São tantas coisas acontecendo ao longo da cerimônia e, principalmente, durante a mesma, que é normal ter milhares de dúvidas. Por isso, aqui vai um roteiro com os principais padrões seguidos em um tradicional casamento religioso. Mas, lembre-se: são regras antigas e que podem, sim, ser livremente adaptadas para o seu estilo de casamento.

  • Organização dos convidados: O lado esquerdo ficam os convidados da noiva, do direito, os do noivo. Uma assessora ou amiga da noiva pode ficar responsável por receber os convidados e orientá-los sobre onde podem se sentar.
  • A cerimônia tem início com a entrada dos padrinhos, que é alternada entre os da noiva e do noivo. As mulheres ficam do lado esquerdo do parceiro e a ordem segue a hierarquia: avós, irmãos, tios, primos, amigos.
  • Quando o corredor de entrada estiver livre da passagem dos padrinhos, entram a mãe da noiva e o pai do noivo, de braços dados. Após eles se colocarem no altar, é a vez do próprio noivo entrar com sua mãe.
  • Após o noivo, é a vez dos pajens, responsáveis por levar a aliança e entrega-la ao noivo, e das daminhas, que levam um pequeno buquê ou cesta com flores. Caso não haja pajens e nem daminhas, o noivo deve levar as alianças no bolso.
  • A triunfal entrada da noiva é tradicionalmente feita ao som da marcha nupcial, mas você pode adaptar para qualquer música que esteja ligada a você ou ao casal. A noiva entra do lado direito do pai, mas deve ficar sempre do lado esquerdo do noivo.
  • Após a cerimônia, a saída é realizada de forma inversa: primeiro os noivos, seguidos pelos pais da noiva, os pais do noivo e os padrinhos. Em alguns casos, os recém-casados ficam no altar recebendo cumprimentos dos padrinhos, que saem logo após o cumprimento.