Aura Click Audiovisual

Além do vestido de noiva e  todos os acessórios, a aliança será a recordação mais presente do dia. Nunca irão se separar dela, e esse será um acessório indispensável em todas as ocasiões. Existem poucas coisas mais bonitas do que ver o seu anel de noivado e aliança brilhando por todo os lados e, por essas e por outras razões, é fundamental manter suas joias mais preciosas em perfeitas condições, e para isso é importante que você as limpe regularmente. Assim como os acessórios próprios para o look, como o véu e o buquê de flores, as joias complementam e distinguem cada noiva, mas a aliança representa o amor eterno, e principalmente será usada por ambos. Obviamente haverá muitos momentos marcantes da cerimônia e a música romântica do casamento elevará cada um deles, mas a troca das alianças é mágica e inesquecível.

Não há nada pior do que um anel sem brilho ou danificado porque não recebeu os cuidados devidos. Também aqui, é importante saber o que fazer, ou o efeito desses cuidados poderá ser o inverso. Para evitar dramas ou que sua aliança perca sua beleza e resplendor, deixamos algumas dicas essenciais.

Rafa Bernardo

Como limpar em casa

Se você é do tipo prática, que optou inclusive em fazer seu próprio penteado solto para casamento em casa, com certeza irá querer cuidar da manutenção de suas próprias joias. A melhor maneira de limpar o seu anel é fazer uma solução com água morna (quase quente) e sabão de lavar louça. Você deve embeber o seu anel durante uns 20 a 40 minutos, e passar uma escova macia (isso é fundamental para não arranhar o anel) na pedra, caso tenha, e em toda a aliança. Passe de novo pela água e, se necessário, repita o processo. Se, depois de repetir várias vezes, não ficar satisfeita com o resultado, daí recorra à ajuda de profissionais. 

O que nunca deve usar

Quanto às substâncias que você nunca deve usar para limpar o seu anel, evite ao máximo usar qualquer produto de limpeza de possa corroer as joias. Esse é o caso do cloro e da acetona. Esses são produtos químicos agressivos que podem quebrar alguns dos metais básicos da sua aliança. Evite também usar bicarbonato de sódio ou produtos de limpeza em pó, que podem facilmente arranhar metais, em especial o ouro.

Evite ultrassons na limpeza da aliança

Algumas noivas já ouviram falar sobre as máquinas de ultrassons para a limpeza de joias, e muitos profissionais as utilizam, mas o conselho é que se evite ao máximo usar esses aparelhos em casa, sobretudo se sua aliança tem diamantes. Se a aliança estiver deformada ou o material tiver enfraquecido, as vibrações de uma máquina ultra sônica pode desalojar uma pedra. Caso você deseje realizar esse tipo de limpeza, o melhor será levar sua aliança a uma joalharia para que um profissional possa testar com segurança o anel antes de iniciar a limpeza.

Camilla Bapstistin

Ajuda profissional

Se o seu anel está exposto a produtos básicos de beleza, como por exemplo loção, maquiagem ou perfume, uma limpeza simples em casa deve ser suficiente. Mas caso fique muito exposta ao ar livre ou nunca tire sua aliança para limpar, cozinhar ou ir à academia, o melhor é procurar a ajuda de um profissional, já que provavelmente uma limpeza em casa não irá resolver o problema. Os joalheiros usam produtos profissionais de grande qualidade, que irão restaurar o brilho do anel com segurança. Mas, se vão usar a mesma aliança do noivado e já estão com ela há um bom tempo vale a pena o investimento. Após investir um valor elevado no álbum,  não vão gostar de ver as fotos cortando o bolo decorado do casamento com a aliança opaca e sem brilho, semelhante a bijuteria.

Escolha bem o metal

Assim como uma decoração de casamento simples e elegante reflete o estilo dos noivos, o metal de sua preciosa aliança expressa sua personalidade. Reúnam toda a informação antes de tomar uma decisão. Se preferem ouro amarelo, escolha anéis banhados à ródio que aumentam a cor branca e protegem o ouro do desgaste. Sobre a prata, o seu ponto fraco é que este é um metal mais suave, deixando a aliança mais suscetível a arranhões e danos. Também é aconselhável banhar o anel prateado em ródio. Este metal é de fácil oxidação, por isso requer muita conservação e cuidados.

O tungstênio é um metal 10 vezes mais resistente que o ouro, está em alta entre casais despojados, ainda que seja mais difícil ser reajustado. No entanto, é um metal que mantém seu brilho natural.  A platina é também um metal redutor, o que dificulta a oxidação e o titânio, por ser um metal fosco, nunca brilhará como os outros. Por fim, o aço é de boa durabilidade, resiste aos arranhões e é antialérgico. Tal como com as músicas da entrada no casamento dependem do estilo do casal, o metal da sua aliança será pessoal e, sendo de qualidade, vale qualquer metal para poder portar uma.

Gisele Oneda

Quando alguém a recebe um anel de compromisso é aquele momento que sente que já podem encomendar os convites de casamento. Os anéis compartilhados entre casais são um símbolo de união eterna e a aliança, ícone das cerimônias, representa uma grande prova de amor. Por mais que sejam um casal despojado, que não ligam para conceitos pré-estabelecidos, podem até optar por um estilo de cerimônia sem cunho religioso ou com decoração de casamento minimalista para poucos convidados, mas um anel que seja um talismã talvez não abram mão.