Fazenda Vila Rica

Afinal, uma das primeiras coisas que vemos quando chegamos à recepção de um casamento são os arranjos florais.

Muito se engana quem pensa que basta escolher a flor mais bonita e pronto. É preciso levar em consideração diversos fatores, como: são flores com durabilidade? É a flor da época? Combina com o resto da decoração? E por aí vai...

Flores e Delícia's

Por isso, todo cuidado é pouco quando falamos das flores. Elas precisam estar em harmonia com toda a decoração, além de estarem super preservadas, com aquele ar de que acabaram de ser colhidas.

As espécies mais procuradas para casamentos são os lírios, rosas, lisianthus e alstromélias, pois elas podem ser encontradas o ano todo.

Outro fator a ser levado em consideração, é o local, horário e tipo de cerimônia. Se for ao ar livre, por exemplo, deve ser escolhida uma flor mais resistente à vento, sol e chuva, como a copo de leite.

Como falamos sempre, a decoração tem que ser a cara dos noivos, e as flores ajudam e muito na hora de compor este cenário. Pesquise bastante em revistas de casamentos e em floriculturas especialistas nas opções que vocês podem ter.

Para as noivas clássicas, as rosas nunca saem de moda. E como são sempre as flores mais escolhidas e uma das que necessita de mais cuidado, é também uma das mais caras. Se o preço for um problema, uma boa dica é misturar com outros tipos de folhagens. Quando os arranjos são feitos só com rosas, o preço sobe um pouco mais. Misturar com outras flores também pode, mas, peça para o florista escolher cores mais neutras para não ofuscar o brilho da flor principal.

Para a noiva moderna, uma tendência que temos visto bastante são as folhas. Deixar de lado as flores e substituir por folhas, é uma grande aposta para noivas modernas e que querem inovar. É uma boa forma de deixar um clima um pouco menos feminino, dando espaço ao noivo na escolha. Além de ser mais barato.

Outra flor bastante procurada e ainda mais cara que a rosa, é a orquídea. É uma espécie nobre e muito querida por muitas noivas. Os valores são variados e dependem muito também do tipo de arranjo a ser feito e da época da cerimônia.

Existem também os tipos exóticos de flores. Um bom exemplo é a flor de lótus. É uma flor belíssima, mas que não é muito comum em casamentos. Escolha um bom florista e aposte no arranjo que será um sucesso.

Um alerta importante é o perfume. Existem algumas espécies em que o perfume é extremamente forte, que pode acabar deixando um clima não tão agradável incomodando alguns convidados. O lírio, jasmin, narciso e goivo são bons exemplos dessas espécies. Se mesmo assim, você optar por escolher essas flores, uma boa dica é usar em pequenas quantidades, apenas para dar um toque em alguns arranjos. Se o casamento for em lugar fechado, esses arranjos podem ser altos, não ficando muito próximo dos convidados.

Separamos pra vocês algumas espécies em suas estações:

  • Janeiro: antúrio, áster e boca de leão
  • Fevereiro: Cáspia, cristâneo, gébera, lizianthus e orquídeas.
  • Março: angélica, áster, cáspia, crisântemo, gérbera, margarida e orquídea.
  • Abril: gérbera, gisufila, gladíolo e strelitzia.
  • Maio: cravo, crisântemo, cymbidium, rosa, tulipa, tango e strelitzia.
  • Junho: angélica, cymbidium e tulipa
  • Julho: goivo e tulipa
  • Agosto: copo de leite, girassol, Iris e tulipa.
  • Setembro: copo de leite, frésia, girassol e tulipa
  • Outubro: áster, boca de leão, gérbera, lírio branco, rosa, tango e gérbera.
  • Novembro: antúrio, áster, girassol, boa de leão, copo de leite, lírio branco e rosa
  • Dezembro: caspia, cravina, gipsufila, rosa, tango, boca de leão, crisântemo e áster.