A Caroline pesquisou muito o mercado antes de tomar a decisão de fazer ela mesma. Viu que os orçamentos eram muito salgados e decidiu tentar fazer seus próprios convites. Importante contar que, para 100 convites, ela gastou aproximadamente R$150.

 

 

A lista de materiais é a seguinte:

  • Fita de cetim
  • Papel texturizado – a Caroline usou o papel Vergê para o molde 180g e o telado para os oficiais. Para cada convite são duas folhas
  • Papel Color Plus ou Aspen 180g – uma folha para cada convite
  • Tesoura ou guilhotina
  • Cola de bastão

 

 

Primeiramente, ela bolou a arte do convite. Teve que desenhar o que caberia exatamente no tamanho do papel, com margens, onde vão os nomes, etc. O papel vergê ou telado é dobrado em três partes: a aba superior tem 7cm e a inferior 2,5cm. No meio vai o papel impresso. Para o convite ter 25,5cm de comprimento, a Caroline tirou um pedacinho da lateral.

 

 

Com o papel Aspen, a Caroline tirou dois pedaços e um deles tem impresso o nome dos noivos. Ela faz uma sobreposição de papéis e texturas bem interessante. O convite vai impresso em outro pedaço de papel (todos na horizontal, ou paisagem), o texturizado. Depois de tudo colado, ela arremata na guilhotina para que tenham o mesmo tamanho de comprimento.

 

 

O detalhe final fica por conta da fita de cetim e da rendinha. O laço chanel poderá ganhar, ainda, uma pérola ou strass. É importante ter uma impressora bacana para esse trabalho. Mas, se você não puder fazer de casa, pode mandar imprimir em uma gráfica que, mesmo assim, terá seu convite mais em conta.

 

 

 

 

 

 

 

*O debate completo e com mais fotos, aqui: https://www.casamentos.com.br/forum/a-pedidos-passo-a-passo-convite-casamento--t53223