O propósito da meditação é acalmar e apaziguar nossa mente – afirma Geshe Kelsang Gyatso, (Mestre e Guia Espiritual do Budismo Kadampa) em seu livro  “Novo manual de meditação”. Embora muitas pessoas acreditam que meditar é uma prática que deva ser feita individualmente, a dois pode trazer vantagens para o relacionamento, especialmente quando estão com os convites do casamento encomendados.

A fase do planejamento da cerimônia gera uma enorme expectativa e a prática da meditação irá ajudá-los a superar a ansiedade que, normalmente, todo os casais vivenciam quando estão a ponto de ouvir a música da entrada do casamento, mas pode ocorrer em qualquer fase da vida a dois, especialmente em um ano como este. Caso nunca tenham meditado, há diferentes técnicas disponíveis para quem está iniciando nesse caminho e os resultados são sentidos imediatamente.

Descubram como funciona e vejam o quanto pode ajudá-los a acalmar a mente tanto nos momentos de euforia pelo início de uma nova vida ou por momentos de stress que podem ser difíceis de controlar.

Estilos diferentes

Embora existam diferentes estilos, a meditação tem como foco observar os pensamentos, através de técnicas de respiração que proporcionam um novo nível de consciência. O praticante desenvolve a percepção sobre o próprio corpo, atingindo um nível excelente de relaxamento para que possa lidar com o estresse sem dificuldade.

  • Meditação guiada

Se nunca praticaram, nada melhor do que começarem juntos, principalmente se estão também passando pelos processos emocionais, seja na organização da decoração da festa do casamento ou temas do dia a dia. Mesmo sem experiência, é possível encontrar sites com diversos tipos de meditações guiadas para fazer em casa e explorar essa viagem rumo ao equilíbrio juntos, afinal, em casal é mais gostoso.

  • Meditação Transcendental

A mente concentra-se no campo sublime ou transcendental,  é também conhecida como Meditação Consciente, uma técnica introduzida em 1958 por Maharishi Mahesh Yogi, que utiliza-se de mantras para atingir o estado de relaxamento.

  • Meditação Vipassana

Uma técnica antiga, ensinada aos budistas que é um treinamento para focar a mente e a preservar para não reagir.

  • Meditação Zazen

Com origem na tradição do Zen-Budismo, “significa sentar zen”, é uma técnica fácil e muito usada, na qual o foco está na respiração, deve-se seguir o ritmo da respiração, enquanto se medita e afastar os pensamentos. Excelente método para iniciantes.

  • Raja Yoga

Uma modalidade do yoga cujo foco é o desenvolvimento da mente, utilizando uma sequência de estágios como a meditação e a contemplação. Uma técnica sem rituais ou mantras, acessível a qualquer pessoa, pode ser praticada em qualquer lugar, a qualquer momento. imples e fácil de praticá-la, é feita com os olhos abertos possibilitando que seja executada em qualquer lugar.

Grande ajuda na saúde

Diversos estudos comprovaram que a prática diária da meditação ajuda no tratamento de doenças crônicas como hipertensão, diabetes e dores musculares, o efeito é  favorável também para a saúde e qualidade de vida. A meditação atua em várias vias de neurotransmissores e equilibra  a liberação de substâncias, imprescindíveis para a saúde mental, o maior benefício é a redução nos níveis de ansiedade, estresse e ajuda a evitar a depressão.

Essencial para o momento

Em um época que tanto se fala em cuidar das defesas do organismo, saibam que um dos benefícios da meditação é aumentar o sistema imunológico, porque ajuda a evitar o estresse e diminuir a ansiedade, os grande vilões que derrubam a resistência. Por isso, será muito favorável adotarem a prática para evitar que até a cor das flores do casamento cause ansiedade e afete o bem estar do casal. 

Estamos vivendo uma situação que só era conhecida na ficção, porém temos que aceitar essa nova realidade e buscar métodos que tragam mais equilíbrio e afastem o medo e a ansiedade, e certamente, a meditação é uma ótima ferramenta. Talvez seja difícil de começar, mas comprovadamente os resultados são fantásticos, independentemente do momento que vivem: se estão planejando os sabores do bolo do casamento, vivendo o começo do namoro ou curtindo os primeiros meses de casados.