Embora já houvessem esbarrado pela cidade, a primeira conversa só aconteceu de forma virtual, por meio de rede social, e após alguns bate-papos, marcaram uma conversa olho no olho. Apesar dos sete anos de diferença de suas idades perceberam que tinham muitas semelhanças na maneira de ser, e a idade era o de menos. Além de uma sintonia incrível, descobriram que tinham diversas coisas em comum, entre elas o amor pelos animais. Hoje, Gabriela e Adriano exercem a mesma profissão, médicos veterinários, o que os fazem ter ainda mais conexão em suas vidas, e esse fascínio pelos mesmos assuntos os uniu ainda mais até chegar ao altar.

O namoro teve o tempo certo

Desde o começo do namoro mantiveram a mesma constância, o amor e o respeito necessários para um relacionamento duradouro, e o sentimento apenas se fortaleceu. Após três anos felizes veio o pedido, inesperado e muito bem preparado. Costumavam viajar com alguns casais, que sempre estavam juntos, e numa dessas viagens Adriano preparou a surpresa para Gabriela. Estavam na praia resolveram fazer um luau, com a ajuda dos amigos ele desenhou um coração na areia sem que Gabriela visse. Assim que ela se deu conta a festa já estava armada. Com velas ao redor do desenho e ao som do violão, ele se ajoelhou e fez o pedido, e todo esse capricho deixou Gabriela ainda mais apaixonada pelo seu amor.

Formatando o casamento

O que sempre desejaram é que o local tivesse total conexão com o estilo do casal, tinham preferência por um espaço que tivesse verde no entorno, onde pudessem realizar a cerimônia ao ar livre. Depois de conhecerem vários lugares sempre encontravam algo que não agradava, até que visitaram o espaço Madero Eventos, e foi amor à primeira vista. Um local charmoso, com muito verde ao redor como haviam imaginado, muita madeira na construção, ambientes diferentes para proporcionar conforto aos convidados, além de ser maravilhoso e na região que queriam.

Decoração campestre encantadora

A grande prioridade do casal era colocar detalhes naturais que tivessem charme e personalidade. Desde o início do planejamento a noiva deixou claro para sua decoradora que a ideia era sair das flores tradicionais para um casamento, como as rosas. O casal tinha mais uma coisa em comum, o amor pelas suculentas e cactos, que inclusive colecionavam. Incluí-las na decoração era um desejo de ambos, o que deu super certo e proporcionou uma decoração floral impecável e orignal. Mesclaram flores como lisianthus, aster, flor de lótus, orquídeas, hortênsias e as lindas suculentas e samambaias.

Escolheram tons de verde e o lilás, cor preferida da noiva, o que deu um toque romântico e especial. Queriam manter o décor rústico, mas que tivesse muito detalhes românticos e bucólicos. Podemos ver que valeu a pena o empenho, com tantos elementos encantadores: mobília rústica contrastando com delicadas composições florais sobre as mesas e na passarela que levava ao altar, trazendo mais charme ao local.

Momentos mais significativos

Um dia tão especial é repleto de instantes únicos e inesquecíveis, mas alguns sempre são mais marcantes para o casal. Um desses momentos foi a animada hora da gravata, em que até um tufo de cabelo o noivo perdeu, e que fez a alegria dos amigos. A noiva entrou pelo corredor com um belo vestido de corte sereia, e viu mais um de seus desejos sendo realizado: "sempre sonhei com a chuva de arroz", diverte-se ela. Todos os sorrisos e lágrimas de emoção foram captados com habilidade e grande sensibilidade pelas lentes da fotógrafa Letícia Affonso, entre eles a entrada dos avós de Gabriela com as alianças. Mas foi a dança dos noivos o momento que realmente os marcou, e que irão relembrar até as bodas de ouro. "Foi um momento nosso e eu queria poder viver novamente".