Seguimos ao seu lado nesse momento. Consulte o nosso Centro de Ajuda.
Casamentos

8 Dicas valiosas para conseguirem economizar nas compras do mercado

Sentem que grande parte dos seus gastos acabam indo para as compras do mercado? Então talvez seja a hora de rever certos hábitos e cortar algumas despesas desnecessárias com simples dicas.

5

Para alguns casais a organização financeira e o teto de gastos aparece com força quando começam a elaborar o seu dia C. Quando pesquisam os preços do que vão gastar no buffet, com a decoração de casamento e todos seus elementos, e comparam com o valor que possuem disponível, os noivos se veem obrigados a planejar melhor suas finanças e encontrar meios de cortar gastos. A lista de quem receberá o convite para casamento pode diminuir, é possível buscar acessórios mais baratos, e essa consciência financeira pode ser levada para a vida pós-casamento.

Depois da festa, vão conseguir levar essa mesma organização financeira para a vida de casados? Se já sabem que o supermercado é um dos itens onde sempre acabam gastando mais do que deviam, aqui vão algumas dicas para não se deixarem levar e acabarem o mês com a conta bancária no vermelho!

1. Estabeleçam um limite

Assim como fizeram muito antes de começarem a busca pelo modelo de vestido de noiva ideal, sempre é preciso colocar um limite do que podem gastar em determinado item. E, para o supermercado, caso façam a compra mensal, estabeleçam um limite no mês, ou diluam esse valor por semanas, caso suas compras sejam feitas nessa frequência. Assim, na hora das compras, vão saber se podem permitir-se alguns luxos a mais ou se está na hora de tirar algumas coisas do carrinho.

2. Não cheguem sem uma lista

Antes de encomendar o modelo de lembrancinha de casamento vocês, com certeza, fizeram a lista de convidados e checaram se as duas quantidades eram equivalentes. Depois do "sim" as listas vão seguir sendo as suas melhores amigas. Quem vai às comprar sem um listado do que realmente necessita, corre o risco de chegar em casa com as compras e, ao começar a guardar os produtos, ter a sensação de que não comprou nada do que realmente precisava. A sua compra começa antes de você pegar o carrinho, é preciso pensar nos pratos que pretende fazer na semana, nos ingredientes e em todas as refeições e, com isso, vão elaborar uma lista com quantidades mais corretas. Evitem comprar coisas aleatórias e que, ao final, deixam as compras mais caras e às vezes não podem ser combinados entre si.

Fer e André Fotografia

3. Façam contas

Não tenham vergonha de pegar uma calculadora e saber exatamente pelo que estão pagando. Muitas vezes nos deixamos levar pelo menor preço sem nos darmos contas de que, no final, estamos pagando mais por um produto que possui menos quantidade. Calculem os valores por unidades e/ou quilos antes de se decidirem por um ou outro.

4. Produtos da estação

É importante saber o que comprar e quando comprar, prefiram organizar suas refeições com produtos da estação e, por uma questão econômica e também de saúde, é melhor não insistir em ter frutas ou verduras que não são típicas de cada época do ano, já que os produtos da estação são mais frescos. Com certeza isso salga os valores e afetará diretamente na sua conta final. Provavelmente tiveram esse trabalho na hora da escolha do buffet e do sabor do bolo decorado para casamento, então levem esse aprendizado para a vida.

5. Preço Vs Qualidade

Sim, o ditado é verdadeiro, e muitas vezes o barato sai bem mais caro. Não adianta fazer suas decisões baseadas apenas no valor, é muito importante considerar a qualidade daquilo que estão levando. Isso porque, aquele mais barato, muitas vezes, precisa ser usado em dobro para fazer o mesmo efeito do produto que possui um valor um pouco mais elevado.

Calan Sanderson Fotografia

6. Não façam compras com fome

Esse é erro de principiantes. Está comprovado que, ao entrar em um supermercado com fome, a sua razão é deixada de lado e acabam sendo convencidos pelo estômago. Quando se darão conta, vocês estarão no caixa com produtos variados sem considerar o impacto financeiro que isso pode ter no seu orçamento para a compra do mês. Tentem sempre ir às compras depois de uma bela refeição e façam decisões bem pensadas.

7. Evitem desperdício

Muitas vezes acabamos comprando produtos achando que vamos consumir,  ficamos com medo de que falte opções ou mesmo comida. Avaliem seus hábitos, vejam se as quantidades que compram são bem aproveitadas ou se acabou se tornando uma rotina os desperdícios. Não deixem que esse péssimo hábito esteja presente em sua casa. Saibam as quantidades que deve comprar sem que acabe o mês com produtos estragados.

8. Não se deixem levar pelas promoções

É comum se convencer pelas inúmeras ferramentas de marketing que estão presentes no supermercado. A ansiedade de poder aproveitar preços atrativos às vezes nos faz tomar decisões não muito inteligentes.Tentem descobrir o motivo de estarem baixando tanto os preços, vejam as datas de validade, pesquisem a qualidade dos produtos. Algumas vezes realmente elas são vantajosas, mas é importante saber utilizar das promoções de forma estratégica, e não por impulso.

Depois de dançarem todas as músicas de casamento e chegada a hora de tirar o sapato de noiva e a gravata do noivo, a vida real começa. E para que possam construir uma vida financeira saudável em conjunto é fundamental que encontrem mecanismos para usar o dinheiro de forma consciente, e claro que as compras de supermercado também devem ser feitas dessa forma.

Outros artigos que podem te interessar