Os acessórios, sejam femininos ou masculinos, sempre potencializam um look. Acrescentando mais charme ao estilo adotado, eles normalmente deixam o visual mais personalizado, e se o evento em questão é um enlace, eles podem até mesmo harmonizar com o estilo da decoração do casamento. Para mulheres que planejam o seu o dia C, todos os pormenores do vestido de noiva fazem diferença: um faixa, um detalhe em renda ou algo com mais glamour para o penteado de casamento.

Do mesmo jeito, para os homens a moda nupcial masculina tem mudado bastante, permitindo que sejam mais ousados, e no quesito acessório um dos que têm sido muito utilizados são os suspensórios. Com sua atmosfera retrô, na verdade eles tornam o traje masculino mais moderno, com ar hispter.

Curta história do acessório

Os suspensórios surgiram na Inglaterra, há mais de dois séculos, e quando apareceram passaram a fazer parte do traje obrigatório dos homens mais sofisticados. Surgiram como uma alternativa aos cintos, e tinham a função clara de suspender as calças (daí vem o seu nome) e não deixá-las cair.

Moda revisitada

Eles são feitos de alças (elásticas ou de um tecido regular), unidas nas costas e presas às calças por botões ou clipes de metal. O visual com suspensórios foi bastante comum até os anos 1960, sendo a marca registrada de muitos grupos musicais. A partir da década de 1970 o seu uso foi caindo, mas os estilistas mais atuais têm revisitado esse estilo e há algumas temporadas o acessório voltou a ser tendência, exatamente como aconteceu com os sapatos brancos para noiva, que eram um clássico, caíram em desuso e voltaram com força total.

Combinando com outros detalhes

Como os suspensórios podem ter cores e estampas bem diferentes, alguns noivos dispensam o uso de outros pormenores para dar total protagonismo a eles, mas isso não é uma regra. Ainda que tenha cores mais fortes, como bordô ou azul marinho, estampa quadriculada ou qualquer outra, ou ainda cores em tonalidade pastel, é possível colocar mais acessórios. Uma ideia recomendável é combinar os suspensórios com gravatas borboleta que tenham a mesma paleta de cor ou cores complementares, e o mesmo vale para os sapatos, coletes, cintos e relógios grandes.

O único cuidado é não exagerar com a quantidade de cores utilizadas, e para que os suspensórios ganhem o espaço que merecem no look, o ideal é que sejam combinados com uma camisa branca ou de tonalidade neutra, como cinza ou azul claro. 

Harmonia com o décor

Da mesma forma que a escolha dos modelos de lembrancinhas de casamento deve estar relacionada ao estilo dos convites de casamento diferentes selecionados pelos noivos, o traje nupcial do casal deve estar em sintonia com todo o estilo do festa. Suspensórios são perfeitos tanto para cerimônias mais formais, em ambientes fechados, quanto para cerimônias mais descontraídas, com decoração de casamento rústica, ao ar livre, e cheias de detalhes boho-chic, por exemplo.

Ainda que as noivas normalmente ganhem mais holofotes, a preparação de um enlace é importante tanto para a mulher quanto para o homem e, seguramente, pensar em acessórios deixará os noivos mais motivados para o dia C. Um complemento bem harmonizado é capaz de mudar todo o traje, e tornará as fotos ainda mais especiais. Pisar na pista para dançar a primeira músicas de casamento em grande estilo, com trajes à altura, será inesquecível para o casal e para quem os assiste. Busquem o suspensório que dialoga melhor com o evento, e tentem harmonizar cada pormenor dos looks do par. Vocês estarão impecáveis.