Le Grand Jour

Existem os casais que preferem um mini wedding a uma grande festa, existem aqueles que optam por uma decoração de casamento mais irreverente e que dispensam um décor clássico, e a lista de estilos diferentes é enorme. Isso porque, como já sabem, cada relacionamento é formado por pessoas únicas, e nunca haverá uma fórmula perfeita que funcione para todos os tipos de casais, adequando-se a todas as necessidades. Não é preciso terem as mesmas opiniões e os mesmos gostos para que a relação dê certo, e isso com certeza também vale para o tipo de diversão que querem aproveitar juntos.

É bem provável que vocês já saibam os gostos um do outro desde os tempos do namoro, e essas preferências seguem na organização do enlace, quando começam a fazer a seleção de músicas para o casamento, e um prefere incluir as melodias mais calmas e tranquilas e o outro as mais animadas; ou mesmo nas escolhas das lembrancinhas de casamento, quando um prefere os modelos mais tradicionais e o outro aposta em algo moderninho. No momento em que decidiram tomar esse passo tão importante, é preciso encontrar o equilíbrio também na forma em como se divertem como um casal. Daremos algumas dicas.

Fer e André Fotografia

É preciso ceder

Sim, vocês já fizeram dessa frase um mantra, já praticam isso ao organizar a festa, quando um cede pela vontade do outro na hora de escolher um estilo para as lembrancinhas dos convidados ou por outro modelo de convite de casamento que agrade o outro. Mas quando o assunto é diversão, além de ceder é preciso colocar um pouco de entusiasmo. Tudo bem se você não adora sair todos os finais de semana, mas se isso faz o seu par feliz, é preciso acompanhá-lo de vez em quando nesses programas. O companheirismo é a base para um relacionamento sólido e isso quer dizer ceder e se colocar à disposição para alguns programas que talvez não sejam os seus preferidos. E claro que isso serve para os dois e para todos os tipos de programas.

Encontrem um meio termo

Além de ceder e acompanharem um ao outro, é importante também encontrar programas que agradem aos dois, sem que nenhum tenha que fazer esforço. Esse será o programa de vocês dois e a forma que encontraram de passar tempo juntos se divertindo mutuamente. Seja um esporte, uma atividade ao ar livre, as buscas pelos detalhes de uma linda decoração de casamento rústico ou um simples hábito que acabam criando juntos, aproveitem esse momento prazeroso em que a companhia de um e do outro é essencial para torná-lo único e especial.

Fer e André Fotografia

Respeite a individualidade de cada um

Vocês já cederam, encontraram uma paixão e diversão em comum, mas isso não quer dizer que não possam seguir com os hábitos e programas individuais. Assim como a prova do modelo de vestido de noiva é apenas dela, e a do traje do noivo é só dele, vocês também devem manter momentos reservados para cada um. É muito importante manterem a sua essência, sem que seja necessário a presença do seu companheiro(a) para que se sinta completo(a).

Se você gosta de sair, ir para festas ou bares e seu par não te acompanha sempre que tem vontade, não tem problema, não precisa deixar seus programas de lado, e o mesmo vale se prefere estar em casa e aproveitar sábados à noite tranquilamente. Não se veja obrigado(a) a ter que acompanhá-la(o) sempre que o outro queira sair, reserve momentos em que possa aproveitar sua individualidade. E o mesmo serve para cobranças, deixe que seu companheiro(a) desfrute de seus momentos e não obrigue-o(a) a te acompanhar sempre.

Unção Design de Vídeo

Antes de enviarem os convites de casamento vocês já se conheciam e sabiam das preferências de cada um. Mas não é porque colocaram o vestido de noiva e a gravata do traje de noivo e trocaram alianças que agora devem querer mudar o outro. Vocês devem se respeitar mutuamente e encontrarem soluções em conjunto, e que funcionem para o estilo de vida que ambos gostam de ter.