Luciana e Hérlon - Foto e Filme
Luciana e Hérlon - Foto e Filme

Depois de "baterem o martelo" para o local da cerimônia e da recepção que será palco da sua decoração de casamento, a tarefa que recebe toda a atenção do casal é a escolha do buffet. A comida que será servida é um dos pontos altos de todos os enlaces, fundamental para o sucesso da festa, e por isso é tão importante que vocês, como anfitriões, saibam como ela é calculada. 

Cerca de três a dois meses antes do enlace, os convites de casamento devem começar a ser enviados e, por meio do cerimonial, o casal começará a receber as confirmações de presença, e também podem começar a pensar no cardápio, nas quantidades e nas preferências do seus amigos e familiares. Os ajudaremos nessa missão para que o cálculo seja o mais preciso!

Fabio Cezar Fotografia
Fabio Cezar Fotografia

Dietas e restrições

Além de anotarem o número de pessoas, se são adultos ou crianças, a primeira dica é verificarem se há convidados com intolerâncias alimentares, alergias ou dietas específicas, algo que podem fazer com ajuda da ferramenta da lista de convidados de Casamentos.com.br, onde poderão anotar cada restrição nas dietas. Isso permitirá que vocês comecem a pensar no cardápio e na quantidade de comida que será servida no dia C.

Adultos e crianças

Como regra geral, homens comem mais do que mulheres. E, entre os adultos, os jovens tendem a comer mais que os idosos. Mas toda regra tem exceção, então só vocês conhecem melhor os próprios convidados. Há aqueles que gostam mais de aproveitar as músicas da festa do casamento e vão ficar por mais tempo na pista de dança, enquanto alguns preferem ficar sentados à mesa e esses, com certeza, vão aproveitar mais o buffet. Também tenham em mente que, se a festa contar com muitas crianças, o ideal é pensar em um menu infantil.

Lya Rocher Retratista
Lya Rocher Retratista

Hora do enlace

Como ocorre com o estilo da decoração da festa do casamento, a data e o horário em que o evento ocorre também determinam a quantidade de comida necessária para a celebração. Estações com temperaturas amenas e frias aumentam o apetite dos convidados. Da mesma forma, se deve pensar em mais comida quando o enlace é diurno do que noturno, embora se gaste energia para dançar até de madrugada e talvez precise de algum lanchinho de fim de noite.

 É bom levar em consideração também o estilo de comemoração que desejam, porque o orçamento, o cardápio e a quantidade são diferentes quando se trata de brunch, almoço, jantar, coquetel ou a mistura de dois buffets.  

Fabio Cezar Fotografia
Fabio Cezar Fotografia

Buffet tradicional

Quando se serve um almoço ou jantar, é comum começar com aperitivos e bebidas e depois abrir o buffet. Se o banquete posterior for farto, calcule cerca de 10 entre canapés e salgadinhos por pessoa, e cerca de 15 se for mais leve.

Os fornecedores e os serviços de buffet sabem como distribuir e combinar os grupos de alimentos de acordo com o tempo, a estação e o peso dos diferentes pratos, mas geralmente o cálculo é feito da seguinte forma:

  • Carnes e peixes: cerca de 200 gramas por pessoa, normalmente. Os frutos do mar, por outro lado, podem atingir até meio quilo por pessoa;
  • Legumes e verduras: cerca de 150 gramas, o que varia para menos se forem acompanhamentos;
  • Massas e arroz (risotos): em torno de 100 gramas por pessoa, podendo ser mais se a massa for o prato principal;
  • Fruta: mais ou menos uma por pessoa;
  • Bolo e doces: até 100 gramas para cada, de cinco a seis docinhos por pessoa, sendo que as modelos de lembrancinhas de casamento comestíveis, como os bem-casados, podem ser uma ou duas por pessoa, dependendo de quantos tipos vocês querem oferecer

Dream Image - Foto e Filme
Dream Image - Foto e Filme

Coquetel

Muito mais informal que o banquete clássico, o coquetel volante admite uma grande variedade de receitas para todos os gostos. Podem ser quentes ou frios, criações modernas e receitas locais servidas por garçons. Neste caso, podem planejar em torno de 20 aperitivos por pessoa.

Captains Buffet
Captains Buffet

Ilhas gastronômicas

Essas estações de comida fixa, sempre muito diversas e temáticas, são ideais para acompanhar a comida servida pelos garçons no coquetel volante e permitirão que todos os entes queridos se sirvam com o que mais gostam e repitam quantas vezes quiserem. Neste caso, calcule cerca de cinco porções por pessoa e não esqueça todos os temperos, molhos e guarnições necessários para enriquecer a ilha. Exemplos:

  • Frios com tipos diferentes de queijos, presuntos, salames;
  • Espanhola com as famosas paellas;
  • Japonesa com variedades de sushis, sashimis e temakis;
  • Mexicana com tacos, guacamole e molhos picantes;
  • Boteco com petiscos típicos como bolinhas de queijo, batata frita, entre outros salgadinhos

Aline Ribeiro Fotografia
Aline Ribeiro Fotografia

Showcooking

Esta opção completa as duas anteriores e serve para que não seja feito mais do que será consumido porque consiste na culinária ao vivo, o que evita muito o desperdício. Muito usado quando se escolhe servir massas, crepes ou risotos aos convidado, porque eles escolhem os ingredientes e o chef prepara o prato na hora.

Paty Buffet
Paty Buffet

Se estiverem em dúvida sobre as quantidades, sempre coloquem um número acima. É melhor sobrar do que faltar, mas não muito. Conversem com os fornecedores, ninguém melhor do que eles para aconselhar sobre a quantidade de comida necessária, para vocês não gastarem demais e evitarem o desperdício de alimentos. O objetivo é que todos possam passar pelos jantar ou almoço e chegar ao momento da festa satisfeitos e tranquilo, para dançar todas as músicas do casamento. Peguem a calculadora e a lista de convidados e... bom apetite!