Livia
Livia

Paulista, Pernambuco · Desde Outubro de 2015

Me chamo Lívia Santana, tenho 33 anos, sou casada no civil e sonho com a realização do casamento no religioso. Conheci o meu marido há 18 anos quando... Ver mais

Me chamo Lívia Santana, tenho 33 anos, sou casada no civil e sonho com a realização do casamento no religioso. Conheci o meu marido há 18 anos quando éramos apenas crianças e "não tínhamos" pretensão alguma em enveredar algum relacionamento pois estávamos mais preocupados em jogar vídeo game e andar de patins. Bem alguns motivos acabaram nos distanciando e cada um seguiu sua vida sem manter contato por muitos anos. Eu tive um relacionamento de seis anos dos quais foram gerados meus dois filhos mais velhos de 11 e 8 anos. Acabei esse relacionamento antes de descobrir a segunda gravidez, mas mantive minha opinião a cerca da decisão que tinha tomado. Um tempo depois até me relacionei novamente, fui noiva por 4 anos, no interim desse relacionamento, foi que mantive mais uma vez contato com que seria o verdadeiro amor da minha vida, mas claro que não tínhamos esse pensamento, até porque estávamos os dois em relacionamentos sérios. Não conversamos muito não, nos adicionamos no "finado" orkut e msn, mas mantivemos pouco contato. Mas foi mesmo em outubro de 2010, que nossos caminhos se cruzaram novamente e percebi que teríamos algo mais profundo. Eu havia acabado um noivado e ele um relacionamento de também 4 anos, ambos acabaram em out/10, coincidência ? Não sei. Acredito em destino... começamos a conversar, lembra coisas da nossa infância, e ver o quanto de afinidades tínhamos em comum. Foi quando ele me fez uma revelação: sempre fora apaixonado por mim ,e dentro destes 14 anos de ausência total de contato jamais tinha me esquecido. Tinha até uma foto minha magricela e feia com ele guardada. Bem em dezembro de 2010, viajei para Recife, esqueci de contar que estava morando em Brasília devido a classificação em um concurso. Marcamos de nos encontrar, cheguei no dia 27 para o aniversário de 5 anos do meu filho, e para minha surpresa findada a festa ele foi na casa da minha mãe. Tínhamos combinado de sair no dia 28 e ir a praia e passar o dia juntos para conversar mais pessoalmente. Mas nesse dia 27 ele foi levar uma lembrancinha para meu filhote, e aproveitar para me ver... não sei explicar o porque mas meu coração batia intensamente como o de uma adolescente que está prestes a receber o primeiro namorado em casa. Bem nesse dia rolou nosso primeiro beijo, beijo esse que segundo ele sempre foi esperado e desejado com afinco. No dia 28 só conseguimos sair a noite, pois minha mãe me segurou para fazer umas coisas durante o dia. Formos a um restaurante, conversamos, ficamos e ali mesmo me tornei namorada dele. Dia 30/12/2010, dia do seu aniversário também saímos e nesse dia mesmo ele disse que sonhava em me ter como esposa. Seis meses depois em Jun/11, já estávamos casados, mas só em dezembro de 2011 foi que consegui voltar definitivamente para Recife. Uma serie de coisas aconteceram com minha volta, perdi a minha mãe, tive brigas em família e ele sempre do meu lado. Bem é um resumo da nossa história, sei que pulei diversos detalhes mas nada que não possa ser dito no decorrer da minha história aqui no site. Meu sonho está mais perto do que longe, eu acredito... Um abraço a todas as noivinhas que irei conhecer a partir deste momento mágico de decidir formalizar religiosamente minha união.

18 · Agosto · 2018