Manter um bom relacionamento com a família do futuro marido/esposa é essencial para o equilíbrio entre os casais, especialmente quando se trata dos irmãos. A sua futura cunhada por ser alguém com quem você tem uma relação quase de irmã também. Em muitos casos ela foi a primera a saber do casamento, irá ajudar na escolha do vestido de noiva e outros detalhes, e vocês são confidentes. É maravilhoso quando isso ocorre, mas nem sempre é possível ter esse "clique" com a família do seu par.

Ás vezes a relação com a irmã da sua "metade"não é das melhores e, se você se encontra nessa situação, é muito difícil para o outro ter que se afastar da própria família por não conseguirem ter um relacionamento pacífico. As cunhadas, em especial, são pessoas que farão parte da vida em comum para todo o sempre, e quando a conexão não encaixa é preciso recorrer à famosa “diplomacia” regada de paciência e serenidade. Para ter mais jogo de cintura com a sua cunhada, damos algumas dicas que podem ser essenciais. 

1. Tente incluí-la nos programas que fazem 

Por mais que vocês não consigam se dar bem, excluí-la dos programas que faz com a família não será muito inteligente da sua parte. Pratique a paciência e aceite, sem reclamar, a sua companhia em um jantar e em uma tarde com demais parentes, alguns primos ou amigos, por exemplo. Procure enxergar as qualidades que ela tem e assim, quem sabe, pode achar um caminho para ter um bom relacionamento com ela. Mesmo que vocês não sintam afinidade alguma, será difícil mantê-la distante por muito tempo. Assim, faça o possível para permitir que os encontros a três sejam divertidos.

 2. Deixe que ela participe da organização do casamento

Se o seu noivo faz de tudo para que ela participe dos preparativos do casamento, permita. Não se imponha dizendo que não necessita de sua ajuda, pense que ela também está emocionada, o irmão querido vai se casar e ela quer acompanhar e se envolver. Agora, se você sentir que ela está se intrometendo de forma inconveniente, optando pelo menu do jantar ou escolhendo as flores para o casamento que não têm a ver com os seus gostos, por exemplo, tente ser diplomática, agindo com delicadeza. E mais: seja clara, mesmo que tenha que recorrer ao bom senso do seu noivo. 

3. Não demonstre o seu desconforto na frente de terceiros

Ainda que vocês se sintam mal estando em um mesmo ambiente, acredite: a pessoa mais incomodada com a situação é o seu futuro marido/esposa. Uma irmã é alguém com quem temos confianças, e ainda que a relação não seja extremamente próxima, é uma parte importante da família. Por isso, tenha cuidado, coloque-se na pele do seu amor.

Evite tornar a relação de vocês uma fofoca; em tempos de redes sociais, algo pequeno pode se tornar um problema sem solução. Lembre-se de que ela é sua cunhada, será a tia dos seus filhos, então tentar achar um caminho saudável para o entendimento é o melhor remédio. Se ela estiver passando dos limites, não recorra aos amigos, e sim ao seu noivo/a, que a conhece bem e saberá como agir.

4. Não a proíba de usar o vestido que tanto quer

Por mais que você não confie muito em suas "preferências fashion", esse é o momento de colocar uma bandeira branca no meio dos conflitos. Deixe que ela escolha o modelo de vestido de festa que deseja usar no seu casamento. Não diga precipitadamente que não quer que ela o use no altar. Novamente, pratique a tolerância e a psicologia, procure apenas aconselhá-la, como faria com sua irmã. Faça-a enxergar que você apenas quer ajudá-la a ficar mais elegante, dando dicas sobre as cores e os cortes que mais a favorecem.

Se tratando da cunhada, além de jogo de cintura, o bem comum deve sempre prevalever. Ela é parte da família, e deve haver um esforço mútuo para manter um relacionamento agradável, afinal, você viverão na mesma casa, então é tudo uma questão de cordialidade. O melhor exercício de convivência que se pode praticar é a tolerância, agindo com bom senso sempre teremos a paz como aliada. A irmã do seu grande amor faz parte da vida dele, e também será parte da vida de vocês como casados. Quem sabe não ela que pegará o seu buquê de flores? Bela oportunidade para boas risadas e um acordo de paz!