As convidadas e madrinhas também querem estar impecáveis para o seu evento. Além de procurar por modelos que agradam e vestem bem, pensar na cor é essencial, e mostrará o estilo de cada mulher, além de deixar claro que está atualizada com o universo da moda. O tom pastel tem ganhado os estilistas, e pode ser aplicado em cores mais intensas, como amarelo, rosa, violeta, laranja, verde e azul. E dentro da paleta deste último, encontra-se o "azul bebê", que segue essa premissa de ser uma tonalidade clarinha e mais delicada. E ainda carrega a graça de ser um tom considerado quase infantil, trazendo jovialidade ao look, e que foi levado aos ateliês de alta costura para vestir mulheres que querem essa suavidade em seus vestidos de festa. Confira a galeria e veja qual estilo mais combina com o enlace.

Aposta por tecidos leves

Cortes em A e evasê são as melhores opções para vestidos nesse tom de azul para que você tenha movimento e leveza ao andar com uma saia fluida e mais aberta. Tecidos lisos sem detalhes também estão entre os mais indicados, ainda mais se houver complementos de babados, fendas e laços.

Plissados

Um modelo que não tem como errar é o plissado. O azul bebê combina muito com esse efeito no tecido e pode trazer um volume charmoso a silhuetas retas. 

Decotes

Ombro a ombro

Se quiser inovar um pouco no decote para um vestido inteiramente em azul bebê, o decote ombro a ombro vem para dar mais charme e elegância aos modelos. Por ser uma cor mais leve, investir em decotes diferenciados e até assimétricos podem dar uma graça a mais no vestido escolhido.

Tomara que caia

Outro decote bastante requisitado e produzido em modelos azuis claros é o tomara que caia, tanto reto quanto no formato coração. Fica lindo nos cortes princesa e sereia, e oferece mais sensualidade aos vestidos.

Bordados

Se quer incrementar o tom claro, aposte em modelos com bordados e brilho. Pode ser uma aplicação pontual nos ombros, em todo o corpete ou na barra da saia. 

Tonalidades

Apesar de ser um tom democrático, que ficará bem em todas as tonalidades de pele, o azul bebê se destaca mais e potencializa a beleza de peles morenas e negras. Por exemplo, a atriz Lupita Nyong’o escolheu um vestido azul bebê plissado para a cerimônia do Oscar, em 2014. O decote em V e a saia rodada transmitiu todo o glamour da cerimônia, mesmo sem brilho e bordado.

Claro que mulheres com tons de pele claros podem optar pela cor para um vestido de casamento. Não é uma regra. Vale sempre experimentar para ver se tanto o vestido quanto você, principalmente, vão se realçar, pensando no seu tom e no seu sub-tom, para escolher o azul que melhor combina.

Harmonizar com acessórios

Joias prateadas são as que mais ornam com o azul bebê porque tons frios combinam entre si. Uma tiara de pérolas ou zircônia transparente, uma pulseira e um colar com pedras prateadas, anéis com pedrarias brancas, transparentes, prateadas e azuis são opções certeiras para complementar o vestido. Como é o tom claro que predomina, ouse com acessórios em tons de azul mais escuro ou aberto. Outras cores como roxo, violeta, rosa e amarelo também podem incrementar o look e sair do ton sur ton

Muitas noivas escolhem o azul claro para as madrinhas porque o tom passa tranquilidade e harmoniza com todos os estilos de casamento. Se a ideia é ter as amigas com a mesma cor de vestido, o azul bebê é uma boa pedida e elas ficarão lindas nas fotos. Se o buquê tiver flores azuis, os vestidos criarão harmonia no visual como um todo. Já as demais convidadas podem eleger o tom de azul opaco para participar da celebração sem medo. É um tom neutro, elegante e moderno.