Meu Abrigo Fotografia
Meu Abrigo Fotografia

Unhas bem feitas, limpas e pintadas fazem parte do visual da noiva, das madrinhas e convidadas. Diante de vários modelos, uma técnica clássica que está muito presente no universo da moda nupcial é a francesinha – uma base rosada, clarinha ou transparente com as pontas pintadas de esmalte branco. Muitas mulheres optam por essa técnica por combinar com qualquer tipo de vestido de festa, e com qualquer evento, de luxuoso a casual, tornando referência para as noivas que querem estar com suas unhas impecáveis para as fotos com a aliança e o buquê de flores.  

O estilo surgiu em 1927 com a criação de um creme rosa e um branco que era aplicado apenas nas pontas das unhas. Mas foi nos anos 70 que uma empresa francesa lançou o primeiro kit de esmaltes com o nome francesinha, virando moda entre as estrelas de cinema porque era mais fácil estar com um esmalte neutro que combinasse com os diferentes figurinos. Com o tempo, a francesinha ganhou variações. Vejam quais.

Yola Studio
Yola Studio

A clássica reinventada

As noivas podem inovar a clássica francesinha de esmalte claro e ponta branca pelo formato da unha. O estilo fica melhor na unha quadrada curta, pode ser a ponta branca bem fina ou mais grossa para se destacar mais. Há a unha quadrada longa, redonda e a stiletto que são as pontudas. Todas podem ganhar a tira branca para uma francesinha de acordo com o seu gosto.

Para ornar com vestido com cortes mais contemporâneos, uma ideia é a francesinha geométrica que coloca a tira na diagonal formando um triângulo em um dos cantos e ainda acrescenta um pequeno strass para dar um toque de brilho delicado. E, se quiser diferenciar ainda mais a técnica francesinha para o seu dia, pode usá-la em quatro dedos de cada mão, por exemplo, e pintar as unhas dos dedos anelares bem diferentes, com prateado ou dourado, para sobressair quando colocarem as alianças.

Mariana Diniz
Mariana Diniz

No lugar da ponta branca

As que desejam inovar ainda mais, podem variar em cores, desenhos e aplicações. A versão clássica pode ser repaginada com a ponta de outras cores, como dourada e prateada, combinando com as joias e o bordado do modelo do vestido de noiva e ainda pode receber glitter para as adeptas de muito brilho. Outra opção é usar o esmalte fosco na unha toda e o esmalte brilhoso só no traço.

A francesinha também pode ser colorida e cria um efeito a mais por conta do buquê de flores do campo. Você pode escolher a cor que mais gosta ou a cor eleita para a decoração ou a que estará presente em seu ramo. As cores mais usadas são azul, rosa e vermelha. 

Já a francesinha lateral pode ser feita com qualquer cor de esmalte na unha toda, a diferença é a aplicação de brilho em uma das laterais da unha. Geralmente a cor escolhida é mais suave ou está na paleta de tons pastel para o brilho do lado se sobressair. E ainda tem o estilo invertido que é quando usa uma cor mais escura na unha e uma cor mais clara na tira fina da ponta.

E, como curiodade, conhece francesinha Louboutin, em referência à famosa marca de sapatos? Ela é produzida com a ponta vermelha (como o solado dos sapatos), com um traço bem fino preto para dividir, e o restante da unha pintada de nude.

Maison do Cabelo
Maison do Cabelo

É muito difícil quem ama fazer as unhas não ter experimentado, pelo menos uma vez, a clássica francesinha. Mas se é o seu caso, há manicures especializadas e muitas técnicas diferentes para testar. Tanto a versão mais tradicional quanto os estilos menos convencionais combinam com todo tipo de  vestido de noiva. Basta combinar com o seu gosto.