preto, verde musgo e outros tons mais clássicos colorem as opções.

 

 

O que chama atenção é que todos são muito femininos e sensuais, mas nunca caem no vulgar. Não há decotes muito reveladores, somente peças que modelam o corpo e revelam o charme de quem veste. Perfeitos para serem usados com sapatos que também remetem aos anos dourados, para compor o look perfeito!