Senhoritas Fotografia

Atualmente vemos um grande número de casais que preferem morar junto um tempo para depois oficializar a relação. Para alguns, é uma forma de ter a certeza de que querem assumir o compromisso, e até a fase da organização pode ser atraenta, preparando a decoração de casamento e pensando nas mil e uma possibilidades para o vestido de noiva. Já para outros o medo de ter um documento que os una fala mais alto. Uma pesquisa foi feita pela Universidade de Virgínia com dois grupos de casais, um grupo com os que moram juntos e outro com os que são casados. A conclusão que chegaram demonstra que o grupo de casados oficialmente, diante de uma situação de perigo, tinham menos estresse e receio tendo o companheiro por perto. Já os que moravam juntos expressavam muito mais estresse com ou sem o parceiro por perto.

Se você, como nós, é uma amante desta celebração do amor, ou se ainda existe uma pequena dúvida se deve realizar o seu tão sonhado casamento, separamos algumas razões que te convencerão a tomar o passo para o SIM!

Porque casar significa que o casal tem os mesmos ideais

Quando o casal resolve dar o grande passo não estão apenas pensando na celebração e nas flores para casamento, esse comprimisso significa que querem formar uma família e construir uma vida baseados em alicerces fortes. Os dois pensam da mesma forma e têm as mesmas aspirações para o futuro. O casal que mora junto não tem a mesma certeza de ter os mesmos ideais, tanto é que eles ainda têm dúvidas em oficializar a relação.

Porque casar motiva o compromisso

Casais que são oficialmente casados criam laços mais fortes com o compromisso, o casamento traz esse engajamento com as obrigações de forma natural, desde a sua preparação, quando os devem pensar juntos em detalhes como o texto para o convite de casamento e tantos outros pormenores. É como se a partir do casamento se entregassem, de forma espontânea, ao pacto que fizeram no altar. Já os que moram juntos, muitas vezes, não se sentem presos a um compromisso.

Porque os laços se fortalecem a cada dia

O casal sabe que percorreu um longo percurso até o grande dia e tem a certeza que analisou todos os prós e contras, assim faz questão de fortalecer a relação a cada dia. Mesmo quando enfrentam algum tipo de problema, relembram o quanto batalharam para chegar até o momento atual, relembram a playlista de músicas para festa de casamento que fizeram juntos, e isso revigora o sentimento. Já para alguns casais que moram juntos, muitas vezes, constatam que o sentimento ficou estagnado ou chegou ao limite.

Porque ter filhos é mais fácil

Para os que são casados, quando chega o momento de ter filho, mesmo não sendo programado, enxergam a gravidez como uma consequência natural e muito feliz. Já os que moram juntos, muitas vezes, são pegos de surpresa e em algumas ocasiões desestrutura totalmente a relação.

Porque casar significa crescer juntos financeiramente

O casal que firmou o compromisso sabe que daí para frente tudo que conquistarem juntos pertence ao casal de forma igual e isso instiga que lutem pelo crescimento financeiro juntos. Independente da lei, que já designa que os bens serão dos dois igualmente no caso de comunhão parcial, eles são incentivados a criarem um patrimônio juntos. Já os casais que não são casados, consideram que o dinheiro é separado e cada um tem o seu. Mesmo que a lei determina que quem possua uma relação estável, quando adquirirem bens, estes pertencerão aos dois na mesma proporção.

Muitos ainda ficam na dúvida em dar o passo pela maneira tradicional, dizer o "sim" oficialmente diante da família e cortar o bolo casamento e, justamente por isso, partem para outras formas de consagrar a união, mas isso não quer dizer que o amor é menor ou o relacionamento não é sério. Apenas não acham necessário formalizar de "forma jurídica". E você, acha melhor casar trocando votos com frases curtas de amor ou morar juntos?