Saltar para o conteúdo principal
Casamentos

7 Razões para investir em música ao vivo na sua recepção... Como resistir?

A trilha sonora dá o tom do estilo da festa, ainda mais se escolherem uma banda ou um DJ para embalar a playlist preferida e animar vocês e seus convidados. Confiram as vantagens!

Ainda sem músicos ou DJ para o casamento? 🎵
Peça informações e preços a negócios de Música perto de você

Músico tocando saxofone

A música do casamento está entre os itens imprescindíves, daqueles que não podem faltar na celebração. As canções dão mais emoção a cada etapa do enlace, desde a cerimônia, com todos os momentos mais marcantes – como a música para a entrada dos noivos, a do cortejo de padrinhos, até a recepção, que pode contar com canções mais serenas. E, na hora da festa, o momento de ir à pista de dança com toda animação, a grande maioria dos casais tem decidido por contratar profissionais para tocar músicas ao vivo, o que torna o clima mais íntimo e entusiasmado, como uma comemoração do amor deve ser! Se ainda estão com dúvidas sobre colocar uma banda e/ou DJ com “aquele algo a mais” para deixar o dia C inesquecível, vejam sete razões para considerarem essa possibilidade! 

Banda de música ao vivo

1. Exclusividade de canções

Ao contratar fornecedores com a finalidade de apresentar canções tocadas e cantadas ao vivo, vocês tornam a festa exclusiva. Geralmente os arranjos podem ser adaptados, o profissional – seja uma banda, cantor ou cantora, ou DJ – pode dizer frases dedicadas ao casal e incluir improvisações, bem como repetir as músicas que mais agitaram os convidados na pista de dança. Além disso, no caso de ter uma banda no casamento, escutar os instrumentos originais e sentir a vibração das melodias fazem toda a diferença. É possível checar se o contratado tem uma playlist definida que abrange vários gostos e, principalmente, o que agrada ao casal.

2. Transforma o estilo da festa

A música pode transformar o estilo do casamento ou torná-lo ainda mais marcado. Casais que adoram música sertaneja, por exemplo, podem investir em uma dupla de música sertaneja para a recepção do casamento; se curtem funk, um DJ que garanta todos os sucessos na pista será incrível; assim como um grupo de MPB será ideal para um casal que deseja escutar e cantar junto canções que fizeram parte da sua vida. Sempre valerá a pena investir na música de casamento que representa seus gostos, para que a festa esteja de acordo com a preferência dos noivos. 

Duo de música ao vivo

3. Interação com os convidados e o casal 

Será muito mais fácil para os convidados sentirem que fazem parte da festa quando há música ao vivo. O casal, junto aos padrinhos e madrinhas podem até soltar a voz em algum momento em cima do palco! Há também profissionais que, além de cantarem ou tocarem, animam a pista de dança coordenando coreografias, inventam brincadeiras com as músicas, entre outros tipos de entretenimento. Vale verificar se o fornecedor oferece esse tipo de serviço, se quiserem.

4. Mais animação para todo o ambiente

Os músicos sabem quando a pista precisa de um incentivo para entrar no clima e, diferente das músicas gravadas, os profissionais se adaptam ao que for preciso para cada momento da festa, garantido a vibração necessária. Quando se contrata uma banda, ela pode se adaptar no meio da música, modificando, animando o público e fazendo com que todos acompanhem essa proposta. Outro motivo importante é que nem todos os convidados vão para a pista de dança, alguns ficam sentados à mesa ou no lounge conversando, comendo e bebendo. Assim, a música ao vivo acaba sendo uma distração a mais para pessoas mais reservadas, e vocês proporcionarão algo agradável para todos.

Grupo de música ao vivo

5. Pedidos de canções que não estavam programadas

Uma grande vantagem com a contratação de um grupo é que os cantores poderão incluir pedidos de músicas que não estavam no roteiro. Lembrando que é bom perguntar se isso é possível com antecedência, se por acaso vocês não conhecem a banda ainda. Se estiver tudo certo com isso, os convidados e o casal ficarão mais à vontade pedindo as canções preferidas ou aquelas que o DJ não tocou e que vocês sabem que farão sucesso entre os entes queridos.

Grupo de música ao vivo

6. Variações entre banda e DJ 

Há casais que escolhem um conjunto musical até determinado momento da recepção e depois o DJ agita a pista até de madrugada, se o evento for noturno. É uma forma de tocar de tudo um pouco e, quem sabe, até diminuir o alto custo de uma banda por mais horas, por exemplo. É importante fazer uma pesquisa de orçamentos para caber no bolso e no gosto de vocês. Outra opção é o DJ com músicas tranquilas para criar uma atmosfera de aconchego durante o buffet e, em seguida, uma banda para animar por algumas horas. Pensar nessa variação pode ser um recurso interessante para a recepção do grande dia.

7. Uma atração até para quem não vai para a pista

Nem todos estão ansiosos para se jogar na pista. Alguns não podem, por algum motivo de saúde, e outros simplesmente não querem. E quando a festa começa, muitas vezes esses podem se sentir à parte da comemoração. Mas com uma banda e um show particular, não: eles poderão aproveitar dessa atração mesmo sem que estejam na pista dançando. Façam da sua festa algo que todos possam curtir à sua maneira e de forma agradável.

Músicos clássicos tocando ao vivo

Algumas dicas: peçam por referências aos amigos e familiares que já se casaram ou promoveram alguma festa, confiram se a acústica do local é favorável e adequada aos equipamentos dos contratados e vejam se é possível fazer uma “degustação” das canções antes do dia C, para vocês terem certeza e até montarem uma playlist personalizada. E se divirtam!

Ainda sem músicos ou DJ para o casamento? 🎵
Peça informações e preços a negócios de Música perto de você