Mauricio Vieira & Márcio Savoine

A dança dos noivos é o momento mais marcante e esperado da festa. Há quem diga que essa primeira dança é como o casal se apresenta à sociedade. Mas, se vocês não se importam muito com costumes antigos, e deixam a tradição para o vestido de noiva, o traje do noivo e até quem sabe para o lançamento do buquê de flores, aproveitem então esse momento para se divertirem. É nessa hora que você e seu marido demonstrarão todo o romantismo envolvido e convidarão seus convidados para entrarem na pista, afinal, todos esperam ansiosos por esta parte da comemoração, quando poderão dançar com vocês as músicas de casamento que escolheram para esse momento. Para que vocês aproveitem esta ocasião da melhor forma, vejam algumas dicas que separamos.

Professor é essencial

Os gastos com um casamento são altos, mas se você quer arrasar e surpreender seus convidados com uma coreografia para ninguém colocar defeito, o investimento em um profissional de dança pode ser bastante válido. Se optaram por convites de casamento baratos e conseguiram economizar nesse item, talvez possam investir em um professor de dança para esse momento. Mas claro, essa dica é voltada somente para aqueles que têm o objetivo de ter uma apresentação correta de salsa, rumba, tango ou qualquer outro estilo de dança bem coreografado, e não se pretende dar somente alguns passinhos de lá para cá! Cada casal tem seu estilo e preferências!

Cristiano Meireles Fotografia

Vestido e sapatos

Claro que toda noiva sonha com o dia do casamento e, principalmente, em poder estar deslumbrante com o modelo de vestido de noiva escolhido. Tirá-lo antes da hora é algo impensável, correto? Mas não se esqueça de que sua dança será realizada com ele. Pense bem nos passos que serão desenvolvidos junto com o noivo, e seja realista quanto à possibilidade de executá-los sem grandes dificuldades.

Meça muito bem a barra e ensaie alguns passos com o vestido finalizado para saber se ele não irá te atrapalhar no grande momento. Lembre-se também dos sapatos, uma dica que serve tanto para os calçados do noivo como para o sapato branco de noiva. Estejam seguros de que conseguirão dar todas as piruetas necessárias com o modelo escolhido para entrar na igreja, sem o perigo de escorregões. Para isso recomendamos, inclusive, ter atenção com o solado. Se parecer escorregadio, procurem um profissional que possa colocar um solado que tenha melhor aderência e que não atrapalhe os seus movimentos.

Tenha opções

Não se limite a apenas uma música, mesmo que essa seja a sua favorita. Se dê a oportunidade de ter outras opções. Crie uma lista e discuta com seu coreógrafo o que é possível criar baseado na música que deseja e no estilo de dança que quer apresentar. Talvez aquela canção dos sonhos se torne difícil de se encaixar no estilo que deseja para sua coreografia e, com a lista, essa escolha pode ficar mais fácil. E se aquela que você adora ficou de fora, não tem problema, pode colocar na sua playlist de músicas para a festa de casamento e dançá-la com os seus convidados, ou então poderá utililizá-la como a música para o vídeo de casamento.

Adriana e Patricia | Fotografia

O álcool pode ser seu inimigo

Sim, o nervosismo é grande e a vontade de curtir a festa é enorme, e muitas pessoas se sentem mais leves e relaxadas com uma tacinha de champanhe. Ainda assim, preservar o seu melhor potencial para esse momento será um dos fatores definitivos e fundamentais para que a festa seja um sucesso, e você brilhe como nunca na pista de dança. Brinde sem medo com seus convidados, mas vá com moderação até a hora da dança. Isso evitará que se esqueça de alguns passos ou mesmo que tropece nos pés.

Quanto mais treino melhor

Você e seu noivo devem começar a pensar na primeira dança com aproximadamente 4 meses de antecedência. Este é o tempo ideal para estarem verdadeiramente prontos e seguros sobre cada passo a ser dado. Se querem arriscar algo mais difícil, devem começar os ensaios antes. Quanto mais praticarem, melhor estarão no dia do casamento. Os ensaios são preciosos para que os riscos de algo sair errado sejam menores.

Se já têm decidido os passos que irão embalar esse momento tão especial, é a hora de enviar os convites de casamento e aguardar o grande momento para mostrar aos seus convidados essa coreografia que preparam com tanto carinho. Com certeza essa será mais uma lembrancinha de casamento que eles irão guardar como recordação na memória, além daquelas que irão levar pra casa!